×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 28 de junho de 2022

Pesquisadores usam leite materno contra Covid-19 em imunossuprimido

Pesquisadores usam leite materno contra Covid-19 em imunossuprimidoFoto: © Elza Fiúza/Arquivo/Agência Brasil

Doadora estava vacinada; pesquisa foi publicada em periódico médico

Por Camila Boehm – Agência Brasil - São Paulo - 08/06/2022 - 09:01:52

Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) realizaram tratamento de pessoa infectada por covid-19 utilizando leite materno de uma doadora vacinada contra o SARS-CoV-2. O paciente tratado apresentava imunodeficiência, o que faz com que seu sistema imunológico seja incapaz de combater vírus e outros patógenos. O caso foi publicado em artigo em revista científica.

De acordo com a pediatra Maria Marluce dos Santos Vilela, professora da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp e uma das autoras do artigo, essas intervenções terapêuticas ajudam muito os pacientes que não produzem anticorpos.

“Precisamos ampliar este estudo com mais pacientes portadores da mesma situação deste paciente para confirmar o grande benefício desta modalidade de reposição de anticorpos. Nossa impressão é que auxilia os pacientes com covid prolongada e com imunodeficiência”, disse.

A pesquisadora explicou que o fato desse paciente não produzir anticorpos nem da classe IgG - que predomina no sangue - nem da classe IgA - que predomina nas secreções do aparelho respiratório, aparelho gastrointestinal e no leite materno - o deixa muito vulnerável a ter infecções repetidas e até mesmo infecção crônica ou prolongada, como aconteceu neste caso com o vírus da covid-19. Segundo o artigo, o paciente permaneceu mais de 120 dias com o vírus ativo em seu corpo.

“Ajudamos a eliminar o vírus SARS-CoV-2 fazendo a reposição dos anticorpos que ele não produzia, através da transfusão de plasma humano de convalescente de covid-19 [transfusão de anticorpos de pessoas já curadas] e depois oferecemos leite de mãe vacinada para covid-19, que é muito rico em IgA específico para a doença”, contou.

Primeiro foi realizada a transfusão do plasma humano, o que levou à melhora dos sintomas e à queda de marcadores inflamatórios no sangue. No entanto, exames ainda identificavam infecção por covid-19 mesmo após 15 dias. Além disso, o paciente apresentava sintomas leves.

Diante disso, a equipe decidiu fazer a experiência de reposição de IgA por meio do leite materno de uma doadora vacinada contra o SARS-CoV-2. Após o tratamento, o teste para detectar a doença deu negativo depois de uma semana, além de outros exames feitos com maiores intervalos que não detectaram mais a presença do vírus.

Com o resultado, o artigo conclui que os anticorpos secretados por IgA e IgG presentes no leite materno podem ser úteis para tratar a infecção persistente por SARS-CoV-2 em pacientes imunodeficientes



Comentários para "Pesquisadores usam leite materno contra Covid-19 em imunossuprimido":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Em 10 anos, inteligência artificial pode ter sentimento, diz executivo

Em 10 anos, inteligência artificial pode ter sentimento, diz executivo

Curitiba sedia Viasoft Connect, evento de inovação

Cibercriminosos passam mais tempo em redes de pequenas empresas

Cibercriminosos passam mais tempo em redes de pequenas empresas

Segurança cibernética precisa cobrir os sistemas utilizados fora do escritório

Messi e Neymar do PSG unem forças com Jay Chou para redefinir a arte e a caridade no metaverso

Messi e Neymar do PSG unem forças com Jay Chou para redefinir a arte e a caridade no metaverso

Quem é Jay Chou?

Dia Internacional de Combate ao Discurso de Ódio ressalta ameaças atuais

Dia Internacional de Combate ao Discurso de Ódio ressalta ameaças atuais

ONU destaca que discurso de ódio se tornou um dos métodos mais frequentes para difundir retóricas e ideologias que causam divisão

Geração Millennial é tão suscetível a golpes virtuais quanto idosos

Geração Millennial é tão suscetível a golpes virtuais quanto idosos

Idosos têm maiores perdas porque seu patrimônio e renda são maiores

Pais homoafetivos usam a internet para naturalizar novas formações familiares

Pais homoafetivos usam a internet para naturalizar novas formações familiares

Conscientização, inspiração e quebra de tabus

Livro de pesquisadora italiana investiga a ciência de dados

Livro de pesquisadora italiana investiga a ciência de dados

Ciência de dados beneficia área científica e mercado corporativo

Experiência internacional inspira aceleração do uso de veículos elétricos no Brasil

Experiência internacional inspira aceleração do uso de veículos elétricos no Brasil

Caso de sucesso internacional vira referência

Só vai sobreviver à transformação digital quem subverter a ordem!

Só vai sobreviver à transformação digital quem subverter a ordem!

A urgência para conseguir profissionais leva muitas empresas a contratar “os melhores” ainda em treinamento nos cursos de capacitação

Mudança climática revela seres semelhantes a caranguejos debaixo do gelo da Antártica

Mudança climática revela seres semelhantes a caranguejos debaixo do gelo da Antártica

Cientistas encontraram um enxame de artrópodes quase meio quilômetro abaixo da superfície da Antártica enquanto estudavam o impacto da mudança climática no continente.

Brasil lidera ranking entre os povos que mais acreditam na ciência, diz pesquisa

Brasil lidera ranking entre os povos que mais acreditam na ciência, diz pesquisa

Pesquisa realizada pela 3M, aponta que 92% dos brasileiros confiam na ciência e 90% nos cientistas