×
ContextoExato

Porteiro mentiu ao citar Bolsonaro em depoimento, diz Ministério Público do Rio de Janeiro

Porteiro mentiu ao citar Bolsonaro em depoimento, diz Ministério Público do Rio de JaneiroFoto: Reprodução/Google Street View

Promotoria confirmou que áudios e planilhas comprovam que ligação não foi para a casa do presidente e que entrada foi autorizada por Ronnie Lessa

último Segundo - 31/10/2019 - 09:56:40

O Ministério Público do Rio de Janeiro confirmou nesta quarta-feira (30) que o porteiro do condomínio Vivendas da Barra , na zona Oeste do Rio, mentiu ao citar o presidente Jair Bolsonaro em depoimento à Polícia Civil do Rio. A promotoria fez a checagem dos áudios e planilhas e também confirmou que a ligação não foi para casa de Bolsonaro, sendo que quem permitiu a entrada do ex-PM Élcio de Queiroz foi Ronnie Lessa .

De acordo com a coordenadora do Gaeco , Simone Sibilio, a mentira do porteiro pode ter sido por vários motivos, mas esses motivos ainda serão investigados.

Para fazer a checagem, o áudio do interfone do condomínio foi cruzado com outro áudio de Lessa pelo MP para comprovar que aquela era a voz dele. Além disso, o horário batia com o que constava na planilha de entrada no Vivendas da Barra.

“Todas as pessoas que prestam falsos testemunhos podem ser processadas”, disse a coordenadora. “Se ele esqueceu, se ele mentiu... qualquer coisa pode ter acontecido. Ele pode esclarecer. Simples assim.”

Hoje mais cedo, o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro , filho 02 do presidente, publicou em seu perfil no Twitter um vídeo no qual mostra os registros de chamada da portaria do condomínio. Na gravação ele negou que Élcio Queiroz, suspeito de envolvimento no assassinato de Marielle , tenha sido autorizado a entrar nas dependências por alguém da casa 58, que pertence a Jair Bolsonaro.

Leia também: Senadores pedem que porteiro do caso Marielle se torne testemunha protegida

Leia mais: Carlos Bolsonaro divulga áudio de portaria de condomínio de Bolsonaro

Comentários para "Porteiro mentiu ao citar Bolsonaro em depoimento, diz Ministério Público do Rio de Janeiro":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório