×
ContextoExato
Responsive image

Cartórios registram 29 mortes por suspeita de Covid-19 no DF; governo confirma 15

Cartórios registram 29 mortes por suspeita de Covid-19 no DF; governo confirma 15Foto: Pixabay

Levantamento foi feito por meio de atestados de óbito com suspeita ou confirmação de Covid-19. Segundo Secretaria de Saúde, casos passam por investigação.

Por Pedro Alves, G1 Df - 13/04/2020 - 22:08:00

Os cartórios do Distrito Federal registraram, até a noite desta segunda-feira (13), 29 mortes por suspeita ou confirmação da Covid-19. São 14 a mais que o total oficialmente confirmado pelo governo do DF, que registrou 15 óbitos pela doença na capital.

O levantamento foi feito por meio dos atestados de óbito registrados no DF. No entanto, segundo a Secretaria de Saúde, o fato de a causa da morte indicar suspeita de coronavírus não significa confirmação do diagnóstico da doença.

"Ao declarar o óbito, o médico precisa indicar a causa da morte ou suspeita. Nos casos de óbitos com suspeita de Covid-19, são colhidas amostras para investigação, podendo confirmar ou refutar a suspeita", afirma.

Segundo o levantamento dos cartórios, a primeira morte por suspeita da doença foi registrada em 24 de março. Desde então, o número mais alto ocorreu em 31 de março, quando houve quatro registros ( veja gráfico abaixo ).

Do total, 21 atestados são de homens e oito, de mulheres. A faixa etária mais atingida é a de pessoas entre 80 e 89 anos, com oito casos.

Atestados de óbito com suspeita ou confirmação de Covid-19 no DF

Atestados de óbito24/326/327/329/330/131/31º/42/43/44/45/48/412/40,511,522,533,544,5

Fonte: Arpen Brasil

As 15 mortes por Covid-19 já confirmadas pela Secretaria de Saúde do DF são:

Pneumonia e insuficiência respiratória

Os dados levantados pelos cartórios também mostram que houve aumento no número de mortes por pneumonia e insuficiência respiratória no DF em 2020. Segundo especialistas, essas doenças têm relação com a Covid-19.

De acordo com o estudo, entre 1º de janeiro e 13 de abril deste ano, foram contabilizadas 507 mortes por insuficiência respiratória na capital. O número representa aumento de 14% em relação ao mesmo período de 2019, quando foram 445 óbitos.

Já a pneumonia foi listada como causa da morte em 876 atestados emitidos pelos cartórios desde o início do ano na capital. O aumento é de 8% em relação a 2019, quando foram 809 casos.

Cartórios voltam a funcionar

Nesta segunda-feira (13), cartórios de todo o país voltaram a funcionar, em regime de plantão à distância e presencial. A atividade foi considerada essencial pela Corregedoria Nacional de Justiça.

De acordo com a norma, devem ser realizados de forma presencial apenas serviços urgentes, para evitar aglomerações. Os cartórios orientam os usuários a priorizarem o atendimento online. A lista de serviços disponíveis pode ser consultada no site.

Segundo boletim divulgado pelo governo do DF, até o início da noite desta segunda-feira (13), haviam sido registrados 641 casos do novo coronavírus em Brasília. Ainda de acordo com o GDF, a maioria dos pacientes tem entre 30 e 49 anos. Os homens somam 379 casos, enquanto as mulheres são 161.

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

Comentários para "Cartórios registram 29 mortes por suspeita de Covid-19 no DF; governo confirma 15":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório