×
ContextoExato
Responsive image

Criação da TV da Câmara Legislativa do Distrito Federal volta ao debate

Criação da TV da Câmara Legislativa do Distrito Federal volta ao debateFoto: Congresso Em Foco

Bolsonaro, sonho sem “onda”

Carlos Honorato - 24/11/2020 - 17:15:36

TV Legislativa

A criação da TV Legislativa volta ao debate. Como nomes diferentes no passado, o tema sempre foi recheado de denúncias etc. e nunca saiu do papel. Desta vez a Câmara Legislativa lançou dois editais no valor de R$ 5,9 milhões. Já tem gente cantando a pedra sobre qual empresa deverá ganhar. A aposta é que o presidente da Câmara Legislativa do DF, Rafael Prudente, acompanhe tudo com muito rigor.

Sucesso

Milhares de motoqueiros atenderam ao convite do vice-governador do DF, Paco Brito, e no sábado participaram do Moto Paco Social, um encontro solidário para arrecadar brinquedos para as crianças carentes. Contente pelo sucesso da iniciativa, Paco Brito lembrou que ainda vivemos uma pandemia e que todos os cuidados são importantes.

Covid-19

Apesar da provável chegada da segunda onda do covid-19 e das festas irresponsáveis no Rio e São Paulo, contrariando os protocolos contra o covid-19, a situação no DF dá sinais de controle. Não vale abusar.

Bolsonaro, sonho sem “onda”

Os indicativos são de que partido Aliança pelo Brasil pode virar coisa do passado. Depois de um ano do presidente anunciar o seu sonho de ter um parido para chamar de seu, a coordenação só conseguiu 9% de assinaturas para criar o partido. Com o fracasso nas eleições municipais, o presidente Jair Bolsonaro já procura um partido que possa abrigar o “sonho da reeleição de 2022”. A ideia é migrar para um partido do Centrão para ter base para o difícil sonho eleitoral. Alguns deputados acreditam que o recado das eleições de 2020 é um alerta sério para Bolsonaro. A “onda” passou.

Reformas encalhadas

O ministro da Economia, Paulo Guedes, não se cansa de apostar nas suas reformas encalhadas. Ele está prometendo novos tempos para depois das eleições. Um deputado do Centrão, que pede reservas de sua identidade, diz que “já passou da hora de Bolsonaro trocar de ministro”.

Faltam mulheres

Até o momento não se tem uma mulher como possível candidata as eleições presidenciais de 2022. Até agora só homens aparecem como a intenção de se candidatar: Ciro Gomes (PTB), Luiz Henrique Mandetta (DEM), Luciano Huck (apresentador da Globo), Fernando Haddad (PT), Guilherme Boulos (PSOL) e talvez João Dória (PSDB).

Prejuízo

A falta de gente especializada no Ministério da Saúde já causa o segundo dano colateral no governo Bolsonaro. Depois da produção em larga escala da cloroquina – também estocada -, 6,86 milhões de testes para o diagnóstico do novo coronavírus comprados pelo Ministério da Saúde perde a validade entre dezembro deste ano e janeiro de 2021. O material está estocado em um armazém do governo em São Paulo.

Maguito lidera com 43,9%

Apesar de internado com covid-19 e se recuperando bem, o candidato Maguito Vilela (MDB) lidera corrida eleitoral pela prefeitura de Goiânia com 43,9% das intenções. Segundo pesquisa Serpes/O Popular, o candidato do governador Ronaldo Caiado (DEM), Vanderlan Cardoso (PSD) está com 29,3%. Em termos de rejeição Vanderlan lidera com 19,6% e Maguito está com 13,5%.

Previsões

O fato do candidato a prefeito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), estar internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, já começa a provocar a imaginação dos políticos. Tem previsões otimistas e pessimistas. Até a provável mudança de comportamento do vice já estão sendo analisadas. A quantidade de maldade impressiona.

Pesquisa barrada

Uma pesquisa do Instituto Grupom contratada pela campanha do candidato Vanderlan Cardoso (PSD) sobre o segundo turno da eleição para a prefeitura de Goiânia foi barrada pelo juiz Rinaldo Alves Ferreira, da 134ª Zona Eleitoral de Goiânia. Motivo: a metodologia aplicada poderia resultar em distorção do resultado do levantamento quantitativo. Maldosos chamam a pesquisa de “milagrosa”.

Caso médico

A equipe de advogados do derrotado presidente dos EUA, Donald Trump, parece estar com problemas sérios. Tanto que a onda agora é culpar a Venezuela e o falecido ex-presidente Hugo Chaves (1999-2013) de envolvimento na “fraude” eleitoral de 2020. Não seria o caso de chamar uma equipe médica para verificar a saúde mental da galera?

Comentários para "Criação da TV da Câmara Legislativa do Distrito Federal volta ao debate":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório