×
ContextoExato
Responsive image

Com restrições, museus, teatros, parques, bares e restaurantes poderão reabrir na França

Com restrições, museus, teatros, parques, bares e restaurantes poderão reabrir na FrançaFoto: Pixabay

Nas últimas 24 horas, a França registrou 66 mortes por Covid-19, elevando o total para 28.662.

O Antagonista - 28/05/2020 - 18:46:42

O primeiro-ministro da França, Édouard Philippe, anunciou nesta quinta-feira que o país começará a reabrir, com restrições, diversos estabelecimentos a partir do dia 2 de junho.

Museus e monumentos, assim como teatros e academias, poderão voltar a funcionar nas cidades do país localizadas nas “zonas verdes” — nas quais a taxa de infecção por Covid-19 já é mais baixa.

O uso de máscaras ainda será obrigatório “para um certo número dessas atividades”, informou o premiê francês.

Leia também: Combate à pandemia: o Brasil procura um responsável

As salas de cinema serão reabertas em todo o país a partir do dia 22 de junho — quando começa a chamada “fase 3” da reabertura, praticamente sem restrições.

Os parques poderão reabrir já neste sábado, dia 30. As praias e lagos, na terça-feira que vem (dia 2).

Segundo Philippe, as reuniões devem se limitar ao máximo de dez pessoas. A capacidade de espaços ao ar livre será de até 5 mil pessoas, desde que respeitadas as regras de distanciamento mínimo.

Bares, cafés e restaurantes — todos também com restrições — também poderão reabrir a partir do dia 2 em grande parte do país. Na capital Paris, por enquanto, apenas os terraços dos restaurantes estarão autorizados a receber clientes.

Nas últimas 24 horas, a França registrou 66 mortes por Covid-19, elevando o total para 28.662.

Comentários para "Com restrições, museus, teatros, parques, bares e restaurantes poderão reabrir na França":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório