×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de junho de 2022

Edina Alves será a única árbitra no Mundial de Clubes

Edina Alves será a única árbitra no Mundial de ClubesFoto: Agência Brasil - São Paulo

Assistente Neuza Back também foi escolhida pela Fifa

Tv Brasil E Da Rádio Nacional - São Paulo - Agência Brasil - São Paulo - 04/01/2021 - 20:26:39

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) divulgou nesta segunda-feira (4) a lista dos árbitros e assistentes do Mundial de Clubes de 2020 do Catar. A árbitra brasileira Edina Alves Batista é a única mulher escolhida pela entidade máxima do futebol mundial para comandar um trios de arbitragem durante o campeonato. Edina está no quadro da Fifa desde 2016 e já comandou jogos da Série A do Campeonato Brasileiro masculino e uma semifinal da Copa do Mundo Feminina de 2019.

Entre as duas assistentes mulheres chamadas pela Fifa está outra brasileira, Neuza Back. Além dela, a argentina Mariana de Almeida também integra o grupo. Neuza Back é integrante do quadro da Fifa desde 2014. Além de também ter trabalhado no último Mundial feminino, já participou de vários jogos da Série A do Campeonato Brasil e em uma partida da Copa Sul-Americana masculina.

A lista da Fifa inclui sete árbitros de campo, 11 assistentes e outros sete árbitros de vídeos. O grupo deve viajar ao Catar uma semana antes do início do evento para que sejam respeitados todos os protocolos relativos à pandemia do coronavírus (covid-19).

O Mundial de Clubes de 2020 está programado para o período de 1º a 11 de fevereiro de 2021. Já estão classificados seis times. O Tigres, campeão da Concacaf, o Bayern de Munique, vencedor da Liga dos Campeões, o Ulsan Hyundai, representando a Ásia, o egípcio Al Ahly, campeão africano, o Auckland City, representante da Oceania, e o Al-Duhail, do país-sede.

Comentários para "Edina Alves será a única árbitra no Mundial de Clubes":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
No futebol alemão, pessoas trans decidirão se disputam jogos masculinos ou femininos

No futebol alemão, pessoas trans decidirão se disputam jogos masculinos ou femininos

Brasil tem 4 milhões de pessoas trans e não binárias, revela estudo da Unesp, inédito no país

Coletivos esportivos LGBT+ avançam contra o preconceito com acolhimento e orgulho

Coletivos esportivos LGBT+ avançam contra o preconceito com acolhimento e orgulho

São grupos que unem a diversidade sexual e o acesso ao esporte.

Fifa e FIFPro anunciam parceria para combater discurso de ódio nas redes sociais

Fifa e FIFPro anunciam parceria para combater discurso de ódio nas redes sociais

As organizações vão desenvolver um suporte educacional e conselhos de saúde mental para todos os jogadores participantes dos torneios Fifa durante 2022 e 2023.

Medalhas de Rebeca Andrade impulsionam diferentes gerações de ginastas no Brasil

Medalhas de Rebeca Andrade impulsionam diferentes gerações de ginastas no Brasil

A avaliação é da professora Adriana Alves, coordenadora da ginástica artística feminina da Confederação Brasileira de Ginástica

Em Portugal, Brasil faz campanha histórica no Mundial de natação paralímpica

Em Portugal, Brasil faz campanha histórica no Mundial de natação paralímpica

Delegação brasileira ficou na terceira posição geral com 53 medalhas

Miami se torna sede da Copa do Mundo de 2026. Mundial acontecerá nos EUA, no Canadá e no México

Miami se torna sede da Copa do Mundo de 2026. Mundial acontecerá nos EUA, no Canadá e no México

Esta será a segunda vez que uma cidade da Flórida sediará a Copa do Mundo. A primeira foi em 1994, quando Orlando sediou várias partidas da primeira fase e alguns jogos das oitavas de final.

Tetraplégicos trocam dedos pela boca e mostram que também têm espaço nos eSports

Tetraplégicos trocam dedos pela boca e mostram que também têm espaço nos eSports

O professor Li Li Min, titular do Departamento de Neurologia da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), explica que o hábito de jogar provoca ganhos em processos de reabilitação de pessoas com tetraplegia

Conmebol condena expressões racistas da Fifa e questiona mudanças

Conmebol condena expressões racistas da Fifa e questiona mudanças

O segundo ponto de protesto na carta da Conmebol enviada à Fifa é a regulamentação das cinco modificações nos jogos sem uma consulta à entidade.

US Open vai permitir tenistas de Rússia e Belarus competindo sob bandeira neutra

US Open vai permitir tenistas de Rússia e Belarus competindo sob bandeira neutra

A postura da USTA se alinha à ATP e à WTA, que não impediram tenistas de nenhuma nacionalidade no circuito. Apenas vetaram o uso das bandeiras da Rússia e de Belarus por parte dos atletas, o mesmo que fará o US Open neste a

Caio Souza ganha três medalhas em Copa do Mundo na Croácia

Caio Souza ganha três medalhas em Copa do Mundo na Croácia

Brasileiro conquistou duas pratas e um bronze

Fim de semana tem pódio histórico para o Brasil na ginástica rítmica

Fim de semana tem pódio histórico para o Brasil na ginástica rítmica

País também conquista medalhas na canoagem slalom e no vôlei de praia