×
ContextoExato
Responsive image

Penitenciária da Papuda registra 67 casos de coronavírus

Penitenciária da Papuda registra 67 casos de coronavírusFoto: Secretaria de Segurança Pública do DF

Agentes da Vigilância Ambiental fazem desinfecção do CDP, no Complexo Penitenciário da Papuda

G1df - 17/04/2020 - 20:51:34

Segundo Sesipe, 40 detentos e 27 policiais penais testaram positivo para vírus. Suspensão das visitas, que iria até esta sexta (17), foi prorrogada para 24 de abril.

Um levantamento divulgado pela Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal (Sesipe), nesta sexta-feira (17), mostra que a Penitenciária da Papuda tem 67 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. O balanço anterior, da última quarta-feira (15), mostrava um total de 63 pessoas contaminadas.

Segundo a Sesipe, até as 18h desta sexta, 27 policiais penais seguem com teste positivo para o coronavírus e um se encontra recuperado. Em relação aos presos, 40 estão com o vírus e um se recuperou.

O governo do Distrito Federal afirma que não há registros de casos graves entre os infectados. Mas a suspensão de visitas ao presos, que iria até esta sexta, foi prorrogada até o dia 24 de abril.

Entre as ações para prevenir a pandemia, a subsecretaria explica que tomou as seguintes medidas:

  • Avaliação médica e aplicação de testes rápidos para diagnóstico do vírus em todos os 332 internos e 126 agentes da ala em que os primeiros casos foram detectados. Destes casos, 13 testaram positivo;
  • Consultórios específicos, com médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde foram montados nas unidades prisionais para avaliar suspeitas de coronavírus;
  • Instalação de hospital de campanha no Complexo da Papuda;
  • Afastamento e isolamento de todos os agentes penais e reeducandos que estiverem com a doença;
  • Higienização diária das celas com Hipoclorito de Sódio, componente da água sanitária;
  • Banho de sol em separado e por mais tempo;
  • Limitação das transferências de pessoas presas – homens e mulheres – da Divisão de Controle e Custódia de Presos (DCCP), localizada na sede da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), no Parque da Cidade, para o Centro de Detenção Provisória (CDP) ou Penitenciária Feminina do Distrito Federal (PFDF), para só uma vez por semana. Anteriormente, eram feitas duas vezes por semana;
  • Intensificação das triagens de internos que chegam às unidades prisionais, com vacinação e avaliação médica realizada pela equipe de saúde;
  • Implementação da quarentena de 14 dias aos presos recém-chegados ao CDP e a PFDF. Somente após este período eles são encaminhados para a convivência comum com outros presos;
  • Encaminhamento ao hospital e isolamento em cela separada de qualquer interno que apresente sintomas da doença. Os direcionamentos são feitos pela equipe medica da unidade prisional;
  • Idosos das seis unidades prisionais do DF foram transferidos para o CDP, exceto mulheres internas da PFDF, e estão isolados da massa carcerária;
  • Higienização de celas e viaturas reforçada. Cartilhas e material informativos foram distribuídos a servidores. As informações foram repassadas aos reeducandos;
  • Servidores da Sesipe só realizam Serviço Voluntário de Execução Penal (SVEP) em suas unidades de origem;
  • Orientações dos profissionais da Secretaria de Saúde do DF (SES), específicas para o ambiente carcerário, por meio de palestras e vídeos enviados por meio de WhatsApp.

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

Comentários para "Penitenciária da Papuda registra 67 casos de coronavírus":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório