×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 12 de agosto de 2022

Mais de 205 mil pessoas ainda não iniciaram a vacinação contra a Covid-19 no DF

Mais de 205 mil pessoas ainda não iniciaram a vacinação contra a Covid-19 no DF

Foto: Agência Brasília

Índice de imunização completa no DF é de mais de 85% da população com 12 anos ou mais

Pedro Rafael Vilela - Brasil De Fato | Brasília (df) - 14/01/2022 - 16:20:52

Secretaria de Saúde espera aumento de internações e óbitos nas próximas semanas

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) informou, nesta quinta-feira (13), que 205.542 pessoas com 12 anos ou mais ainda não iniciaram o ciclo vacinal contra a covid-19. O número é estimado com base na população do DF que está apta a ser imunizada. Ao todo, são 38.018 adolescentes entre 12 e 17 anos e 167.524 adultos com 18 anos ou mais. Os números foram apresentados durante coletiva de imprensa para atualização de informações sobre a pandemia.

Outras 150 mil pessoas que tomaram a primeira dose ainda não voltaram para receber a segunda dose, mesmo já estando no prazo de recebê-la. Pelo números da Secretaria de Saúde, no entanto, a campanha de vacinação contra a covid-19 conseguiu imunizar completamente 85,5% da população com 12 anos ou mais no DF.

O secretário de Saúde do DF, Manoel Pafiadache, voltou a fazer um apelo para que a população se vacine, e alertou que a quase totalidade de pessoas internadas atualmente é de quem não tomou vacina ou não completou o ciclo vacinal. "É bem verdade que 90% dos nossos internados com covid não estão vacinados ou estão com a cobertura vacinal incompleta. É uma preocupação muito grande que nós temos com a vacinação. A cobertura vacinal é responsabilidade todos nós", disse.

Taxa de transmissão

Nas últimas 24 horas, contadas entre quarta (12) e quinta (13), foram notificados 2.630 novos casos novos de covid-19 e duas mortes. Desde o início da pandemia, 11.125 pessoas foram a óbito e 538.354 foram infectadas pelo coronavírus no Distrito Federal.

A taxa de transmissão do vírus subiu ligeiramente e chegou em 2,12. O número indica que cada 100 infectados contaminam outras 212 pessoas, e significa um crescimento exponencial do contágio. O dado consta no boletim da secretaria divulgado na tarde desta quinta. No dia anterior, o índice era de 2,11.

Para conter a nova onda de infecções, o governo do DF proibiu a realização de shows, festas e eventos com aglomeração na capital do país.

Em coletiva de imprensa, o secretário-adjunto de Assistência à Saúde, Fernando Erick Damasceno, afirmou é esperado um aumento das hospitalizações e no número de óbitos, mas que não será proporcional ao volume de infecções registradas, na maioria casos leves.

"Mesmo tendo grande parte dos casos sendo leves, é esperado um aumento das intenrações e do númeoro de óbitos, principalmente nessa fase de pico. Entretanto, ele não será proporcional, não será o que vivemos na segunda onda, ou na primeira onda", ponderou.

Edição: Flávia Quirino

Comentários para "Mais de 205 mil pessoas ainda não iniciaram a vacinação contra a Covid-19 no DF":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
Casas sustentáveis: Entenda como esse modelo de residência gera economia

Casas sustentáveis: Entenda como esse modelo de residência gera economia

Trabalho remoto é o futuro na área da tecnologia

Trabalho remoto é o futuro na área da tecnologia

Alexandre diz que atos por democracia reforçam 'orgulho do sistema eleitoral'

Alexandre diz que atos por democracia reforçam 'orgulho do sistema eleitoral'

Celso de Mello: Manifesto representa 'severa advertência ao presidente Bolsonaro'

Celso de Mello: Manifesto representa 'severa advertência ao presidente Bolsonaro'

"Carta bate com o que faço aqui", diz professor que levou documento para Londres

Jovens ainda sofrem com recuperação lenta do mercado de trabalho, diz OIT

Jovens ainda sofrem com recuperação lenta do mercado de trabalho, diz OIT

José Carlos Dias destaca união do capital e trabalho e lê carta da Fiesp

José Carlos Dias destaca união do capital e trabalho e lê carta da Fiesp

Ação contra fraude notifica cinco postos de combustível no DF

Ação contra fraude notifica cinco postos de combustível no DF

Saiba o que são e como preparar as PANCs, plantas alimentícias não convencionais

Saiba o que são e como preparar as PANCs, plantas alimentícias não convencionais

Alvaro Vargas Llosa: 'O idiota latino-americano se reinventou'

Alvaro Vargas Llosa: 'O idiota latino-americano se reinventou'

'Os manifestos geram poder para a resistência', afirma Celso Lafer

'Os manifestos geram poder para a resistência', afirma Celso Lafer

No DF, políticos e militantes de esquerda têm sido vítimas de violência nas ruas

No DF, políticos e militantes de esquerda têm sido vítimas de violência nas ruas

DF é condenado a indenizar aluno que sofreu reação alérgica após ingerir alimento

DF é condenado a indenizar aluno que sofreu reação alérgica após ingerir alimento

MPDFT apoia criação de Frente Nacional de Combate a Cartéis

MPDFT apoia criação de Frente Nacional de Combate a Cartéis

Deputados distritais derrubam veto e demitidos da CEB recuperam emprego

Deputados distritais derrubam veto e demitidos da CEB recuperam emprego

Janaina Paschoal diz que Bolsonaro tenta 'destruí-la' e que carta é 'pró-Lula'

Janaina Paschoal diz que Bolsonaro tenta 'destruí-la' e que carta é 'pró-Lula'

Djavan volta com 'uma ode ao amor e à esperança'

Djavan volta com 'uma ode ao amor e à esperança'

BNDES leva a leilão antigo edifício-sede em Brasília

BNDES leva a leilão antigo edifício-sede em Brasília

Lideranças indígenas, testemunhas do crime contra Bruno e Dom, pedem proteção oficial

Lideranças indígenas, testemunhas do crime contra Bruno e Dom, pedem proteção oficial

Marinha suspende exercício em Alcatrazes após protestos de ambientalistas

Marinha suspende exercício em Alcatrazes após protestos de ambientalistas

Guedes minimiza comércio Brasil-França e avisa: 'É melhor nos tratarem bem ou vamos ligar o f***-se'

Guedes minimiza comércio Brasil-França e avisa: 'É melhor nos tratarem bem ou vamos ligar o f***-se'