×
ContextoExato
Responsive image

Programação digital marca comemoração dos 60 anos de Brasília

Programação digital marca comemoração dos 60 anos de BrasíliaFoto: Elza Fiúza/Agência Brasil

Parte da celebração migrou para internet

Por Felipe Pontes – Agência Brasil - Brasília - 21/04/2020 - 09:14:15

Com o distanciamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus, a festa prevista na Esplanada dos Ministérios para comemorar os 60 anos de Brasília, completados hoje (21), acabou sendo adiada pelo governo do Distrito Federal, mas boa parte da celebração migrou para a internet.

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (Secec), por exemplo, montou uma programação com 15 horas de apresentações online somente com artistas locais, no festival Cantando para Brasília (programação abaixo).

Também nesta terça (21), de modo completamente digital, começa o 7º Festival Internacional de Cinema de Brasília (BIFF, na sigla em inglês), focado na produção de jovens diretores e que conta com uma mostra competitiva de oito longas-metragens inéditos, entre brasileiros e estrangeiros.

Somando-se à programação online, segue em andamento o festival cultural No Seu Quadrado, com mais de 200 apresentações artísticas e 70 atividades informativas. São representadas as linguagens de audiovisual, artes visuais, circo, dança, fotografia, gastronomia, literatura, música e performance, entre outras. Há também atividades infantis como contação de histórias e teatro infantil.

O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), por sua vez, preparou uma playlist especial em homenagem aos 60 anos de Brasília. São 60 músicas de artistas que marcaram a cena cultural da cidade, com nomes como Legião Urbana, Plebe Rude, GOG e Natiruts, entre os mais antigos, e Rios Voadores, Letícia Fialho e Ellen Oléria, entre os mais recentes. Acesse a playlist aqui.

Confira abaixo a programação:

Cantando para Brasília

O festival Cantando para Brasília começa às 10h com uma missa celebrada pelo arcebispo de Brasília, dom Sérgio da Rocha, e se segue até as 23h, quando está previsto o término da última apresentação, da banda Barão e Mauá.

Durante a manhã, a programação conta com a leitura de contos voltados ao público infantil, em parceria com o programa Mala de Livros. Às 11h30, a escritora e contadora de histórias Fátima Venzi lerá pela primeira vez sua história “A menina e o Ipê Amarelo”, e a partir do meio-dia será contada a história de pioneiros por Maria Bonita, da Vila Planalto.

A programação musical começa às 13h com o cantor Vinícius de Oliveira e segue por 15h de atrações musicais, incluindo ritmos como samba, axé, forró, pop rock, MPB e sertanejo. As transmissões serão feitas pelo Instagram.

Veja a programação* completa:

10h: missa celebrada pelo Arcebispo Brasília, dom Sérgio da Rocha

Transmissão ao vivo no canal da Arquidiocese de Brasília no Youtube

Contação de histórias (para crianças) – parceria Programa Mala do Livro

Perfis no Instagram

11h30: A menina e o Ipê Amarelo – @fvenzi

12h A história dos Pioneiros – @mariabonitacerrado

Festival Cantando para Brasília – 60 Anos

Perfis das atrações musicais no Instagram

13h às 13h40: Vinícius Oliveira – @viniciusdeoliveiraoficial

13h40 às 14h20: Túlio Borges – @tulio_borges

14h20 às 15h: Milsinho – @milsinhooficial

15h às 15h40: Luciano Ibiapina – @luciano_ibiapina_oficial

15h40 às 16h20: Renata Jambeiro – @renatajambeirooficial

16h20 às 17h: Roni & Ricardo – @roniericardo

17h às 17h40: Collo de Mainha – @collodemainha

17h40 às 18h20: Bebeto Cerqueira – @bebetocerqueira

18h20 às 19h: Marcelo Sena – @cantormarcelosena

19h às 19h40: Banda Imagem – @bandaimagem

19h40 às 20h20: Dhi Ribeiro – @dhiribeirooficial

20h20 às 21h: Marcelo Café – @marcelocafeoficial

21h às 21h40: Nego Rainer – @negorainner

21h40 às 22h20: Banda Crazy – @bandacrazy

22h20 às 23h: Barão & Mauá – @baraoemaua

* Programação sujeita a alterações

BIFF

A diretora-geral e curadora do Festival Internacional de Cinema de Brasília, Anna Karina de Carvalho, chegou a cogitar o cancelamento da edição deste ano, mas ao final, em parceira com a plataforma de streaming Looke, conseguiu transferir toda a programação para a internet.

Para assistir aos filmes, basta fazer um cadastro no site do BIFF e ter acesso grátis a toda programação diária do festival. A mostra competitiva conta com filmes inéditos, entre eles, Liberté , longa mais recente do espanhol Albert Serra e vencedor do Prêmio Especial do Júri na mostra Um Certo Olhas, do Festival de Cannes.

Estará em cartaz também o polonês Corpus Christi , de Jan Komasa, um dos indicados ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro neste ano. Há ainda filmes em homenagem ao ator Kirk Douglas, falecido em fevereiro, e uma mostra especial para o público adolescente.

No Seu Quadrado

Diante do adiamento de diversos eventos culturais e o fechamento temporário de centros culturais, em decorrência das diretrizes de distanciamento social, o festival No Seu Quadrado foi criado para movimentar a cadeia produtiva da cultura no Distrito Federal, com extensa programação via internet.

Com o mote de comemorar os 60 anos de Brasília, o festival busca dar espaço virtual para artistas da cidade exporem seu trabalho e apresentarem conteúdos formativos, tudo por meio de lives transmitidas pelo Instagram. O festival, que também conta com o apoio da Secretaria de Cultura, começou em 17 de abril e segue até a próxima segunda-feira (24).

A programação completa pode ser encontrada no site do festival.

Edição: Lílian Beraldo

Comentários para "Programação digital marca comemoração dos 60 anos de Brasília":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório