×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 24 de outubro de 2021

Central Judicial do Idoso em Brasília registrou mais de 100 casos de violência nos primeiros cinco meses do ano

Central Judicial do Idoso em Brasília registrou mais de 100 casos de violência nos primeiros cinco meses do anoFoto: pixabay

De janeiro a maio, a Central Judicial do Idoso registrou 118 casos de violência contra a pessoa idosa. Em 2018, foram 246 registros. A violência psicológica é a mais recorrente

Secretaria De Comunicação Do Mpdf - 14/06/2019 - 09:23:27

O Estatuto do Idoso define a violência contra o idoso como qualquer ação ou omissão praticada em local público ou privado que lhe cause morte, dano ou sofrimento físico ou psicológico. Em 15 junho, é celebrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. É importante aproveitar a data para refletir sobre as violências cometidas contra esse grupo. Para se ter ideia, de janeiro a maio de 2019, a Central Judicial do Idoso (CJI) registrou 118 casos de violência contra a pessoa idosa. Em 2018, foram 246 registros.

Os principais tipos de violência praticados contra os idosos atendidos pela CJI foram psicológica, com 31 casos, seguida de negligência, com 29, e financeira, com 26 ocorrências. Agressões físicas foram identificadas em 17 registros, abandono em 14 e a autonegligência em 1. “Precisamos sensibilizar a sociedade, bem como os organismos governamentais e não governamentais, para a importância da construção de uma cultura de respeito aos idosos”, destaca a promotora de Justiça da Pessoa Idosa Maércia Correia de Mello.

Direitos, dicas e informações

Por entender que a efetivação de direitos requer a disseminação de conhecimento, a CJI elaborou uma cartilha para consolidar a rede de apoio e de proteção à pessoa idosa no Distrito Federal. A publicação traz informações sobre direitos dos idosos, tipos de violência, cuidados importantes, além de contatos da rede de proteção: unidades de saúde, assistência social, atendimento jurídico, segurança e órgãos que atuam em defesa dos direitos da pessoa idosa.

A cartilha será lançada no próximo dia 19 de junho, no II Fórum de debates sobre violência contra a pessoa idosa – ausência também é violência. O evento será realizado no Teatro Paulo Autran, no Sesc de Taguatinga Norte.

Central Judicial do Idoso

É um projeto pioneiro do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) e da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) que oferece um atendimento integrado à pessoa idosa. O objetivo é garantir a efetiva aplicação do Estatuto do Idoso, prover a comunidade do DF de informações, promover articulação com instituições para atendimento de demandas e assessorar autoridades.

A CJI também desenvolve campanhas educativas, realiza e fomenta pesquisas, estatísticas, seminários e fóruns para conhecer e avaliar a situação do idoso no Distrito Federal. A unidade funciona no 4º andar do Bloco B do Fórum de Brasília e o atendimento é das 12h às 18h. O telefone de contato é: 3103 7609. Para saber mais sobre a Central do Idoso, clique aqui.

Leia mais

Campanha do Ministério Público nas redes sociais alerta sobre a violência contra a pessoa idosa

Mapa da Violência contra a Pessoa Idosa revela o perfil das denúncias do Distrito Federal

Secretaria de Comunicação

Comentários para "Central Judicial do Idoso em Brasília registrou mais de 100 casos de violência nos primeiros cinco meses do ano":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Aumenta circulação de subvariante Delta em Belém do Pará

Aumenta circulação de subvariante Delta em Belém do Pará

“Nessas análises a Sesma detectou uma uma subvariante Delta, a AY.33, circulando em Belém e que pode não ser detectada por testes rápidos e pelos protocolos padrões de RT-qPCR”, informou, em nota, a secretaria.

Chuvas em outubro se aproximam da média histórica no DF

Chuvas em outubro se aproximam da média histórica no DF

Chuvas de outubro já se aproximam da média histórica para o mês do DF

Laboratório do DF é referência nacional e auxilia no controle da raiva

Laboratório do DF é referência nacional e auxilia no controle da raiva

Laboratório foi criado em 1978, quando ocorreu o único caso de raiva humana no Distrito Federal

Como lidar com o trânsito na volta ao trabalho presencial?

Como lidar com o trânsito na volta ao trabalho presencial?

Para ajudar os motoristas a lidar com o tempo de deslocamento, o aplicativo de navegação Waze se uniu à plataforma de meditação Headspace. Ao utilizar o tema da parceria, os usuários podem aprender sobre relaxamento e concentração, além de ser lembrados de focar no presente.

ONU pede que Bolsonaro reveja veto à distribuição de absorventes

ONU pede que Bolsonaro reveja veto à distribuição de absorventes

No documento, relatores da ONU pedem ao governo Jair Bolsonaro que "tome todos os passos necessários para tornar lei o Projeto de Lei e os artigos que foram vetados".

Gestores do turismo poderão realizar curso em turismo gastronômico

Gestores do turismo poderão realizar curso em turismo gastronômico

Formação online é resultado de parceria entre o Ministério do Turismo e o Instituto Federal de Brasília e oferecerá 300 vagas

Manaus: Os 352 anos da porta de entrada da Amazônia brasileira

Manaus: Os 352 anos da porta de entrada da Amazônia brasileira

Viaje com a gente e saiba um pouco mais sobre o rico e diversificado turismo na capital do Amazonas

Ministério do Turismo institui Fórum de Segurança Turística

Ministério do Turismo institui Fórum de Segurança Turística

Colegiado terá a missão de formular políticas e iniciativas que promovam a segurança nos destinos nacionais.

Estudantes cobram da Capes pagamento de bolsas

Estudantes cobram da Capes pagamento de bolsas

UNE protocolou um ofício cobrando uma urgente reunião com a presidência da CAPES

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

A tarifa residencial no DF, que ocupava o 51º lugar do ranking nacional sendo uma das mais baixas do país, passa a ocupar a 36º posição.

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Presente à cerimônia de lançamento, o vice-governador Paco Britto assegurou que o Centelha será um programa-modelo no DF