×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de maio de 2022

Geleira boliviana Tuni está desaparecendo, dizem cientistas

Geleira boliviana Tuni está desaparecendo, dizem cientistasFoto: Rickey Rogers

Situação deve agravar escassez de água que já atinge a capital La Paz

Por Monica Machicao - Repórter Da Reuters - La Paz - 05/01/2021 - 15:50:29

A geleira Tuni, na Bolívia, está desaparecendo mais rápido do que o inicialmente previsto, de acordo com cientistas da nação andina, uma situação que provavelmente agravará a escassez de água que já atinge a capital La Paz, a apenas 60 quilômetros (km) de distância.

Cientistas da Universidad Mayor de San Andrés (UMSA), que monitoram Tuni e outras geleiras regionais, disseram à Reuters que a geleira, antes extensa, foi reduzida a apenas 1 km².

Se antes previam que duraria até 2025, agora dizem que seu desaparecimento é iminente.

“Todo esse setor já foi coberto de gelo”, disse o glaciologista Edson Ramírez. Em grande parte do antigo caminho da geleira, agora há apenas restos de rocha, expostos pela primeira vez em séculos.

Embora a geleira esteja recuando desde a Pequena Era Glacial, quando enormes campos de gelo cobriam muitas montanhas andinas, a rápida mudança do clima acelerou o processo, de acordo com cientistas bolivianos.

Chuvas torrenciais e secas se tornaram mais comuns e a neve nas montanhas menos estável, disseram.

A mudança climática e o rápido desaparecimento das geleiras coincidiram com uma mudança do campo para as cidades na Bolívia, afirmam os pesquisadores, pressionando fontes de água já em redução.

Comentários para "Geleira boliviana Tuni está desaparecendo, dizem cientistas":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Dia Mundial das Aves Migratórias combate poluição luminosa

Dia Mundial das Aves Migratórias combate poluição luminosa

Alerta ocorre no Dia Mundial de Aves Migratórias, com campanha para aumentar a informação sobre a urgência de proteção desses animais

Ecologia da China registra reviravolta histórica, diz funcionário

Ecologia da China registra reviravolta histórica, diz funcionário

O ambiente ecológico da China testemunhou uma reviravolta histórica na última década, disse Han Wenxiu, alto funcionário do Comitê Central de Assuntos Financeiros e Econômicos, nesta quinta-feira.

“Menos de 8% da Caatinga é protegida legalmente”, afirma pesquisador

“Menos de 8% da Caatinga é protegida legalmente”, afirma pesquisador

Caatinga ocupa 90% do território paraibano e é responsável por importantes processos ecossistêmicos

Energia limpa: O que são fontes de energia renovável?

Energia limpa: O que são fontes de energia renovável?

Energia das ondas e marés: a energia gerada é proveniente do aproveitamento das ondas e marés oceânicas; entre outros.

Destinação correta de resíduos feita pela InterPlayers contribui com o plantio de árvores

Destinação correta de resíduos feita pela InterPlayers contribui com o plantio de árvores

Além de árvores, prática evitou que 348 kg de materiais fossem parar na natureza, contaminando rios e oceanos

Setor de fertilizantes especiais cresce 41,8% em 2020

Setor de fertilizantes especiais cresce 41,8% em 2020

Tecnologia em fertilizantes é alternativa para estiagem e aumenta produtividade

Pessoas estão mais preocupadas com a sustentabilidade dentro do lar

Pessoas estão mais preocupadas com a sustentabilidade dentro do lar

O tema virou conceito na Semana de Design de Milão de 2021

Alto Paraíso de Goiás recebe o I Seminário Solo Vivo, realizado pelo COMDEMA

Alto Paraíso de Goiás recebe o I Seminário Solo Vivo, realizado pelo COMDEMA

O evento é gratuito, e também poderá ser acessado de forma on-line

2.800 árvores já foram plantadas em parceria com a Associação Ambientalista Copaíba

2.800 árvores já foram plantadas em parceria com a Associação Ambientalista Copaíba

Reflorestamento e desenvolvimento social

Evento no Jardim Botânico do Rio destaca importância da Caatinga

Evento no Jardim Botânico do Rio destaca importância da Caatinga

Área da bioma corresponde a 11% do território nacional

Mudança climática é alerta para diferentes setores da economia

Mudança climática é alerta para diferentes setores da economia

A Organização das Nações Unidas (ONU) alerta que as emissões de CO2 podem aumentar as temperaturas globais até 4,4°C até o final do século