×
ContextoExato

Como fazer uma ceia de Natal nutritiva, saborosa, barata e mais consciente

Como fazer uma ceia de Natal nutritiva, saborosa, barata e mais conscienteFoto: Marina Goward

Para fazer pratos nutritivos nas ceias e economizar, uma estratégia é comprar alimentos direto dos produtores.

Alimento é Saúde - 24/12/2019 - 10:55:21

A época do Natal marca uma temporada em que se busca fazer receitas diferentes do dia a dia e que sejam especiais para comemorar a data. Porém, ainda é muito comum o uso de alimentos industrializados, ultraprocessados ou embutidos nas ceias das famílias brasileiras. Usados em excesso, eles diminuem a possibilidade de fazer receitas com alimentos mais nutritivos e naturais.

Mas afinal, é possível fazer uma ceia de Natal nutritiva, saborosa, barata e mais consciente?

A bióloga e professora Viviane Dantes, conta que sua última ceia foi preparada com uma diversidade maior de alimentos.

“Ano passado fiz um assado de lentilha com cogumelo champignon e molho de tomate com gengibre, além de um fricassê de legumes com molho a base de arroz. Decidi fazer diferente das ceias tradicionais para não ter nenhum tipo de alimento de origem animal. Acho que é totalmente possível fazer uma ceia saborosa, nutritiva, acessível”, diz.

Além da preocupação em fazer pratos saborosos, o fator financeiro também é extremamente importante na hora de preparar as receitas natalinas. Os preços dos alimentos podem ficar mais caros e inacessíveis na véspera do feriado, devido à grande procura em feiras e supermercados nesta época do ano.

A nutricionista Cristiana Marinho explica que comprar alimentos da época pode ser uma boa saída para economizar nas receitas. Ela também dá outras dicas para gastar menos.

“Outras estratégias que recomendo é comprar direto de produtores de alimento, sem repassadores, as grandes empresas envolvidas no repasse desses alimentos. Já existem alguns canais de comunicação que falam sobre compras coletivas, alguns lugares fazem venda democrática dos alimentos respeitando mais o produtor, do que o repassador e isso faz o alimento ser mais barato. Outra tática é o aproveitamento integral dos alimentos, que contribui para a redução de produção de lixo e ajuda o meio ambiente”.

Cristiana explica também a importância de comermos o que der vontade, mas faz um alerta para os cuidados necessários com a alimentação e o bem estar no momento da ceia.

“Pra ter uma alimentação mais consciente no fim de ano, a primeira coisa que eu penso é comer sem culpa. Às vezes, nós esperamos tanto pela ceia de Natal, pela comida de fim de ano e não é saudável nos restringirmos de primeira. Precisamos pensar na comida também como algo confortável, que vá te trazer lembrança ou algum tipo de conforto para o corpo. Comer sem culpa, seja lá o que você quiser comer, mas que se possa perceber os sinais de fome e saciedade”.

Além dos benefícios nutritivos, a ceia que é feita de forma mais consciente produz menos lixo e fica mais barata.

Edição: Michele Carvalho

Comentários para "Como fazer uma ceia de Natal nutritiva, saborosa, barata e mais consciente":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório