×
ContextoExato
Responsive image

Escudo e bússola romanos de 2.300 anos são encontrados na Muralha Púnica, Espanha

Escudo e bússola romanos de 2.300 anos são encontrados na Muralha Púnica, EspanhaFoto: Pixabay / manfredrichter

Os artefatos, datados da época dos fundadores cartagineses e seus invasores romanos, foram descobertos na Muralha Púnica de Cartagena, que remonta ao século III a.C

Portal Sputnik Brasil - 23/02/2021 - 14:37:57

Graças a um trabalho de restauração, foram descobertos dois itens provavelmente do século III a.C., quando a cidade de Cartagena, na Espanha, foi fundada e, em seguida, invadida pelos romanos de Cipião, segundo o La Verdad.

Dentre os itens, estavam um escudo de madeira e bronze e uma bússola usada para desenhar arcos e círculos, bem como superfície de terra e estruturas tanto da época romana como púnica, mostrando como a preparação era realizada, provavelmente à base de juncos ou canas.

Artefatos descobertos durante os trabalhos de restauração da Muralha Púnica de Cartagena, Espanha

Fragmento da Muralha Púnica de Cartagena, Espanha

Artefatos descobertos durante o trabalho de restauração na Muralha Púnica de Cartagena, Espanha

Artefatos descobertos durante os trabalhos de restauração da Muralha Púnica de Cartagena, Espanha

As obras no local pretendem aplicar uma série de tratamentos de conservação e documentar com novas tecnologias a muralha.

A parte conservada correspondia ao local onde ficavam as portas de Qart Hadast. Em seu interior há compartimentos, chamados de casamatas, através dos muros perpendiculares de "opus africanum", um sistema de construção que alterna silhares com alvenaria.

​Durante os trabalhos de restauração da Muralha Púnica de Cartagena, surgiram diversos restos metálicos datados do final do século III a.C. Entre eles, partes metálicas de uma cetra, um tipo de escudo associado normalmente ao mundo ibérico.

"Nossa cidade e seus três milênios de história não deixam de nos surpreender. Estamos maravilhados com as descobertas desta nova intervenção arqueológica, que pode nos levar até a tomada de Qart Hadast por parte do general romano Cipião [...]", afirmou a prefeita da cidade, Ana Belén Castejón.

Agora, os arqueólogos devem continuar com os trabalhos para catalogar e certificar sua origem.

Comentários para "Escudo e bússola romanos de 2.300 anos são encontrados na Muralha Púnica, Espanha":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório