×
ContextoExato
Responsive image

Famosos e anônimos reclamam no Twitter por ficarem de fora de lista de 'detratores' do governo

Famosos e anônimos reclamam no Twitter por ficarem de fora de lista de 'detratores' do governoFoto: Marcos Corrêa/PR

Governo federal teria contratado empresa de comunicação para elaborar um relatório que classifica pessoas influentes como

Sputnik Brasil - 02/12/2020 - 22:13:02

Foi revelado na terça-feira (1º) um documento intitulado "Mapa de influenciadores", que teria sido elaborado pela empresa BR+ Comunicação, analisando postagens sobre o Ministério da Economia e o ministro Paulo Guedes durante o mês de maio de 2020.

O relatório classifica as pessoas em três grupos: "detratores" do governo, "neutros informativos" e "favoráveis". Totalizando 81 nomes, o primeiro grupo, que forma a maioria da lista, conta com 51 pessoas. Mas, no Twitter, muita gente anda pedindo para ser incluída nessa categoria. O termo "detratores" foi um dos assuntos mais comentados no Twitter na terça-feira (1º).

Presente na lista, o youtuber Felipe Neto brincou com a situação.

Até um selo para quem está na lista foi criado.​

Após a divulgação da existência do relatório, muita gente foi conferir se fazia parte​ da lista.

Teve gente que ficou em mais de uma lista.

​​​E teve quem ficou frustrado ao constatar que não fazia parte do grupo de "detratores".

​Alguns não preencheram os requisitos.

​Outros recorreram a um copo amigo para afogar as mágoas.

Teve quem ficou feliz apenas por seguir alguns dos "detratores".

"Detratores" de outros contextos foram lembrados.​

Por fim, foi pedido solidariedade e união entre os "detratores".

Comentários para "Famosos e anônimos reclamam no Twitter por ficarem de fora de lista de 'detratores' do governo":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório