×
ContextoExato

Cartão-Creche no Distrito Federal fica para depois

Cartão-Creche no Distrito Federal fica para depoisFoto: Dênio Simões/Agência Brasília

Auxílio de R$ 800 para famílias pagarem creches particulares no DF estava previsto para 13 de janeiro

Destak - 15/01/2020 - 08:13:56

O déficit de cerca de 20 mil vagas nas creches da rede pública do Distrito Federal levou o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) a fazer uma promessa que não pode ser cumprida: a implantação do programa Cartão-Creche até 13 de janeiro de 2020.

Segundo anúncio feito em 26 de dezembro, o plano era beneficiar até 5 mil crianças de até 4 anos com um bônus de R$ 800 mensais para o custeio de escolinhas particulares cadastradas pelo governo. Para o segundo semestre, o plano era que o benefício se estendesse a 10 mil crianças – contando também com a entrega de novas creches. A fase inicial do programa – que, por agilidade, seria instituído por decreto - previa investimento R$ 48 milhões.

RELACIONADO

Polícia fecha casa de prostituição na W3 Sul, uma das principais vias de Brasília

Plano de desestatização da CEB começa a avançar

Segundo o Governo do Distrito Federal (GDF), o motivo do atraso no lançamento do programa não foi falta de verba, mas porque não foram definidos todos os detalhes de funcionamento do programa. Quais os detalhes e qual o prazo para que sejam estabelecidos, não foram informados.

Vale-creche

Não é só o GDF que está preocupado com o déficit de vagas nas escolinhas. Na segunda-feira (13), os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e da Educação, Abraham Weintraub se reuniram em torno de um tema semelhante: a criação do Vale-Creche. Além disso, foi aprovado no Senado um projeto de lei que pretende garantir que governos municipais e estaduais ajudem famílias de baixa renda a colocar os filhos na creche caso não haja vagas em unidades públicas. O texto aguarda votação na Câmara.

Comentários para "Cartão-Creche no Distrito Federal fica para depois":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório