×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 19 de outubro de 2021

Hacker do Conselho Nacional do Ministério Público. "Acesso quem eu quiser quando eu quiser"

Hacker do Conselho Nacional do Ministério Público. Foto: Conselho Nacional do Ministério Público

O suposto hacker termina esta mensagem dizendo que não obteve “dados pessoais de ninguém”, “apenas o cloud do Telegram”.

Estadão Conteúdo - 12/06/2019 - 15:56:01

O hacker que invadiu a conta de telegrama de um dos integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público afirmou ser a mesma pessoa que acessou as mensagens de integrantes da Lava Jato. Em mensagem enviada ao grupo em nome do conselheiro Marcelo Weitzel, o hacker diz que acessou “a Lava Jato pois havia irregularidades que a população, inclusive vocês, deveriam saber”. Disse também: “Eu acesso quem eu quiser, quando eu quiser”.

Na mensagem, o suposto hacker diz que só teria acessado a conta de Telegram de Marcelo Weitzel para “mostrar que não sou como a mídia diz, que liga para o telefone com número internacional e tampouco com o mesmo número (vide fake news do Moro). Eu acesso quem eu quiser, quando eu quiser e pode ter verificação em 10 etapas”. O suposto hacker termina esta mensagem dizendo que não obteve “dados pessoais de ninguém”, “apenas o cloud do Telegram”. Abaixo a íntegra da mensagem que foi enviada no grupo do CNMP / Marcelo de Moraes


Comentários para "Hacker do Conselho Nacional do Ministério Público. "Acesso quem eu quiser quando eu quiser"":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Movimentos se reúnem em ato para defender permanência do projeto Jovem de Expressão

Movimentos se reúnem em ato para defender permanência do projeto Jovem de Expressão

Em defesa do espaço cultural, foi aprovada uma vigília cultural de 24 horas para a próxima sexta-feira (22)

Oficinas para revisão do PDOT têm participação popular limitada

Oficinas para revisão do PDOT têm participação popular limitada

São Sebastião e Sobradinho debatem neste sábado o Plano de Ordenamento Territorial

Lei que prevê a distribuição de absorventes higiênicos no DF está só no papel

Lei que prevê a distribuição de absorventes higiênicos no DF está só no papel

Dignidade menstrual é permitir que as meninas mais pobres também possam ter o mesmo acesso ao absorvente higiênico que as meninas da classe média e alta

Criança no carro? Cuidado redobrado!

Criança no carro? Cuidado redobrado!

Regras do Código de Trânsito Brasileiro, fiscalização e conscientização derrubam índice de letalidade no transporte de crianças com até 10 anos no DF

Vetada por Bolsonaro, distribuição de absorventes é adotada por 13 estados e DF

Vetada por Bolsonaro, distribuição de absorventes é adotada por 13 estados e DF

Ato simbólico de entrega no Centro Educa Mais Dorilene Silva Castro

Distrito da Fome: Inflação e pobreza ameaçam soberania alimentar de famílias brasilienses

Distrito da Fome: Inflação e pobreza ameaçam soberania alimentar de famílias brasilienses

Já são mais de 116 milhões de pessoas em situação insegurança alimentar.

MST lança loja online de alimentos agroecológicos e orgânicos no DF

MST lança loja online de alimentos agroecológicos e orgânicos no DF

Vendas online serão abertas oficialmente neste sábado, 16

Documentação Urbanística amplia acesso ao público

Documentação Urbanística amplia acesso ao público

Sistema oferece diversas informações aos usuários

GDF ameaça continuidade do projeto “Jovem de Expressão” na Ceilândia

GDF ameaça continuidade do projeto “Jovem de Expressão” na Ceilândia

Local utilizado pelo projeto tem 116 metros e é um antigo posto policial abandonado

Moradores das novas quadras do Guará reivindicam medidas para aumentar a segurança

Moradores das novas quadras do Guará reivindicam medidas para aumentar a segurança

O deputado Delmasso enumerou melhorias necessárias em urbanização e prestação de serviços públicos para a região, como iluminação pública, pavimentação, saúde e transporte

Carga tributária sobre combustíveis no DF será reduzida pelos próximos três anos

Carga tributária sobre combustíveis no DF será reduzida pelos próximos três anos

CLDF aprovou a diminuição da alíquota do ICMS em três pontos percentuais. Medida é gradativa para os próximos três anos, começando em 2022