×
ContextoExato

Desinfetante pet: 7 dicas para aplicá-lo corretamente

Desinfetante pet: 7 dicas para aplicá-lo corretamenteFoto: iStock

Além disso, eles são os mais recomendados para eliminar odores

Redação Com Colaboradores - 17/01/2020 - 17:14:48

O uso do desinfetante pet é muito comum em clínicas veterinárias, canis, pets shops e locais profissionais que lidam com animais domésticos. No entanto, os tutores devem criar o hábito de usar esses produtos também nas limpezas residenciais.

A aplicação correta do desinfetante pet é importante para que o ambiente fique livre de bactérias e micro-organismos que sejam prejudiciais à saúde dos animais e dos tutores. Além disso, eles são os mais recomendados para eliminar odores.

7 passos para aplicar o desinfetante pet
O uso de produtos domésticos comuns não proporciona uma limpeza profunda e ainda pode ser danoso à saúde dos animais domésticos, como cães e gatos.

Com a crescente adoção de pets, não apenas para morar em casas, mas também em apartamentos, os tutores devem saber como aplicar o desinfetante pet corretamente. Confira as dicas a seguir!

1. Escolher um produto adequado

O primeiro passo é escolher um desinfetante pet confiável no mercado, que seja produzido por uma empresa experiente na área e direcionado ao tipo de animal que você tem.

Esse produto veterinário é mais completo e garante que, além de uma limpeza no ambiente, haja uma desinfecção de micro-organismos potencialmente prejudiciais ao animal.

2. Ler e seguir as instruções da embalagem

Nunca compre um desinfetante pet que não esteja na embalagem original comercializada pela marca. Além de não ter certeza quanto à procedência dele, o tutor não vai conhecer as indicações de uso.

Ler e seguir as instruções presentes na embalagem é fundamental para garantir a limpeza adequada sem que o produto danifique o ambiente ou objetos do pet, ou cause reações.

3. Limpar o ambiente previamente

O desinfetante pet serve para uma limpeza profunda do ambiente, mas ele não deve ser usado já de início. Antes é preciso limpar o ambiente para remover restos de materiais orgânicos, como fezes, alimentos e pelos dos animais.

Após essa limpeza é o momento de desinfetar o ambiente do pet e os objetos dele. Esse tipo de recomendação, em geral, está na embalagem do produto.

4. Diluir o desinfetante pet

O desinfetante pet, normalmente, é comercializado em alta concentração dos agentes limpantes, por isso quase todos eles precisam ser diluídos antes de usados no ambiente. Lembre-se também de usar uma luva para realizar a limpeza e evitar o contato direto com a pele.

A proporção de produto e água depende muito do fabricante, razão pela qual devem ser seguidas as recomendações da embalagem. Caso utilize mais água que o indicado o produto não apresentará os resultados desejados, enquanto a falta de diluição pode causar alergias e intoxicação no pet e moradores.

5. Desinfetar os objetos do pet

Não é apenas o ambiente que deve ser desinfetado como também os objetos do pet, como bolinhas, brinquedos, mordedores, comedouro e bebedouro. Uma opção é deixar esses objetos imensos por 15 minutos no desinfetante pet diluído e, posteriormente, enxaguá-los e secar antes de devolver ao animal.

6. Secar o local com pano limpo

Em geral, o uso do desinfetante pet no ambiente, com a diluição correta, não exige um enxágue posterior. A recomendação é apenas secar o local com pano limpo e seco.

7. Só deixar o pet retornar após a limpeza

Durante toda a limpeza e desinfecção do ambiente e objetos o animal deve ser mantido em outro local. Ele só pode retornar e voltar a fazer uso dos itens dele quando tudo estiver seco e sem cheiro.

Caso haja alguma reação no animal, ele deve ser levado imediatamente ao veterinário. No entanto, o uso correto do desinfetante pet é mais higiênico, seguro e eficaz para limpeza de ambientes com animais.

Comentários para "Desinfetante pet: 7 dicas para aplicá-lo corretamente":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório