×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de janeiro de 2022

Joice Hasselmann diz que Eduardo Bolsonaro é criminoso, vagabundo e ainda será preso

Joice Hasselmann diz que Eduardo Bolsonaro é criminoso, vagabundo e ainda será presoFoto: Michel Jesus/ Câmara dos Deputados | Lula Marques) / Portal 247

Eduardo Bolsonaro e Joice Hasselmann

Portal 247 - 21/04/2020 - 10:38:22

Deputada que fez campanha para Jair Bolsonaro se revoltou na noite de ontem, ao novamente se tornar alvo do "gabinete do ódio”

A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), que ajudou a eleger Jair Bolsonaro com fake news e discurso de ódio, se revoltou na noite de ontem ao novamente ser alvo do gabinete de ódio comandando pelo clã Bolsonaro. "Eduardo BOLSONARO é criminoso, integrante de uma quadrilha de fakenews e Juntou-se a um bando faminto q só quer morder $ público para espalhar calúnias. Envolveu minha família nas mentiras. Será processado e se houver alguma justiça nesse país ainda será preso. É um VAGABUNDO", postou ela em seu twitter.

"Hj eu e meu marido fomos atacados com mentiras por canalhas que, por falta de argumentos, partem para o jogo sórdido das falácias, como é característico dessa gente mau-caráter. Terão que responder na justiça pela covardia. Nenhum ato repudioso como o dessa gente passará impune!", escreveu ainda a deputada.

Comentários para "Joice Hasselmann diz que Eduardo Bolsonaro é criminoso, vagabundo e ainda será preso":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Ministro de Minas e Energia quer o Cade investigando preços abusivos da Petrobras

Ministro de Minas e Energia quer o Cade investigando preços abusivos da Petrobras

Na avaliação do ministro, a investigação do Cade não tem atribuição de segurar o preço dos combustíveis. Mas pode corrigir práticas da empresa, caso fique configurada alguma distorção.

Coronavírus: Ciência e Tecnologia suspende trabalho presencial em quatro órgãos

Coronavírus: Ciência e Tecnologia suspende trabalho presencial em quatro órgãos

O Brasil enfrenta uma nova onda de aumentos de casos de covid-19 por causa da variante Ômicron

Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de Covid-19

Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de Covid-19

Medida ainda não foi oficializada pelo presidente da Casa

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Pauta do ano coloca Supremo Tribunal Federal novamente em evidência, apontam especialistas

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, quem recebe a vacina contra a covid leva um livro para casa

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Em ato simbólico, xavante de 8 anos de Piracicaba recebeu imunizante

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Decisão pode ser revista caso prefeitura revise planejamento

Confirmado segundo caso de Candida auris em Pernambuco

Confirmado segundo caso de Candida auris em Pernambuco

Anvisa trata o caso como o terceiro surto do superfungo no país

Vacina brasileira contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez

Vacina brasileira contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez

Estudo clínico aplicará o imunizante em 90 voluntários

Justiça Federal no Brasil se moderniza, mas tribunais ainda amargam demoras

Justiça Federal no Brasil se moderniza, mas tribunais ainda amargam demoras

Essa grandiosidade em termos de acesso à justiça, também vem ao encontro da morosidade com o que cidadão tem que enfrentar, em função ao tempo de decisão com relação a um processo

Estados voltam a ter medidas restritivas com aumento de casos de covid

Estados voltam a ter medidas restritivas com aumento de casos de covid

Aumento no número de infectados é resultado da variante Ômicron