×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de novembro de 2021

Festival de Brasília valoriza o universo feminino

Festival de Brasília valoriza o universo femininoFoto: Divulgação

Maior vitrine do cinema brasileiro, o evento deste ano teve a figura da mulher como destaque, em variadas situações. Saiba o porquê

Lúcio Flávio, Da Agência Brasília - 02/12/2019 - 11:32:19


Não importa o gênero. Se ficção, documentário, animação ou filme de denúncia. A 52ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (FBCB) foi marcada por produções que valorizam a figura da mulher em suas mais diversas situações dentro da sociedade.

Em tempos de intolerância, desrespeito e misoginia, com o feminicídio estampado todos os dias nos noticiários, mais do que válido. É o cinema de resistência espocando na mais tradicional vitrine do cinema nacional.

“É um filme sobre tragédias anunciadas, o retrato feminino na Amazônia”, lamentou, na última quinta-feira (28), a cineasta brasiliense, Thaís Borges, diretora estreante do documentário O tempo que resta.

Foto: Divulgação

Coproduzido pela Globonews, o projeto, realizado com baixo orçamento e muita coragem, conta a triste realidade de mulheres ameaçadas por milicianos da indústria madeireira no Pará. São relatos chocantes de um Brasil profundo que tocaram fundo a plateia do Cine Brasília.

Esse tom foi mantido ao longo de todo evento, seja na mostra competitiva ou paralela. No drama Piedade, do pernambucano Cláudio Assis, Fernanda Montenegro vive Carminha, a matriarca de uma família que luta contra a expansão de uma multinacional do petróleo no Porto de Suape. Sua figura também é o esteio da comunidade local, que luta contra a degradação ambiental de uma região tida como santuário.

Questão de gênero
Já a animação paulista Carne, de Camila Kater, abordou com muita personalidade a exploração do corpo feminino como objeto – tanto do ponto de vista da questão de gênero quanto da experiência de vida de cada uma. Os relatos de mulheres negras, gordas, lésbicas, trans e idosas, de idade e trajetória diferentes, são permeadas com ilustrações emblemáticas.

A questão de gênero e reflexão social urbana norteia a trama do curta mineiro Cabeça de rua, de Angélica Lourenço. A obra narra a história de duas flanelinhas na lida diária pelas ruas de Belo Horizonte.

Angela, de Marília Nogueira – também de Minas Gerais -, perfaz os percalços da terceira idade por meio da rotina da personagem-título, uma senhora que luta contra a balança e a dependência de remédios.

Drama cearense dirigido por Sara Benvenuto, a ficção Marco escancara a conflituosa relação entre mãe e filha no seio do lar. Roteiro valoriza as atuações das atrizes.

Estreia polêmica
Primeiro longa-metragem do Mato Grosso a ser selecionado para a mostra competitiva do Festival de Brasília, em 52 anos de evento, Loop, de Bruno Bini, causou controvérsia. Na trama protagonizada pelo galã Bruno Gagliasso, o espaço e o tempo são determinantes na vida dos personagens, envoltos num crime que evoca, na interpretação de alguns espectadores, um crime de feminicídio. O drama dividiu opiniões e o público do Cine Brasília na quinta-noite da mostra competitiva.

“Acho que é uma percepção que vai de cada um. Eu, na minha condição de mulher, não vi nenhuma relação ao feminicídio, mas vivemos tempos de polarização”, comenta a curadora conceitual do Festival e da seleção dos filmes do evento, Anna Karina de Carvalho. “Espaços como o do Festival de Brasília ajudam a alavancar as produções e suscitar debates sobre temas que estão em evidência, que são reflexos do pensamento brasileiro”, avalia.

Comentários para "Festival de Brasília valoriza o universo feminino":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Nota Legal dará crédito em dobro durante compras de Natal

Nota Legal dará crédito em dobro durante compras de Natal

Objetivo é aquecer as vendas entre 10 de dezembro de 2021 e 10 de janeiro de 2022: é mais uma medida de apoio ao setor produtivo

Campanha de multivacinação no Distrito Federal continua até terça-feira, dia 30

Campanha de multivacinação no Distrito Federal continua até terça-feira, dia 30

Secretaria de Saúde recomenda que pais ou responsáveis levem os filhos para se imunizarem

DF começa a aplicar dose de reforço em maiores de 40 anos contra Covid-19

DF começa a aplicar dose de reforço em maiores de 40 anos contra Covid-19

Para ser imunizado, é preciso ter completado ciclo vacinal há 5 meses

Ceasa inaugura espaço exclusivo para venda de morango no DF

Ceasa inaugura espaço exclusivo para venda de morango no DF

A Morangolândia vai facilitar o escoamento da produção no DF, praticamente inviabilizada pela falta de um espaço para o comércio da fruta

Aplicativo Detran Digital agora faz emissão da CNH-e, no Distrito Federal

Aplicativo Detran Digital agora faz emissão da CNH-e, no Distrito Federal

Uma parceria com a Senatran torna disponível novo serviço aos condutores, que podem acessá-lo de forma simples e intuitiva

Escolas públicas com contas em dia podem se inscrever para receber recursos

Escolas públicas com contas em dia podem se inscrever para receber recursos

Edital do projeto “Participe da cidade: o patrimônio público é nosso!” fica aberto até 10 de janeiro. Para participar, é preciso comprovar regularidade na prestação de contas e ter contas do Pdaf aprovadas

Operação Genebra: MPDFT consegue a condenação de mais seis réus

Operação Genebra: MPDFT consegue a condenação de mais seis réus

Servidores públicos agiram ilegalmente para obter benefício econômico na contratação da Cruz Vermelha de Petrópolis

População negra é a principal atingida pelo desemprego no DF

População negra é a principal atingida pelo desemprego no DF

As mulheres e homens negros entre 18 e 24 anos correspondem ao maior grupo dentre os desempregados

Vacinação completa contra Covid-19 será obrigatória em eventos no DF

Vacinação completa contra Covid-19 será obrigatória em eventos no DF

Com cobertura vacinal de 74% da população apta à imunização e índice de transmissão de 0,76, novo decreto modifica regras de prevenção

Emoção na festa de 10 anos do Hospital da Criança

Emoção na festa de 10 anos do Hospital da Criança

Atendido pelo HCB desde o ano passado, Luiz Felipe Rodrigues, de 4 anos, cantou a música “O caderno”, de Toquinho, acompanhado do pai e da musicoterapeuta que o atende há seis meses

Pessoas a partir de 57 anos já podem tomar dose de reforço contra a covid no DF

Pessoas a partir de 57 anos já podem tomar dose de reforço contra a covid no DF

Dia D da vacinação ficou abaixo do esperado no último sábado, em diversos pontos do DF