×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de maio de 2022

Conexão Curitiba-Rio de Janeiro para pressionar Lulinha

Conexão Curitiba-Rio de Janeiro para pressionar LulinhaFoto: DIDA SAMPAIO/AE

A defesa de Lulinha tenta desvincular o caso dele das investigações na Petrobrás e, portanto, de Curitiba. Os advogados acham que a competência do caso tem de ficar com a vara de São Paulo.

Estadão Conteúdo - 20/12/2019 - 08:39:13

Quem acompanha de perto as investigações sobre os negócios de Fábio Luís, o Lulinha , vê uma engenharia em curso no renascimento do caso simultaneamente em cidades diferentes. Como o TRF-4 põe em dúvida a competência da vara de Curitiba para tocar a investigação do filho de Lula, a Lava Jato do Rio estaria de braços abertos para recebê-la, se ela vier a ser deslocada por ordem da Justiça, como indica a decisão recente de Gebran Neto. As duas forças-tarefa são consideradas ambientes hostis às questões envolvendo o ex-presidente.

Oitivas. Três funcionários de Jonas Suassuna, sócio de Lulinha, foram ouvidos pela PF do Rio, em colaboração com a força-tarefa de Curitiba, nesta semana.


Neutralidade. A defesa de Lulinha tenta desvincular o caso dele das investigações na Petrobrás e, portanto, de Curitiba. Os advogados acham que a competência do caso tem de ficar com a vara de São Paulo.

Jogada… No meio jurídico, uma das leituras é a de que a Lava Jato , com a busca e apreensão envolvendo os negócios de Lulinha, deu força e holofotes para a delação de Sérgio Cabral , recusada pelo MPF, porém aceita pela Polícia Federal.

…ensaiada? Em contrapartida, Cabral promete falar sobre supostos repasses da Oi para Jonas Suassuna, sócio de Lulinha, conforme a Folha de S. Paulo.

Estilingue e… A investida do MP do Rio sobre Flávio Bolsonaro deve diminuir consideravelmente a autonomia do clã Bolsonaro em relação ao Legislativo e ao Judiciário, avaliam políticos mais experientes.

…vidraça. No Senado, Flávio terá de se escorar ainda mais em Davi Alcolumbre , que tem matado no peito as provocações ao STF, por onde deverá passar o destino do filho de Jair.

Calma. O PSOL já estuda entrar no Conselho de Ética contra Flávio. Outras siglas de oposição, porém, avaliam que, com uma eventual denúncia ou delação premiada, a representação seria mais efetiva.

Em casa. Alcolumbre tem na presidência do Conselho de Ética um aliado seu: Jayme Campos (DEM-MT).

Vai dar liga? Janaina Paschoal (PSL) articula nos bastidores uma chapa para concorrer à Prefeitura de São Paulo nas eleições de 2020. O objetivo da deputada estadual, recordista de votos em 2018, é unir Andrea Matarazzo (PSD) e o colega dela Arthur do Val, o Mamãe Falei (sem partido).

Marqueteira. A autora do impeachment de Dilma já tem até slogan para a campanha, no caso de Matarazzo e do Val se decidirem entre quem entraria como prefeito e quem entraria como vice numa eventual chapa: “Experiência e ousadia”.

SINAIS PARTICULARES.
Og Fernandes, ministro do STJ

Sem javanês. O ministro Og Fernandes, do STJ, brincou ao explicar nas redes sociais o que seria julgado na última sessão da Corte Especial do tribunal. Após citar embargos de declaração e outros termos jurídicos, finalizou: “Acho que 2020 começou mais cedo”.

Fique. Solto, mas cumprindo medidas cautelares, Aldemir Bendine queria viajar no Natal e o Ano Novo. Pediu ao STF para deixar Sorocaba, de 19 de dezembro a 5 de janeiro, mas Gilmar Mendes negou o pedido do ex-presidente da Petrobrás.

Cuma? No Diário Oficial de hoje, o Ministério da Economia fez um “revogaço” de medidas desnecessárias. Anulou 117 portarias, instruções normativas e despachos antigos ou sem sentido. Um deles, da época da ditadura, por exemplo, dizia que auditores poderiam chamar a divisão de censura da PF para suspender espetáculos.

