×
ContextoExato
Responsive image

Embaixador do Brasil na França evitou evento que homenageou Marielle

Embaixador do Brasil na França evitou evento que homenageou MarielleFoto: Metrópoles

Telegramas mostram que Luis Fernando Serra cancelou a sua presença no evento, pois o assunto era "delicado" ao país

Metrópoles - 18/07/2020 - 21:15:41

O embaixador do Brasil na França, Luis Fernando Serra, cancelou a participação em um evento realizado na cidade de Paris após descobrir que a organização faria uma homenagem à vereadora Marielle Franco, vereadora do PSOL assassinada no Rio de Janeiro em 2018 . As informações são do colunista Jamil Chade, do portal Uol.

Segundo o jornalista, telegramas trocados entre o embaixador e o Itamaraty, órgão da diplomacia brasileira, mostram que a presença do diplomata foi cancelada, pois o assunto é “delicado” para o Brasil — a polícia ainda não solucionou quem mandou matar a vereadora.

Os telegramas seriam parte de uma série de documentos que o governo brasileiro foi obrigado a disponibilizar após pedido do PSol, partido pelo qual a vereadora foi eleita no ano de 2016. O relato do boicote deixou o nome de Marielle nos assuntos mais comentados do Twitter na manhã deste sábado (18/7).

Dois acusados de participarem da execução estão presos. Contudo, a família ainda quer saber quem mandou matar a vereadora. Segundo a polícia, o crime foi planejado. Quando a vereadora saiu de um debate com mulheres negras na Lapa, região central do Rio de Janeiro, o carro com os criminosos a bordo já estava de tocaia, e os bandidos, preparados para matá-la em 14 de março de 2018.

Marielle entrou no veículo conduzido pelo motorista Anderson Gomes e acomodou-se no banco de trás do carona. Foi atingida por quatro disparos na cabeça. Anderson levou três tiros nas costas. A assessora que estava sentada ao lado da vereadora, Fernanda Chaves, saiu ilesa.

Comentários para "Embaixador do Brasil na França evitou evento que homenageou Marielle":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório