×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 28 de janeiro de 2022

Em meio à pandemia, jogadora relata sufoco para retornar ao Brasil

Em meio à pandemia, jogadora relata sufoco para retornar ao BrasilFoto: Acervo pessoal

Brasileira Raquel Loff estava na Ucrânia

Por Juliano Justo - Tv Brasil E Da Rádio Nacional - São Paulo - 10/04/2020 - 19:12:33

A brasileira Raquel Loff teve dificuldades para voltar da Ucrânia para o Brasil após o cancelamento da Superliga local de vôlei feminino, e por causa do aumento das restrições impostas pelo coronavírus. O principal problema foi que a rescisão do contrato com a equipe do Prometey SC ocorreu apenas um dia antes do fechamento dos aeroportos locais. “Foi no dia 26 de março. O campeonato foi cancelado. No dia seguinte, os aeroportos fecharam e assinei o cancelamento do meu contrato. Tudo muito rápido”, afirma a paulista.

Apenas agora, no início desta semana, ela conseguiu uma passagem para retornar para casa. A jogadora procurou ajuda em praticamente todos os locais possíveis: “Gravei um vídeo no Instagram pedindo ajuda. Meus familiares colaboraram muito também. Consegui até um contato do Itamaraty. Graças a Deus, deu certo.”

Em um voo comercial, para o qual ele recebeu ajuda financeira do clube ucraniano e suporte do Itamaraty, ela partiu de Kiev (Ucrânia) no dia 5. Fez uma escala em Frankfurt (Alemanha), em Doha (Catar) e só então seguiu para São Paulo.

“Foram mais de 40 horas de sufoco. Cheguei na Alemanha na segunda-feira e decidi ir até Doha, pois de lá partem voos para o Brasil três vezes por semana. E um deles é justamente às terças-feiras. E o meu voo original para São Paulo sairia de Frankfurt apenas na quarta. Teria que ficar aguardando na sala de embarque esse tempo todo”, afirma. A atleta diz que acionou o contato dela no Itamaraty. A chegada no aeroporto de Guarulhos aconteceu na madrugada da última quarta (8). Ela deve ficar em quarentena em casa por pelo menos 14 dias, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde.

Recomendações a outros brasileiros

“Passei muitas dificuldades para voltar para casa. Sei que não é fácil. Espero que todos consigam, de verdade, retornar para suas casas”, afirmou a jogadora em postagem no Instagram.

A partir de sua experiência, Raquel oferece dicas aos brasileiros que ainda estão longe do país e sofrendo com a pandemia.

“Primeiro, nos aeroportos eles estão sendo bem rigorosos em relação a volumes de líquidos e cremes nas malas de mão. Tome muito cuidado com isso". A paulista falou também sobre luvas e máscaras: “São essenciais, principalmente máscaras. É necessário se controlar para evitar tocar o rosto. Nesses ambientes que apresentam aglomerações de pessoas, ao invés de usar luvas, muitas vezes é melhor lavar as mãos com água e sabonete com muita regularidade”.

Prender o cabelo e cortar as unhas são outras dicas. “Sempre que possível, prenda o cabelo. Ele é um ótimo condutor do vírus. Viaje sempre com as unhas cortadas, e não tenha receio de parecer 'noiado' [paranóico]. Elas também podem ser 'depositárias' de bactérias e podem ser ótimas condutoras do vírus. Retire todo tipo de acessório possível, como brincos, colares e pulseiras. Acho que a única exceção são os óculos. Se puder, use-os. São um obstáculo a mais para o vírus chegar aos teus olhos. Todo cuidado é pouco nesse momento”.

Completando, outras duas dicas que a Raquel aprendeu durante as mais de 40 horas de viagem até chegar ao Brasil: “Tente fazer tudo com a mão não dominante para proteger a outra. Se você é destro, faça a maior parte das atividades corriqueiras com a mão esquerda. Para que os contatos inevitáveis da mão com o rosto ocorram com a direita”.

A última dica foi a que mais fez Raquel sofrer durante a viagem: “Sou uma pessoa que procura sempre conhecer pessoas novas. Gosto de conversar com todos. Mas dessa vez foi diferente. E recomendo para o pessoal evitar esses contatos nesse período de crise. É melhor. Como você não tem controle da situação do outro, controle a sua”.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários para "Em meio à pandemia, jogadora relata sufoco para retornar ao Brasil":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Participação de público em competições esportivas volta a ser proibida no DF

Participação de público em competições esportivas volta a ser proibida no DF

Novo decreto é mais uma medida do governo Ibaneis Rocha para conter o aumento de casos de covid-19 no DF

Inscrições abertas para a Jornada Cultural e Científica de Montanhismo, em abril

Inscrições abertas para a Jornada Cultural e Científica de Montanhismo, em abril

Programação tem especialistas em Bikepacking, Escalada, Trail Running e Trekking

Compete Brasília patrocina tenista em torneio no Peru

Compete Brasília patrocina tenista em torneio no Peru

Felipe Mamede participa do Regatas Bowl pela categoria sub-14

Como o futebol feminino lida com a gravidez e o ciclo menstrual das jogadoras

Como o futebol feminino lida com a gravidez e o ciclo menstrual das jogadoras

No Brasil, alguns times, como o Corinthians, entendem a importância do acompanhamento ginecológico como uma ferramenta a mais para as atletas alcançarem o alto desempenho

De virada, Bia Haddad vence e vai às quartas do Australian Open

De virada, Bia Haddad vence e vai às quartas do Australian Open

Nenhuma brasileira chega nesta fase do Grand Slam desde 1960

Cristian Ribeira é vice-campeão mundial paralímpico na Noruega

Cristian Ribeira é vice-campeão mundial paralímpico na Noruega

Brasileiro foi ao pódio na prova do sprint do paraesqui cross country

Incentivado por programas do Governo do DF, Élcio pode chegar às Paralimpíadas

Incentivado por programas do Governo do DF, Élcio pode chegar às Paralimpíadas

Beneficiado pelo Bolsa Atleta e pelo Compete Brasília, o jovem de 18 anos aprimora sua performance e aproveita as oportunidades

Pandemia revela face oculta de Novak Djokovic e desbanca imagem do

Pandemia revela face oculta de Novak Djokovic e desbanca imagem do "cara legal"

Novak Djokovic teve o visto cancelado por se recusar a tomar a vacina contra o novo coronavírus

Candangão 2022 começa neste fim de semana com a disputa de dois jogos

Candangão 2022 começa neste fim de semana com a disputa de dois jogos

Competição, que terá o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer, recebe investimento de R$ 1,5 milhão do BRB

Fifa inicia venda de ingressos para Copa do Mundo do Catar

Fifa inicia venda de ingressos para Copa do Mundo do Catar

Ao realizar o pedido online, o torcedor terá algumas opções na hora de escolher quais partidas pretende assistir

Djokovic vira sócio majoritário de empresa que quer fazer remédio contra Covid-19

Djokovic vira sócio majoritário de empresa que quer fazer remédio contra Covid-19

A empresa criada na Dinamarca tem cerca de 12 pesquisadores, que atuam também em outros países