Será? Em feijoada no fim de semana, Lula afirmou em alto e bom som que Fernando Haddad não deve ser candidato a prefeito no ano que vem. Ninguém acreditou.

PRONTO, FALEI!

Randolfe Rodrigues, senador (Rede-AP): “O presidente e o senador Flávio têm que explicar as acusações, não inventar acusadores”, sobre a família Bolsonaro atribuir ação do MP do Rio a Wilson Witzel

COM MARIANA HAUBERT E MARIANNA HOLANDA. COLABORARAM DANIEL WETERMAN, RICARDO GALHARDO, JOÃO KER E RAFAEL MORAES MOURA.

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários para "Conexão Curitiba-Rio de Janeiro para pressionar Lulinha":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Movimentos populares criam programa Brasil de Todas as Cores por direitos da população LGBTQIA+

Movimentos populares criam programa Brasil de Todas as Cores por direitos da população LGBTQIA+

Documento elaborado por mais de 20 organizações tem objetivo de auxiliar na construção de políticas públicas

Com incertezas externas, fusões e aquisições passam por desaceleração

Com incertezas externas, fusões e aquisições passam por desaceleração

No ano passado, um total de 1.627 transações de fusão e aquisição ocorreram no País - avanço de 46% em relação a 2020

Quatro em cada dez brasileiros estão inadimplentes

Quatro em cada dez brasileiros estão inadimplentes

O total de inadimplentes, hoje, não é uma marca recorde. O maior contingente foi de 63,08 milhões, atingido em novembro de 2018, segundo a série do SPC Brasil, iniciada em janeiro de 2015.

Livro de Pochmann aborda abandono de projetos de país e ‘cancelamento do futuro’

Livro de Pochmann aborda abandono de projetos de país e ‘cancelamento do futuro’

Professor e economista reflete sobre transformações truncada do país e sua reprodução de um “passado trágico”

Consumidor deixa de pagar conta de luz para comprar alimentos

Consumidor deixa de pagar conta de luz para comprar alimentos

Desde que foi demitida de uma empresa de serviço de limpeza, Viviane vive com o seguro-desemprego de R$ 1.200. Foi a primeira vez que ela ficou inadimplente com o pagamento da conta de luz.

Preço do etanol cai em 16 Estados e no DF na semana, afirma ANP

Preço do etanol cai em 16 Estados e no DF na semana, afirma ANP

Na comparação mensal, o preço médio do biocombustível no País subiu 6,16%. O Estado com maior alta no período foi Alagoas, com 10,35% de valorização mensal do etanol, para R$ 5,746.

Jornalista brasileiro na Ucrânia preocupado que guerra comece a ser esquecida

Jornalista brasileiro na Ucrânia preocupado que guerra comece a ser esquecida

Jornalista brasileiro Hugo Bachega está acompanhando de perto a guerra na Ucrânia

Vale põe à venda áreas invadidas no Pará

Vale põe à venda áreas invadidas no Pará

Empresa desencoraja visitas de interessados por causa da violência

Exportações de café solúvel do Brasil caem 4,7% devido ao conflito entre Ucrânia e Rússia

Exportações de café solúvel do Brasil caem 4,7% devido ao conflito entre Ucrânia e Rússia

As vendas de café solúvel do Brasil no exterior caíram 4,7% no primeiro trimestre de 2022 devido ao conflito entre Rússia e Ucrânia. A projeção anual de perdas no setor é de cerca de US$ 100 milhões (R$ 505,5 milhões), disse uma associação da indústria na sexta-feira (13).

Brasileiro, porta-voz do Ocha, relata drama de ucranianos evacuados de Mariupol

Brasileiro, porta-voz do Ocha, relata drama de ucranianos evacuados de Mariupol

Civis de Mariupol deixam região após mais de dois meses sitiados.

Egito e Brasil começarão a negociar aumento de exportação de fertilizantes egípcios

Egito e Brasil começarão a negociar aumento de exportação de fertilizantes egípcios

Cairo assumiu o compromisso de dar prioridade às demandas de fertilizantes pedindo em contrapartida que tenha preferência no setor de exportação de frutas brasileiras.