×
ContextoExato

Impactos da mineração submarina, conheça

Impactos da mineração submarina, conheçaFoto: hidrotermal. Imagem,Mark Pernice.

Assuntos como este, que geram polêmica na exterior, estão nas primeiras páginas dos jornais mais influentes como o New York Times

Por João Lara Mesquita - Mar Sem Fim - 09/04/2021 - 14:42:51

Em agosto de 2020 o NYT publicou artigo assinado por dois especialistas, Steven H.D. Haddock, cientista sênior do Monterey Bay Aquarium Research Institute; e C. Anela Choy, professor assistente da Scripps Institution of Oceanography .

‘Tesouro e agitação no mar profundo’

Este foi o título do artigo do Times tratando dos impactos da mineração submarina. Nele, os especialistas levantam algumas questões relacionadas ao iminente início de mais esta atividade no mar. Há muito o Mar Sem Fim comenta que este século provavelmente verá o fim da pesca industrial , e o início de uma atividade ainda mais prejudicial ao mais importante ecossistema do planeta.

ilustração de máquina operando no fundo do mar
O futuro chegou? Ilustração, https://www.offshore-energy.biz/.

Apesar dos alertas da comunidade científica mundial, até hoje não se conseguiu controlar a pesca industrial . E é de fato algo difícil que envolve várias questões: dos empregos em muitos países, à alimentação em outros tantos. Para não falar na dificuldade de controlar uma atividade que ocorre num espaço correspondente a cerca de 70% da superfície do planeta.

A pesca industrial descontrolada

É por isso que quase todos os anos os equatorianos ficam arrepiados ao lerem notícias que dão conta da aproximação das frotas pesqueiras chinesas à Galápagos , um dos santuários marinhos mais conhecidos do planeta por suas peculiar história, mas sistematicamente invadido pelos chineses. Mesmo assim, nada acontece de prático além de protestos inócuos em fóruns internacionais.

Talvez por isso, os cientistas com visão de futuro protestam pela novidade da mineração subaquática em grande escala. Mas, a indústria, parece não dar a menor pelota. Como alegam os dois cientistas, ela diz que ‘a mineração no fundo do mar é mais sustentável e menos prejudicial do que fazê-lo em terra’.

A ‘guerra’ de narrativas é fenômeno mundial…Mas é muita cara-de-pau afirmar que os impactos da mineração submarina possam ser sustentáveis. É um conto-da-carochinha.

‘Operações de mineração submarina exploram estratégias para saquear esse tesouro’

O título está entre aspas porque a frase consta do artigo em referência. Os autores explicam que ‘explorações de mineração cobrindo mais de 500.000 milhas quadradas foram aprovadas pela Autoridade Internacional dos Fundos Marinhos (International Seabed Authority ), que regulamenta a mineração em águas internacionais’.

infográfico mostra mineração submarina
Ilustração, Wikimedia Commons.

E por que tanto temor? Se nem a pesca industrial tem controle internacional eficaz, imagine o que pode acontecer com os “campos de nódulos metálicos e imponentes chaminés hidrotérmicas que acumulam metais preciosos e valorizados, estimados em bilhões a até trilhões de dólares.”

Trilhões de dólares, este é o grande perigo. Segundo os autores, estes campos e chaminés “estão lá para serem tomados, e as operações de mineração ao redor do mundo estão explorando estratégias para saquear esse tesouro, afirmando que a mineração no fundo do mar é mais sustentável e menos prejudicial do que fazê-lo em terra.”

O que existe no fundo do mar

Como se sabe, conhecemos mais o espaço sideral que o fundo dos oceanos. Fontes das mais qualificadas dizem que até hoje o ser humano explorou algo em torno de 5% do assoalho marinho. Mas, mesmo assim, sabe-se o que “o fundo do mar não é um deserto estéril e sem vida, como se pensava.”

mapa mostra locais de mineração submarina
O mapa das minas. Ilustração, https://www.iucn.org/.

“A exploração nas últimas décadas revelou corais com milhares de anos, micróbios que podem tratar câncer e doenças infecciosas e campos de fontes hidrotermais de proporções monumentais, a partir dos quais criaturas vivas convertem enxofre e metano em energia, oferecendo um vislumbre das origens da vida na Terra.”

Os autores alertam:”Mas, como nós e nossos colegas observamos recentemente na revista Proceedings of the National Academy of Sciences , os impactos da mineração submarina serão pronunciados e debilitantes não apenas no fundo do mar. Mas também em toda a coluna de água profunda que se estende por cerca de 600 pés abaixo da superfície até o fundo, onde ocorre a extração.”

A formação dos minerais submarinos: até 14 milhões de anos!

“Os minerais procurados se formam e se acumulam de forma extremamente lenta no fundo do oceano, com taxas de crescimento de apenas alguns milímetros por milhão de anos.”

“Um nódulo do tamanho de uma bola de tênis no fundo do mar e consistindo em grande parte de valiosos metais de terras raras pode ter mais de 14 milhões de anos.”

Comentários para "Impactos da mineração submarina, conheça":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório