×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 20 de setembro de 2021

ONU diz que adaptação e resiliência requerem 50% do financiamento global para o climaFoto: Pnud Costa Rica

ONU diz que adaptação e resiliência requerem 50% do financiamento global para o clima

Secretário-geral alerta que valor grupo de nações pode subir mais do triplo para US$ 300 bilhões anuais até 2030; Timor-Leste integra fórum que discute financiamento; Guterres deverá abordar tema com ministros do G-20

Portal Onu News De Noticias - 09/07/2021 - 14:50:08

As Nações Unidas participaram esta quinta-feira na primeira Cimeira de Finanças dos Países Vulneráveis ao Clima. Timor-Leste é o único membro de língua portuguesa do Fórum de Vulnerabilidade ao Clima, que reúne 48 nações.

Na abertura do evento, o secretário-geral António Guterres pediu equilíbrio na atribuição de recursos de economias mais avançadas para mitigação e adaptação climática das nações em desenvolvimento.

Resiliência

A proposta do líder das Nações Unidas é que 50% do financiamento climático global de países desenvolvidos e bancos multilaterais sejam investidos para adaptação e resiliência em economias em desenvolvimento.

Para o chefe da ONU, é preciso facilitar e acelerar o acesso aos fundos climáticos. O secretário-geral apelou os países mais ricos a promover avanços na adaptação, ao realçar que apenas US$ 16,7 bilhões, ou 21% do financiamento são alocados para essa área e para a resiliência.

Zonas costeiras do Pacífico estão entre as mais vulneráveis do mundo

Zonas costeiras do Pacífico estão entre as mais vulneráveis do mundo

Os custos de adaptação para os países em desenvolvimento são atualmente de US$ 70 bilhões anuais. De acordo com as Nações Unidas, o valor pode chegar a US$ 300 bilhões até 2030.

Confiança

Este grupo de países também precisa garantir que sua ambição será satisfeita com o apoio necessário em níveis financeiro e técnico.

Para reconstruir a confiança, Guterres defende que economias desenvolvidas deixem claro como os US$ 100 bilhões de fundos climáticos anuais serão enviados ao mundo em desenvolvimento, como prometido há mais de uma década.

Guterres disse ainda que a solidariedade começa com a atribuição desse montante. Outra necessidade é de um plano claro para atingir a meta até 2025, um assunto que será enfatizado aos ministros de Finanças do G-20 nesta sexta-feira.

O secretário-geral destacou que o mundo vive um ano decisivo, ao assegurar total apoio das Nações Unidas ao fórum para restaurar a cooperação entre governos e se recuperarem da pandemia de forma inclusiva, com baixo teor de carbono e resilientes ao clima.

Secretário-geral destacou apoio das Nações Unidas ao fórum que inclui Timor-Leste

Secretário-geral destacou apoio das Nações Unidas ao fórum que inclui Timor-Leste

Comentários para "ONU diz que adaptação e resiliência requerem 50% do financiamento global para o clima":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório