×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 24 de janeiro de 2022

O famoso jornalista que pediu desculpas antes de morrer

O famoso jornalista que pediu desculpas antes de morrerFoto: Reprodução

Gilberto Dimenstein demonstrou arrependimento público sobre discussão online com o apresentador Marcelo Tas

Jeff Benício - Portal Terra - 29/05/2020 - 17:20:45

Um dos mais respeitados jornalistas do Brasil, Gilberto Dimenstein morreu na manhã desta sexta-feira (29), aos 63 anos, em consequência de metástase de câncer. Comandava o portal Catraca Livre, criado por ele em 2009. Trabalhou por 28 anos na Folha de S. Paulo, onde publicou matérias vencedoras de prêmios e transformou o próprio nome em grife jornalística.

Dimenstein dedicou a maior parte de sua carreira ao tema da educação: "Conhecimento em primeiro lugar"

No início de março deste ano, debilitado por conta da quimioterapia e consciente da ineficácia do tratamento, Dimenstein fez um post no Twitter para se desculpar com Marcelo Tas. Os dois haviam travado discussão áspera meses antes na mesma rede social.

O motivo do desentendimento foram críticas do apresentador do programa Provocações, da TV Cultura, ao jornalista Glenn Greenwald, do site Intercept Brasil, onde foi publicada a série de matérias VazaJato, a partir do vazamento de mensagens entre integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato e o então juiz Sergio Moro.

Gilberto Dimenstein ✔@GDimenstein

Caro @MarceloTas Como vc deve saber, estou numa guerra contra o câncer. Antes que seja tarde demais, gostaria de dizer que um dos meus arrependimentos foi a nota que fiz sobre você. Foi errado. Tenho muita admiração por você. Abs

18.4K

7:08 AM - Mar 4, 2020

Twitter Ads info and privacy

1,707 people are talking about this

Em resposta, Marcelo Tas agradeceu o tweet. "Admiro sua grandeza em reconhecer o erro, todos nós os cometemos. O assunto está superado. Receba meu afeto e desejo de saúde. Abração", escreveu.

O jornalista em geral — seja isento, de direita ou esquerda — carrega a fama de arrogante. Compreensível. A maioria dos repórteres, editores, produtores e âncoras acredita ter missão especial no mundo. Comportam-se como seres superiores. Raramente se vê um profissional de imprensa pedir desculpas, muito menos quando ostenta status e poder.

Como o próprio Gilberto Dimenstein revelou em entrevista menos de três meses antes de morrer, o câncer o mudou de tal maneira que permitiu se redimir de falhas com incrível leveza de espírito. Atitude nobre e libertadora. Um belo último exemplo de hombridade.

Em 2012, quando foi entrevistado por Antônio Abujamra (1932-2015) no Provocações, o comunicador falou a respeito de seu maior desejo enquanto cidadão. "O Brasil só vai ser um País realmente civilizado, importante, um País que voa, quando a elite, os políticos, a sociedade colocarem a ideia do conhecimento, da educação, como uma questão de vida e morte. Eu queria morrer, queria ir embora com a sensação de que o Brasil é um lugar que coloca a importância do conhecimento em primeiro lugar."

A última mensagem de Gilberto Dimenstein no Twitter , em 16 de maio, foi o registro da morte do também jornalista Luiz Maklouf Carvalho, igualmente vitimado por um câncer.

Comentários para "O famoso jornalista que pediu desculpas antes de morrer":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Hipopótamos ganham nova vida no Zoológico de Brasília

Hipopótamos ganham nova vida no Zoológico de Brasília

Após reforma, os mamíferos contam com área sete vezes maior que o recinto anterior

Evento de rock promete reunir mil músicos em Brasília

Evento de rock promete reunir mil músicos em Brasília

Rockin’1000 é a reunião de mil músicos profissionais e amadores que, juntos, irão executar uma seleção de músicas de Rock Nacional e Internacional.

Cine Itapuã, no Gama, mais perto de ser devolvido ao público

Cine Itapuã, no Gama, mais perto de ser devolvido ao público

Estão sendo investidos R$ 463 mil; reforma vai pôr fim a 18 anos de descaso com o espaço que é parte da história da cultura no DF

Plataforma digital da Biblioteca Nacional de Brasília entra em operação

Plataforma digital da Biblioteca Nacional de Brasília entra em operação

Repositório institucional já disponibiliza a Coleção BNB, com o registro de mais de 70 itens sobre a biblioteca

‘O Caixeiro da Taverna’ abre Curso Internacional de Verão

‘O Caixeiro da Taverna’ abre Curso Internacional de Verão

Ópera foi apresentada na noite de domingo (16), no Teatro Levino de Alcântara

Cultura popular é tema de festival; confira outras atrações

Cultura popular é tema de festival; confira outras atrações

Boi do Seu Teodoro é homenageado no Festival Via Satélite

Colônia de Feras do Zoológico de Brasília foi cancelada

Colônia de Feras do Zoológico de Brasília foi cancelada

Anteriormente programado para o período de 18 a 28 deste mês, evento foi suspenso por causa da covid-19

Eduardo e Mônica se amam no Cine Brasília

Eduardo e Mônica se amam no Cine Brasília

“Eduardo e Mônica” recebeu o prêmio de “Melhor Filme Estrangeiro” no Festival de Cinema de Edmonton, no Canadá, que tradicionalmente seleciona filmes que se credenciam ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro

Cartilha orienta sobre quesitos cor, raça e etnia

Cartilha orienta sobre quesitos cor, raça e etnia

Dados coletados deverão ser enviados periodicamente à Sejus, pasta responsável pelas ações de promoção da igualdade racial no DF

Espetáculo ‘Dança, Brasília, Dança’ estreia no Youtube

Espetáculo ‘Dança, Brasília, Dança’ estreia no Youtube

Série destaca quatro vídeos trazendo trabalhos e entrevistas com 15 coreógrafos e coreógrafas que se destacaram, em 2021, no CCBB

Passageiros das estrelas no Planetário de Brasília

Passageiros das estrelas no Planetário de Brasília

Uma média diária de quase mil pessoas tem visitado o espaço neste período de férias. Moradores do DF e turistas contam suas experiências no espaço