×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de outubro de 2021

Farmacêutica anuncia produção de vacina Sputinik V em Brasília; imunizante precisa de aprovação da Anvisa

Farmacêutica anuncia produção de vacina Sputinik V em Brasília; imunizante precisa de aprovação da AnvisaFoto: Divulgação

União Química recebeu insumos para produção de doses contra Covid-19 e prevê fabricação ainda em janeiro. Ministério da Saúde alerta para necessidade de autorização da agência sanitária.

Por Marília Marques, Michele Mendes E Mara Puljiz, G1 Df E Tv Globo - 10/01/2021 - 13:02:52

A farmacêutica brasileira União Química – uma das parceiras do Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF) para produção da vacina Sputnik V no Brasil – informou que as doses contra a Covid-19 vão ser produzidas "ainda em janeiro", em Brasília, pela Fábrica Bthek.

A reportagem apurou que o imunizante será fracionado e envasado em Guarulhos, no estado de São Paulo. A empresa prevê o fornecimento de até 8 milhões de doses por mês.

Para iniciar a fabricação no Distrito Federal, é preciso autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária ( Anvisa ) para o uso emergencial da vacina desenvolvida em Moscou, o que ainda não ocorreu.

Os testes com o imunizante estão na fase 3, na Rússia. Entretanto, o pedido para estudos em humanos no Brasil ainda não foi aprovado. Em nota, a Anvisa informou que iniciou a análise, "mas identificou a necessidade de informações complementares, que foram solicitadas ao laboratório".

"Não há pedido de uso emergencial ou pedido de registro para a vacina Sputnik V na Anvisa."

"Até o momento, a União Química não enviou as informações para a Anvisa. O status atual do pedido é 'aguardando o envio das informações solicitadas na exigência técnica' ", diz trecho do comunicado.


O que diz o Ministério da Saúde


Questionado pela reportagem sobre o processo de produção da Sputinik V no Brasil, o Ministério da Saúde informou que, atualmente, a pasta acompanha o estudo de 212 vacinas no mundo, sendo 48 em estudos clínicos e 164 em estudos pré-clínicos.

O ministério alertou ainda para a necessidade de aprovação da Anvisa antes da aquisição dos imunizantes, "que poderá ser feita à medida em que os ensaios clínicos apontarem a eficácia e a segurança das doses".

A Sputnik V é a mesma vacina que começou a ser aplicada na Argentina e em Belarus. O imunizante foi o primeiro a ser registrada no mundo contra a Covid-19, em agosto.

Foto distribuída pela presidência argentina mostra primeiras doses da vacina Sputnik V, desenvolvida pela Rússia contra a Covid-19, chegando ao Aeroporto Internacional de Ezeiza, nos arredores de Buenos Aires, no dia 24 de dezembro. — Foto: Esteban Collazo / Argentina's Presidency Press Office / AFP

Em dezembro, a Rússia divulgou dados com o resultado final da eficácia da vacina, que ficou em cerca de 91%. Os detalhes dos estudos, no entanto, não foram publicados e revisados por outros cientistas.

Quatro vacinas receberam autorização para testes de fase 3 no Brasil desde o início da pandemia. A mais recente a obter foi a Ad26.COV2.S, desenvolvida pela Janssen Pharmaceuticals, do grupo Johnson & Johnson, em agosto de 2020.

Antes receberam a mesma autorização a vacina de Oxford (Reino Unido); a Coronavac, da Sinovac (China); e a da BioNTech/Pfizer (Alemanha/EUA).

As 8 milhões de doses (da nota da Reuters) é a capacidade máxima de produção deles por mês, mas eles ainda não têm uma expectativa de produção pra esse primeiro mês ou pro primeiro trimestre. Assessora ficou de me passar essa informação semana que vem.


Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

Comentários para "Farmacêutica anuncia produção de vacina Sputinik V em Brasília; imunizante precisa de aprovação da Anvisa":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Distrito Federal tem a menor mortalidade infantil no Brasil

Distrito Federal tem a menor mortalidade infantil no Brasil

No DF, teste do pezinho permitirá a detecção de até 53 doenças do bebê – antes, eram 40

Fatos e fakes sobre o câncer de mama, o mais comum entre as mulheres

Fatos e fakes sobre o câncer de mama, o mais comum entre as mulheres

Estimativa do Instituto Nacional de Câncer (INCA) aponta 66 mil novos casos da doença no Brasil até o final de 2021

Saúde celebra Dia Mundial de Combate à Poliomielite

Saúde celebra Dia Mundial de Combate à Poliomielite

A prevenção à pólio, doença viral infecto contagiosa, começa ainda na infância. Último caso da doença no DF foi notificado em 1987. No Brasil, em 1988.

Aumenta circulação de subvariante Delta em Belém do Pará

Aumenta circulação de subvariante Delta em Belém do Pará

“Nessas análises a Sesma detectou uma uma subvariante Delta, a AY.33, circulando em Belém e que pode não ser detectada por testes rápidos e pelos protocolos padrões de RT-qPCR”, informou, em nota, a secretaria.

Laboratório do DF é referência nacional e auxilia no controle da raiva

Laboratório do DF é referência nacional e auxilia no controle da raiva

Laboratório foi criado em 1978, quando ocorreu o único caso de raiva humana no Distrito Federal

Passaporte da vacina vai estimular mais gente a se imunizar, defende infectologista

Passaporte da vacina vai estimular mais gente a se imunizar, defende infectologista

Projeto de Lei pretende exigir comprovante de vacinação em locais de uso coletivo do DF

DF antecipa aplicação de vacinas da Pfizer e da AstraZeneca

DF antecipa aplicação de vacinas da Pfizer e da AstraZeneca

A segunda dose das vacinas AstraZeneca e Pfizer-BioNTech já pode ser administrada, a partir desta sexta-feira, em quem já tomou a primeira dose há oito semanas

Pacientes que não tomaram a vacina são maioria nos hospitais de campanha do DF

Pacientes que não tomaram a vacina são maioria nos hospitais de campanha do DF

Imunizante está disponível para toda a população a partir de 12 anos de idade, em diversos pontos da capital

Queda de cabelo afeta a autoestima: Tratamentos clínicos na tricologia são opção

Queda de cabelo afeta a autoestima: Tratamentos clínicos na tricologia são opção

“O cabelo deve receber atenção especial o tempo todo. Cuidados preventivos constantes são importantes no enfrentamento de eventuais problemas, independente da origem”

Aparelho revolucionário de monitoramento de anestesia chega ao Brasil

Aparelho revolucionário de monitoramento de anestesia chega ao Brasil

Conox®, da farmacêutica alemã Fresenius Kabi, é o primeiro monitor que supervisiona, com precisão absoluta, nível de consciência e dor de pacientes, evitando trauma anestésico

Conheça as causas do excesso de oleosidade da pele facial e os cuidados que se deve ter com a pele oleosa

Conheça as causas do excesso de oleosidade da pele facial e os cuidados que se deve ter com a pele oleosa

Especialista explica quais fatores podem desencadear a oleosidade no rosto e indica alguns cuidados para manter o equilíbrio da pele