×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de outubro de 2021

Comitê dos Direitos da Criança responsabiliza Brasil, Argentina, França, Alemanha e Turquia por falta de ação climática

Comitê dos Direitos da Criança responsabiliza Brasil, Argentina, França, Alemanha e Turquia por falta de ação climáticaFoto: ONU/Manuel Elias

Ativista Greta em protesto junto da ONU

Agência Onu News De Noticias - 11/10/2021 - 20:21:41

Decisão foi tomada após petição de jovens ativistas de todo o mundo, incluindo a sueca Greta Thunberg e a brasileira Catarina Lorenzo; decisão abrange Brasil, Argentina, França, Alemanha e Turquia por não implementarem ações climáticas robustas.

O Comitê de Direitos da Criança das Nações Unidas decidiu de forma inédita que cinco Estados são responsáveis por não tomarem iniciativas contra mudanças climáticas que impactam diretamente a qualidade de vida de jovens.

O Brasil está na lista de países abrangidos, junto com Argentina, França, Alemanha e Turquia. O Comitê determinou que as nações possuem controle efetivo sobre as atividades que são fontes de emissões de carbono e seus danos.

Secretário-geral dastacou  a liderança dos países da América Latina e do Caribe na ação climática

OMM/Shravan Regret Iyer

Secretário-geral dastacou a liderança dos países da América Latina e do Caribe na ação climática

Processo

A comissão formada para análise do caso realizou audiências orais com os representantes legais das crianças e dos Estados entre maio e setembro de 2021. Os autores também foram ouvidos diretamente.

Sobre o resultado, a representante do Comitê, Ann Skelton, afirmou que os Estados são responsáveis pelo efeito negativo de emissões de carbono em seu território e que os resultados impactam os direitos das crianças tanto dentro quanto fora dos países investigados.

Ela seguiu lembrando que a “natureza coletiva das causas das mudanças climáticas não deve absolver um Estado de sua responsabilidade individual”.

Ainda com um resultado positivo da petição dos jovens ativistas, a Comissão afirmou que não pode julgar se os Estados haviam violado suas obrigações com a Convenção sobre os Direitos da Criança.

O resultado também buscou encorajar as crianças a levarem as pautas que ficaram em aberto para os sistemas nacionais, que possuem competência no assunto.

Nações mais ricas do mundo ainda não cumpriram promessa em relação aos US$ 100 bilhões anuais em ajuda para a ação climática

Irin/Jacob Zocherman

Nações mais ricas do mundo ainda não cumpriram promessa em relação aos US$ 100 bilhões anuais em ajuda para a ação climática

Reinvindicação

A petição foi apresentada em 2019, em um esforço conjunto de 16 jovens de todo o mundo, para protestar contra a falta de ação governamental sobre a crise climática.

A ativista sueca Greta Thunberg e a brasileira Catarina Lorenzo também assinaram o documento, o primeiro apresentado nesse formato às Nações Unidas.

As crianças alegaram que os cinco países, que reconhecem a competência do Comitê em analisar petições, não tomaram as medidas preventivas necessárias para proteger e cumprir os direitos das crianças à vida, à saúde e à cultura.

A argumentação também reforça que a crise climática não é uma ameaça futura abstrata e que o aumento de 1,1 grau Celsius na temperatura média global desde os tempos pré-industriais já causou impactos arrasadores.

Assim, os jovens alegam que estão entre os mais afetados por esses impactos fatais, tanto mental quanto fisicamente

Comentários para "Comitê dos Direitos da Criança responsabiliza Brasil, Argentina, França, Alemanha e Turquia por falta de ação climática":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Estudo liga plano do Brasil para o clima a maior aquecimento

Estudo liga plano do Brasil para o clima a maior aquecimento

Na véspera da COP-26, na Escócia, que começa no dia 31, há uma expectativa sobre o que o Brasil vai apresentar.

Chefe do PNUD elogia esforços da China para proteger biodiversidade, depositando grandes esperanças na COP15

Chefe do PNUD elogia esforços da China para proteger biodiversidade, depositando grandes esperanças na COP15

Foto tirada em 27 de setembro de 2021 mostra uma vista no parque de Jiuzhaigou, no distrito de Jiuzhaigou, Província de Sichuan, sudoeste da China.

Projeto dos EUA para reduzir impacto do desmatamento pode afetar exportações do Brasil?

Projeto dos EUA para reduzir impacto do desmatamento pode afetar exportações do Brasil?

A Sputnik Brasil conversou com dois especialistas sobre o impacto que um novo projeto de lei norte-americano sobre desmatamento ilegal no mundo pode ter para as exportações brasileiras

Amazonas vira epicentro da exploração madeireira da Amazônia

Amazonas vira epicentro da exploração madeireira da Amazônia

O desmatamento em junho deste ano, conforme Imazon, apontam para o terceiro maior índice de destruição da vegetação nos últimos 10 anos.

Ação salva 70 jacarés que disputavam poça no Pantanal

Ação salva 70 jacarés que disputavam poça no Pantanal

Desde o início da intervenção na Ponte 3 da Rodovia Transpantaneira, caminhões-pipa de 16 mil litros fazem a reposição diária da água do corixo para beneficiar a população que permaneceu. Um trabalho de "enxugar gelo", segundo Martins, da Ecotrópica, porque o volume é consumido diariamente pelo uso e evaporação.

Paraíba perdeu 0,28 milhões de hectares de Caatinga nos últimos 36 anos

Paraíba perdeu 0,28 milhões de hectares de Caatinga nos últimos 36 anos

Caatinga é o único bioma exclusivamente brasileiro e está sendo devastado, segundo Mapbiomas.

Seca histórica no Pantanal provoca maior vazante em 121 anos

Seca histórica no Pantanal provoca maior vazante em 121 anos

Expectativa é que chuva na região seja acima do esperado

Jaques Wagner cobra posição do Brasil para COP-26

Jaques Wagner cobra posição do Brasil para COP-26

O projeto em questão é o PL 528/21, que cria o Sistema Brasileiro de Comércio de Emissões (SBCE) para regular o mercado nacional de carbono

Área ocupada pela agricultura na Caatinga cresce 1456% em 36 anos; pastagens têm salto de 48%

Área ocupada pela agricultura na Caatinga cresce 1456% em 36 anos; pastagens têm salto de 48%

Estudo do MapBiomas mostra que 112 municípios da Caatinga perderam 0,3 milhões de hectares de vegetação nativa em 36 anos

Perfuração foi 'potencial gatilho' de tragédia em Brumadinho, diz relatório

Perfuração foi 'potencial gatilho' de tragédia em Brumadinho, diz relatório

O relatório também deu atenção especial às operações realizadas no ano anterior ao rompimento, que envolveram perfuração horizontal para instalação de drenos e perfuração de furos verticais para instalação de piezômetros, diz o MPF.

Terra indígena que mais queima em 2021 enfrenta avanço da pecuária, desmatamento e pesca ilegal

Terra indígena que mais queima em 2021 enfrenta avanço da pecuária, desmatamento e pesca ilegal

TI Parque do Araguaia está no topo do ranking de focos de queimadas do Inpe em 2021