×
ContextoExato
Responsive image

“Não pode ser encarada como instrumento de ataque ao governo”, diz distrital Jaqueline Silva sobre a CPI da Pandemia

“Não pode ser encarada como instrumento de ataque ao governo”, diz distrital Jaqueline Silva sobre a CPI da PandemiaFoto: CorreioWeb

À QUEIMA-ROUPA

Ana Maria Campos-eixo Capital - 01/09/2020 - 10:44:33

Entrevista: Deputada distrital Jaqueline Silva (PTB)

Está totalmente recuperada da covid-19?
Vou fazer novos exames para saber se estou livre da contaminação. Ainda tem uma tosse persistente, mas só tenho a agradecer. Estou muito feliz por estar de volta, em casa.

E seu marido, que também esteve internado?
O quadro dele inspira cuidados, pois teve sintomas mais graves. Esteve duas vezes na UTI e ainda sofre com algumas sequelas, mas está bem melhor. Meu filho, que também testou positivo, já está sem qualquer sintoma. Graças a Deus estamos evoluindo bem.

O que diria sobre esse momento que passou?
Essa doença é terrível. Avança de forma rápida. O agravamento ocorre de uma hora para a outra. O fato de sabermos pouco sobre a doença nos deixa ainda mais apreensivos e inseguros. É difícil traduzir em palavras. O medo é constante. Sabemos quantas famílias esse vírus devastou. É um momento muito difícil para todos. Quando falamos das medidas de proteção, parece repetitivo, mas é extremamente necessário. Esse prolongamento da doença tem feito com que um número alto de pessoas tenha afrouxado as medidas de prevenção, o que é terrível. Precisamos nos cuidar e cuidar de quem amamos.

Vai mesmo apoiar a CPI da Pandemia?
O Poder Legislativo, que tem papel fiscalizador, não poderia ficar de braços cruzados diante da gravidade das denúncias. Eu assinei a criação da CPI por acreditar que qualquer indício de malversação em recursos destinados ao controle da pandemia devem ser minuciosamente investigados. Mas defendo um trabalho sério, onde todos sejam ouvidos. A comissão não pode ser encarada como instrumento de ataque ao governo. Precisamos dar respostas à população, que está vivendo um momento difícil em todos os aspectos.

Se apoiar, acredita que sofrerá retaliação por parte do governo?
Não acredito nisso. Em nenhum momento, houve qualquer pedido por parte do Executivo para que eu não assinasse a CPI. O governo já deve ter tomado providências para investigar todas as ações que estão sendo questionadas, que é exatamente o que estamos fazendo na Câmara.

Comentários para "“Não pode ser encarada como instrumento de ataque ao governo”, diz distrital Jaqueline Silva sobre a CPI da Pandemia":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório