×
ContextoExato
Responsive image

Monumento desenhado por Lúcio Costa: Torre de TV volta atrair famílias

Monumento desenhado por Lúcio Costa:  Torre de TV volta atrair famíliasFoto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Céu azul e fontes ativadas compõem o cenário com o monumento desenhado por Lúcio Costa

Renata Moura, Da Agência Brasília | Edição: Fábio Góis - 27/07/2020 - 09:00:58

Com os chafarizes ligados e sem tapumes das obras, ponto turístico se prepara para inauguração das obras estruturais, prevista para os próximos dias

Com os chafarizes da praça central ligados e sem tapumes de obras – atualmente uma das principais cenas da capital da República, dado o volume do trabalho do GDF –, a Torre de TV voltou a atrair muitas famílias no final de semana. Neste domingo (26), quem apareceu por lá pôde conferir de perto que a revitalização da parte estrutural do monumento está quase pronta.

“Aqui é um lugar muito lindo. Ótimo para a gente desestressar da rotina de casa na pandemia”Angélica de Castro, servidora pública

Segundo informações da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), a reforma, que teve início em 2013, deve ser inaugurada nos próximos dias. O governo investiu mais de R$ 16,5 milhões na restauração desse que é um dos principais cartões postais de Brasília.

A pintura foi totalmente refeita. Também foram trocadas centenas de grandes parafusos das vigas e peças metálicas.

Na parte inferior, o piso e cerca de 4,5 mil metros quadrados de calçadas de concreto foram refeitos. Os elevadores e as escadas rolantes – apesar de desligados até a inauguração oficial – também foram recuperados e já estão prontos para funcionar.

Angélica de Castro levou o marido, Anderson Correia, e os dois filhos (um deles a caminho) para um passeio dominical na torre | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

“Aqui é um lugar muito lindo. Ótimo para a gente desestressar da rotina de casa na pandemia”, afirma a servidora pública Angélica de Castro.

Grávida, ela foi cedo caminhar pelas novas calçadas, acompanhada da filha e do marido, o militar Anderson Correia. “Já subi no mirante uma vez, quando criança. É bom saber que poderei subir novamente em companhia da minha família”, planeja.

Os ciclistas Victor Moreira lima e Francis Lages vieram pedalando do Guará para o Plano Piloto e decidiram passar na Torre de TV. “Foi muito legal chegar aqui e ver tudo no lugar, até a fonte funcionando”, destaca um dos estudantes.

Quem também saiu de longe para prestigiar o espaço foi a dona de casa Valéria Pereira. Moradora de Planaltina, ela conta que saiu cedo e que valeu a pena a surpresa de ver a retirada dos tapumes.

“É a primeira vez que saímos de casa depois da pandemia e fomos contemplados com essa beleza toda”, elogiou a mulher, acompanhada do marido e das duas filhas menores, Letícia e Valentina.

Tudo novo em folha à espera do respeitável público | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Gestão BRB

Fiscal da obra, o arquiteto da Novacap Carlos Meiçó prevê que as obras estruturais da Torre de TV sejam entregues até o final desta semana. “Há alguns pequenos reparos que pedimos para ser refeitos – como a pintura do mirante, que ficou muito sujo de poeira, e a substituição de grades do piso inferior, que foram quebradas com o trânsito de veículos”, detalha.

Projetada pelo arquiteto e urbanista Lúcio Costa e inaugurada em 1967, o espaço turístico nunca passou por manutenções significativas e está fechado há mais de quatro anos. Após a conclusão da recuperação, o local passará a ser gerido pelo Banco de Brasília (BRB).

Acordo de Cooperação Técnica

Em outubro do ano passado, foi assinado um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) para o desenvolvimento do projeto de revitalização da Torre de TV, além da criação do Corredor Cultural do Banco de Brasília (CCBRB).

Leia também

Feira da Torre, um mosaico de cada cantinho do Brasil

Torre de TV, um ponto de confraternização para celebrar a temporada

A parceria é das secretarias de Turismo e de Projetos Especiais, da Novacap e do BRB. O acordo também transfere a gestão da fonte luminosa, da feira de artesanato e do jardim Burle Marx ao banco por 20 anos.

A instituição financeira deve investir cerca de R$ 40 milhões na revitalização e valorização desses espaços. “Estão também trabalhando em adequações do mezanino”, adianta o arquiteto Carlos Meiçó.

Comentários para "Monumento desenhado por Lúcio Costa: Torre de TV volta atrair famílias":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório