×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de outubro de 2021

Presidente do STF, Luiz Fux marca para 25 e 26 de outubro a audiência pública sobre o juiz de garantias

Presidente do STF, Luiz Fux marca para 25 e 26 de outubro a audiência pública sobre o juiz de garantiasFoto: Fellipe Sampaio/Divulgação/STF

A audiência pública será transmitida pela TV Justiça e pela Rádio Justiça

José Carlos Werneck - Tribuna Da Internet - 26/09/2021 - 07:30:31

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, marcou para os dias 25 e 26 de outubro a audiência pública que irá debater a implementação da figura do juiz de garantias, o acordo de não-persecução penal e os procedimentos de arquivamento de investigações criminais previstos no Pacote Anticrime (Lei 13.964/2019).

A audiência, que será realizada por videoconferência, terá a participação de membros do poder público e da sociedade civil com conhecimento sobre os temas, que são objeto das Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADI) 6298, 6299, 6300 e 6305.

ATUA NA INVESTIGAÇÃO – Na prática, os processos penais passam a ter um acompanhamento por dois juízes. O juiz de garantias se responsabilizará na parte investigativa, enquanto a análise, o julgamento e as sentenças permanecem sob a responsabilidade de outro magistrado.

O resultado será uma seleção das funções jurisdicionais, na investigação e no julgamento. Faz parte do dever do juiz de garantias, por exemplo, decidir sobre prisão provisória, sobre assuntos como os que envolvem impostos, bancos, dados telefônicos, e também sobre fases de busca e apreensão.

A operação Lava-Jato serve de exemplo dessa divisão de tarefas, porque à época foi criado um grupo de trabalho para ajudar nas investigações, com membros do Ministério Público Federal.

ADIAMENTO – A audiência, inicialmente agendada para março de 2020, foi adiada por causa da pandemia da covid-19 e da necessidade de readequação dos trabalhos do STF, sendo os debates suspensos. No despacho, que trata do assunto, o ministro explica que os 66 participantes já habilitados devem confirmar o interesse na participação nas audiências públicas até o dia 3 de outubro e que a não confirmação acarretará a exclusão do interessado.

Outras entidades públicas e privadas ainda não habilitadas, especialmente instituições acadêmicas e grupos representativos da sociedade civil, igualmente terão até 3/10 para pleitear participação nas audiências públicas.

SELEÇÃO – Os novos participantes serão selecionados segundo os critérios de representatividade, especialização técnica, expertise e diversidade de opiniões, com paridade de pontos de vista a serem defendidos.

A relação final dos inscritos habilitados estará disponível no portal eletrônico do Supremo Tribunal Federal a partir de 8 de outubro.

A audiência pública será transmitida pela TV Justiça e pela Rádio Justiça

Comentários para "Presidente do STF, Luiz Fux marca para 25 e 26 de outubro a audiência pública sobre o juiz de garantias":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
CPI da Covid-19 pede punição de Jair Bolsonaro no relatório final

CPI da Covid-19 pede punição de Jair Bolsonaro no relatório final

Donald Trump: Brasil 'é sortudo' por ter Bolsonaro

Eduardo Braga usa CPI como palanque para 2022 e Wilson Lima vê sabotagem contra seu governo

Eduardo Braga usa CPI como palanque para 2022 e Wilson Lima vê sabotagem contra seu governo

Wilson Lima e Eduardo Braga devem disputar o Governo do Estado nas eleições de 2022

Marcelo Ramos vota contra PEC dos Precatórios e defende pagamento integral aos professores

Marcelo Ramos vota contra PEC dos Precatórios e defende pagamento integral aos professores

Vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos, é autor da Lei que destina 60% do Fundef aos profissionais da educação

Com protesto na porta, Queiroga dá palestra sem público em faculdade de Lisboa

Com protesto na porta, Queiroga dá palestra sem público em faculdade de Lisboa

Desde cedo a polícia marcou presença no local, mas não houve incidentes.

Tribunal de Contas da União quer inspecionar Palácio do Planalto sobre orçamento secreto

Tribunal de Contas da União quer inspecionar Palácio do Planalto sobre orçamento secreto

Diferentemente de uma investigação formal do Ministério Público ou da Polícia Federal, porém, o tribunal não pode apreender computadores ou tomar depoimentos.

Vacina não dá Aids: Depois do Facebook, Youtube também retira do ar live de Bolsonaro

Vacina não dá Aids: Depois do Facebook, Youtube também retira do ar live de Bolsonaro

Jair Bolsonaro (sem partido): live removida do Facebook e do You Tube por propagar mentiras

Renan Calheiros pede expulsão de Bolsonaro de redes sociais

Renan Calheiros pede expulsão de Bolsonaro de redes sociais

Petrobras questiona governo federal sobre existência de estudos para privatização

Guedes: Como pode o país que menos polui ser o mais agredido internacionalmente?

Guedes: Como pode o país que menos polui ser o mais agredido internacionalmente?

Quando pegamos os fluxos de poluição, o Brasil tem 1,7%, a Europa tem 15%, os Estados Unidos têm 15% e a China tem 30%.

Deputados apresentam notícia-crime contra Bolsonaro por live sobre aids e vacina

Deputados apresentam notícia-crime contra Bolsonaro por live sobre aids e vacina

A afirmação mentirosa foi desmentida por cientistas de todo o mundo. O vídeo foi retirado do ar pelo Facebook e pelo Instagram.

Bolsonaro e Guedes convocam imprensa e atacam Lula e Pacheco em tentativa de conter crise

Bolsonaro e Guedes convocam imprensa e atacam Lula e Pacheco em tentativa de conter crise

"A gente vai sair junto, fica tranquilo. Bem lá na frente", disse Bolsonaro sobre ele e Guedes

Julgamento da chapa presidencial será despedida de corregedor do TSE

Julgamento da chapa presidencial será despedida de corregedor do TSE

A tendência é de que os processos sejam arquivados, mas a tramitação é mais um elemento de desgaste para o governo.