×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de outubro de 2021

Lançada no DF a edição 2021 da campanha Vem Brincar Comigo

Lançada no DF a edição 2021 da campanha Vem Brincar ComigoFoto: AGÊNCIA BRASÍLIA

Iniciativa visa arrecadar brinquedos e livros infantis para crianças em situação de vulnerabilidade. Doações podem ser feitas até 30 de setembro

Agência Brasília* | Edição: Rosualdo Rodrigues - 30/08/2021 - 20:01:10

Começou a arrecadação de brinquedos e livros infantis da edição 2021 da campanha Vem Brincar Comigo , do Governo do Distrito Federal (GDF). A iniciativa, que está na terceira edição, tem objetivo de fazer um Dia das Crianças mais feliz para crianças do DF em situação de vulnerabilidade social.

A partir desta segunda-feira (30) até o dia 30 de setembro, será possível realizar doações nas administrações regionais, batalhões do Corpo de Bombeiros, órgãos do GDF, Palácio do Buriti e anexo, e também na sede na Defesa Civil do DF, no SIA Trecho 6 Lotes 25/35 Edifício Excellence Business Center.

No ano passado, a campanha idealizada pela primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha, e coordenada pela Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância, vinculada à Chefia de Gabinete do Governador, arrecadou mais de 40 mil itens.




De acordo com Mayara Noronha Rocha, nesta terceira edição, a campanha visa bater o recorde de arrecadação do ano passado. “Quando sociedade civil, empresariado e servidores públicos unem esforços com o propósito de fazer o bem ao próximo, é possível levarmos esperança para milhares de crianças que não podem ter um brinquedo”, enfatizou a secretária.


Devido aos protocolos e medidas de segurança sanitárias, recomenda-se a higienização dos itens doados com água e sabão ou álcool 70%. Além disso, para facilitar a identificação e a manipulação do item, recomenda-se que os donativos sejam acondicionados em sacos transparentes.

Leia também

Vem Brincar Comigo: arrecadação também por drive-thru

Vem Brincar Comigo recebe doação de livros

Segundo Anucha Soares, subchefe de Políticas Sociais e Primeira Infância, o processo de higienização das doações foi implementado o ano passado, devido à pandemia, e continua sendo adotado. “A doação é um ato de amor, carinho e respeito ao próximo. Portanto, partindo desse pressuposto, pedimos que os itens doados estejam em condições de serem utilizados, bem como higienizados”, ressalta.

As informações sobre a Vem Brincar Comigo podem ser acompanhadas por meio da página da campanha, no portal do GDF.

*Com informações da Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância

Comentários para "Lançada no DF a edição 2021 da campanha Vem Brincar Comigo":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Aplicativo vai ajudar crianças e adolescentes a denunciar violências

Aplicativo vai ajudar crianças e adolescentes a denunciar violências

Plataforma será ligada à Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos

Campanha contra insegurança alimentar ilumina Congresso Nacional

Campanha contra insegurança alimentar ilumina Congresso Nacional

Campanha global lembra o Dia Mundial da Alimentação, no próximo sábado

Campanha

Campanha "Tenho Sede" conta com doações para construir 1 milhão de cisternas no Semiárido

Na campanha, mulheres do semiárido contam suas histórias sobre como o acesso à água através das cisternas transformou as suas vidas

Campanha da ASA busca doações para construir 1 milhão de cisternas no Semiárido brasileiro

Campanha da ASA busca doações para construir 1 milhão de cisternas no Semiárido brasileiro

Consideradas tecnologias simples e baratas, cisternas tendem a gerar benefícios para famílias e comunidades do semiárido

Dia Nacional do Idoso: Conheça políticas públicas para essa população

Dia Nacional do Idoso: Conheça políticas públicas para essa população

Pessoas com mais de 60 anos representam quase 18% dos brasileiros

Itamaraty não fará nada sobre deportação de crianças brasileiras dos EUA para Haiti, diz professor

Itamaraty não fará nada sobre deportação de crianças brasileiras dos EUA para Haiti, diz professor

A Sputnik Brasil conversou Thiago Rodrigues, professor do Instituto de Estudos Estratégicos da Universidade Federal Fluminense (UFF), sobre a grave crise de migração que levou milhares de haitianos à cidade texana de Del Rio.

Cerca de 930 milhões de toneladas de comida vão parar no lixo, alerta FAO

Cerca de 930 milhões de toneladas de comida vão parar no lixo, alerta FAO

2,5 milhões de pessoas na República Centro-Africana passam fome.

Balé muda vida de adolescentes em favelas brasileiras

Balé muda vida de adolescentes em favelas brasileiras

Dançar da favela para o mundo na plataforma da nuvem, é um sonho para todos os jovens bailarinos do Balé Paraisópolis em São Paulo no Brasil.

CNJ aprova política para atender pessoas em situação de rua: O que muda na prática?

CNJ aprova política para atender pessoas em situação de rua: O que muda na prática?

De acordo com o IPEA, no início da pandemia já chegava a 222 mil o número de pessoas vivendo em situação de rua no Brasil

Projeto Cultura Doadora realiza Semana da Doação de Órgãos entre os dias 26 e 1º de outubro

Projeto Cultura Doadora realiza Semana da Doação de Órgãos entre os dias 26 e 1º de outubro

O projeto Cultura Doadora preparou uma programação intensa para a Semana da Doação de Órgãos

Quase 9 mil vivem nas ruas de BH:

Quase 9 mil vivem nas ruas de BH: "A única coisa que eu quero é um lar para meus filhos”

Construção civil não para de anunciar novos empreendimentos em BH, mas não há indícios de que imóveis vão resolver problema habitacional