×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de junho de 2022

Especialista fala sobre 'fantasmas' do sexo na menopausa

Especialista fala sobre 'fantasmas' do sexo na menopausaFoto: Reprodução Pixabay gratuita

Cuidados antes da menopausa e depois

Por Dino - Estadão Conteúdo - 06/06/2022 - 16:13:17

Falar sobre sexo é um tabu para muitas mulheres. Sexo na menopausa – um período da vida ainda subestimado – é um tabu ainda maior. O fato é que o desejo sexual feminino é, em grande parte, do tipo responsivo: primeiro, a mulher é estimulada, para só depois seu interesse sexual em alguém (ou algo) pode ser despertado. Isso faz toda a diferença sobre a forma como as mulheres devem pensar a respeito da própria sexualidade. Já os homens têm o desejo mais espontâneo – seus “motores” respondem mais rápido ao menor estímulo, independentemente da idade.

A head de Saúde da Mulher e endocrinoginecologista da Vibe Saúde, Stephani Caser, explica que, após a menopausa, são esperadas quedas hormonais, incluindo do estrogênio (hormônio sexual feminino). “O que pode afinar e ressecar a parede vaginal, reduzir a libido, ou até mesmo não afetar em absolutamente nada”, explica.

Estima-se que a cada 10 mulheres sexualmente ativas, quatro apresentam alguma queixa sobre a função sexual feminina que é composta por: excitação, desejo, lubrificação, orgasmo, satisfação e dor/desconforto. A partir da menopausa, os domínios afetados com maior frequência são a lubrificação e excitação. A médica comenta que um dos maiores mitos é acreditar que a mulher não sente prazer ou não tem desejo sexual após a menopausa

O amadurecimento psicológico, pessoal e profissional ao longo da vida pode beneficiá-la quando falamos da saúde sexual. “Após a menopausa, a ignição do nosso desejo sexual pode demorar um pouco mais para funcionar, e aqui vale investir naquilo que realmente estimula, no que você gosta de verdade, e não apenas no que o parceiro ou parceira desejam. Sexo não é apenas satisfazer a outra pessoa, e sim, curtir o momento juntos, seja conhecendo lugares novos ou colocando em prática fantasias antigas. É aproveitar melhor o tempo como que te faz bem”, diz Stephani.

Cuidados antes da menopausa e depois

O processo de envelhecimento celular no corpo feminino começa a partir dos 25 anos, com a redução do colágeno – mas muito disso só é notado aos 30 ou mesmo aos 40 anos, e se torna mais comentado após os 50 anos.

“O corpo responde à forma como cuidamos dele, bem como aos fatores genéticos e ambientais, ao longo dos anos. Por isso, as mulheres podem apresentar diferentes combinações dos sintomas durante qualquer momento do período do climatério (períodos do início dos sintomas e que engloba a menopausa). Podemos afirmar que as mulheres brasileiras têm chegado à menopausa cada vez mais cedo, com idade média de 46 anos nas grandes cidades, como demonstra um estudo brasileiro (ainda a ser publicado) que foi realizado em 2020 na cidade de São Paulo pela Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/UNIFESP)”, diz a médica.

Quando questionada sobre como se preparar para a menopausa, a head de Saúde da Mulher da Vibe Saúde diz que “a primeira coisa é aceitar nossos corpos e entender que todos vamos envelhecer, mas que podemos escolher como queremos que isso aconteça”

Ela dá dicas (que servem tanto para quem ainda não chegou à menopausa como para quem já está lá) de como aproveitar ainda mais a vida sexual:


1) Manter o corpo em movimento é importante - é fundamental criar o hábito de fazer atividade física regularmente;


2) Não fumar - além de trazer todos os malefícios, age diretamente no envelhecimento e afeta negativamente a libido;


3) Evitar o álcool para não prejudicar o corpo e principalmente a libido;


4) Exercitar a pelve é uma atividade física e trabalha os músculos da pelve e o canal vaginal. Outro método para ter uma melhor experiência no sexo é a fisioterapia pélvica, que pode ser orientada pelo ginecologista;



5) Evitar produtos genitais irritativos



6) Ter um ginecologista pessoal


7) Conversar antes, durante e pós sexo é se conhecer e entender do que gosta ou não na hora H.


Comentários para "Especialista fala sobre 'fantasmas' do sexo na menopausa":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Cuidado: A automedicação pode levar à morte

Cuidado: A automedicação pode levar à morte

Dr. Gustavo Eder Sales explica os riscos de se automedicar por meio de pesquisas na internet

14 dúvidas comuns sobre maconha medicinal

14 dúvidas comuns sobre maconha medicinal

A médica Jessica Durand esclarece as dúvidas mais frequentes dos pacientes sobre maconha medicinal

Alerta: Os riscos psicológicos da adultização da infância

Alerta: Os riscos psicológicos da adultização da infância

Psicanalista alerta que esse comportamento pode ocasionar encurtamento da infância e sexualização precoce

Lapsos de memória podem não significar doença mental, diz a psiquiatra Danielle H. Admoni

Lapsos de memória podem não significar doença mental, diz a psiquiatra Danielle H. Admoni

Situações de estresse aumentam chances de "efeito porta"

Brasil Trading Fitness Fair se transforma e vira plataforma de oportunidades

Brasil Trading Fitness Fair se transforma e vira plataforma de oportunidades

Em 2019, a BTFF reuniu mais de 70 mil visitantes, gerando R$ 80 milhões em negócios

Projeto leva saúde oftalmológica e atendimento psicossocial a jovens da rede pública

Projeto leva saúde oftalmológica e atendimento psicossocial a jovens da rede pública

A previsão é de que, pelo menos, 20 escolas, e 15 mil alunos serão beneficiadas pelo Ver Melhor Educa + até o final do projeto.

Tabus da saúde masculina são desafio contra a automedicação

Tabus da saúde masculina são desafio contra a automedicação

No combate à automedicação, o diagnóstico e acompanhamento médico por meio de plataforma digital é uma opção para garantir o acesso a tratamentos cientificamente comprovados para doenças masculinas

Se já testei positivo para Covid-19 posso doar sangue?

Se já testei positivo para Covid-19 posso doar sangue?

Quem adquiriu covid-19 sintomática, mesmo que leve, deve esperar 10 dias após a plena recuperação de todos os sintomas para poder realizar a doação de sangue

Amamentação: Tão particular e tão universal

Amamentação: Tão particular e tão universal

Ah, e claro: ajude a defender o direito de amamentar em qualquer lugar, numa boa, porque já tem confusão demais nisso

Empresas que investem em saúde mental tem índice de bem-estar melhor que média nacional

Empresas que investem em saúde mental tem índice de bem-estar melhor que média nacional

Criado pelo Zenklub, o Índice de Bem-Estar Corporativo (IBC) permite que as empresas tenham um panorama do bem-estar de seus colaboradores

Namorados também devem fazer exames para detectar doenças sexuais

Namorados também devem fazer exames para detectar doenças sexuais

Na véspera do dia deles, especialista explica importância dessa prevenção para uma relação saudável e segura para o casal