×
ContextoExato
Responsive image

O pior é o presidente da Funarte não acredita mesmo que a Terra seja redonda

O pior é o presidente da Funarte não acredita mesmo que a Terra seja redondaFoto: Tribuna da Internet

Dante Mantovani só falta acreditar na mula sem cabeça

Pedro Do Coutto -tribuna Da Internet - 04/12/2019 - 09:21:47

Reportagem Jan Niklas, Luiza Barros e Maria Fortuna, O Globo de terça-feira, destaca firmemente o conteúdo das mensagens que o maestro Dante Mantovani colocou nas redes sociais atacando o rock dizendo que ele é coisa do diabo. Ativa o sexo e em consequência a indústria do aborto. A conjugação desses fatores, disse o maestro, conduz ao satanismo. Uma sequência de absurdos, como dizer que a Terra não é redonda e as fotografias da NASA são desenhos, maluquices que preocupam, principalmente porque Mantovani foi nomeado presidente da Funarte, substituindo Miguel Proença, um dos maiores pianistas do mundo.

Como a Funarte é justamente a instituição federal encarregada de comandar a política de incentivo às artes de maneira geral, as declarações explodiram como uma bomba nos meios culturais do país.

CONSPIRAÇÃO – Mantovani, de apenas 35 anos, ataca o que chama de aberrações sonoras e vê conspiração internacional na cultura.

Uma coisa chama ainda mais atenção no meio de tantas afirmações espetaculosas: quando ele diz que a antiga União Soviética infiltrou agentes nos Estados Unidos para realizar experimentos com certos discos para crianças.

Acrescenta que existem indícios em larga escala de ações para injetar LSD (ácido lisérgico) no festival de Woodstock realizado em 1968. Em seguida uma afirmação ainda mais chocante e misteriosa, dizendo que a oferta de LSD foi feita pela CIA, a Central de Inteligência americana. E a seguir na sua estrada marcada por absurdos, disse que havia agentes soviéticos atuando na própria CIA.

IMPRESSIONISTAS – Cabe a pergunta: Se a CIA não sabia dessas infiltrações, como seria possível que Dante Mantovani soubesse, se ainda nem tinha nascido? O certo é que, no setor cultural, verificam-se nos últimos dias uma torrente de opiniões impressionistas, como, por exemplo, a de Sérgio Nascimento de Camargo, nomeado para a Fundação Palmares, que tem a seu cargo a tarefa de promover a cultura afro-brasileira.

Muito bem. O que disse textualmente Camargo? Assinalou que a escravidão foi benéfica para os descendentes de escravos. Disse que não existe racismo no país. Essas afirmações de Camargo provocaram uma onda de indignação pelo país.

Não era para menos. Tais afirmações dos dirigentes empossados causaram estarrecimento geral.

ELES ACREDITAM… – Mas falei no título que o pior da ópera é que os autores dessas afirmações acreditam mesmo no que estão falando. Por isso, os leitores devem analisar os ´posicionamentos como verdadeiros e não como forma de promover alinhamentos na direita governamental.

Isso ainda é pior. Como O fato que aconteceu nas eleições americanas de 1964. O candidato republicano Barry Goldwater foi a televisão e disse que, se eleito, lançaria uma bomba atômica na China e acabaria dessa forma com a guerra do Vietnã.

Lyndon Johnson imediatamente foi aos canais de televisão. E disse o seguinte: não pensem que meu adversário disse isso apenas para agradar o eleitorado republicano. Ele pensa exatamente isso, e se eleito cometeria tal desatino.”

Comentários para "O pior é o presidente da Funarte não acredita mesmo que a Terra seja redonda":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório