×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de outubro de 2021

Projetos de deputados negros tramitam mais lentamente

Projetos de deputados negros tramitam mais lentamenteFoto: Esquerda Diário

Levantamento da UERJ analisou o desempenho de propostas feitas por parlamentares entre os anos de 2019 e 2020

Estadão Conteúdo - 20/02/2021 - 09:43:36

As proposições de deputados federais tramitam com velocidade e efetividade distintas na Câmara , a depender do grupo racial que ele faz parte. Mesmo com grandes semelhanças nos temas de que tratam, e no volume de proposições apresentadas, a efetividade na tramitação de proposições de pretos é significativamente mais baixa, segundo levantamento do Observatório do Legislativo Brasileiro (OLB), produzido pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro ( UERJ ), a partir do monitoramento do legislativo brasileiro em 2019 e 2020.

De acordo com o levantamento, os projetos dos deputados pretos entram nas comissões em proporção semelhante à dos brancos, mas têm menos relatores designados e pareceres emitidos. Os pesquisadores usaram a celeridade e o andamento de propostas para calcular uma nota de “efetividade na tramitação”. Para deputados pretos, a nota é 5,4, diante de 6,5 para brancos. “Há barreiras institucionais e políticas importantes a serem enfrentadas na Câmara por parlamentares negros, mas especialmente por aqueles que se autodeclaram pretos”, conclui o estudo.

Segundo os autores, não é a temática ou a quantidade de projetos apresentados que explica a diferença de tratamento. O porcentual de proposições de autodeclarados pretos tratando do tema “Direitos Humanos e Minorias”, poe exemplo, é 22%. Entre brancos e pardos, sobre o mesmo tema, é 17%.

“O vigor de sua atividade legislativa individual, cujo padrão é semelhante à dos brancos é incapaz de garantir que a produção desse grupo chegue a termo com a mesma velocidade empregada em propostas de outros grupos raciais”, dizem os cientistas políticos no documento. Os negros (pretos e pardos), que compõem cerca de 55,9% da população, são apenas 24,4% dos deputados federais eleitos em 2018.

Recursos

Os negros (pretos e pardos), compõem cerca de 55,9% da população, são apenas 24,4% dos deputados federais eleitos em 2018 . No ano passado, o Supremo Tribunal Federal ( STF ) determinou que a partir das eleições de 2020 os partidos deverão dividir os recursos do Fundo Eleitoral e do horário de propaganda no rádio e na TV segundo a quantidade de candidatos brancos e negros de cada sigla. O entendimento do ministro Ricardo Lewandowski antecipou a vigência da decisão do plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que havia determinado a aplicação das novas regras somente a partir das eleições de 2022.

Comentários para "Projetos de deputados negros tramitam mais lentamente":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Por que com reformas falhas e promessas não cumpridas Paulo Guedes continua no governo?

Por que com reformas falhas e promessas não cumpridas Paulo Guedes continua no governo?

Sputnik Brasil conversou com Maria Beatriz David, professora da Faculdade de Economia da UERJ, para compreender os motivos que ainda seguram o ministro da Economia, Paulo Guedes, no cargo.

Privatizar Petrobras é 'sonho distante' e 'cortina de fumaça', dizem bancos

Privatizar Petrobras é 'sonho distante' e 'cortina de fumaça', dizem bancos

Em avaliação preliminar, o Credit Suisse diz que um cenário com a Petrobras privatizada seria positivo para a estatal.

Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense defende o direito ao aborto para as vítimas de estupro

Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense defende o direito ao aborto para as vítimas de estupro

Eunice Guedes, do Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense, diz ser "importante que Ministério Público tenha levantado a possibilidade de amenizar a portaria cruel"

A ciência brasileira e seus inimigos

A ciência brasileira e seus inimigos

Paulo Guedes debocha dos milhões de miseráveis famélicos, levados a essa condição pela agenda econômica antipovo e antivida

Lançado há 2 anos, programa de Jair Bolsonaro para substituir Mais Médicos nunca abriu edital

Lançado há 2 anos, programa de Jair Bolsonaro para substituir Mais Médicos nunca abriu edital

Joice Hasselmann, Luiz Henrique Mandetta, Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão no lançamento do Médicos pelo Brasil, que ainda não saiu do papel

Quais os motivos e como amenizar impactos de possível greve de caminhoneiros no Brasil?

Quais os motivos e como amenizar impactos de possível greve de caminhoneiros no Brasil?

Caminhoneiros bloqueiam parcialmente a rodovia Castello Branco, em São Paulo, como parte de uma paralisação nacional protestando contra o alto preço do combustível e baixo valor na tabela de fretes

Indígenas Pataxó acusam latifundiário por tentativa de atropelamento no sul da Bahia

Indígenas Pataxó acusam latifundiário por tentativa de atropelamento no sul da Bahia

Segundo os indígenas, a etnia Pataxó ocupa a região há séculos

“É piada”: Caminhoneiros riem de ajuda de R$ 400 para compra de Diesel, anunciado por Bolsonaro

“É piada”: Caminhoneiros riem de ajuda de R$ 400 para compra de Diesel, anunciado por Bolsonaro

Em 2018, Brasil viveu a maior greve de caminhoneiros da sua história

Senado dos EUA nega verba para remoção de quilombolas em Alcântara

Senado dos EUA nega verba para remoção de quilombolas em Alcântara

Centro de Lançamento Espacial de Alcântara (CLA), no Maranhão

Ao completar 18 anos, o Bolsa Família beneficia 44 milhões, mas está prestes a ser desfigurado

Ao completar 18 anos, o Bolsa Família beneficia 44 milhões, mas está prestes a ser desfigurado

De acordo com o IPEA, entre 2003 e 2018 o programa reduziu em 25% a extrema pobreza no Brasil

Dois meses sem receber: Governo não paga bolsa de formação de docentes em universidade do RS

Dois meses sem receber: Governo não paga bolsa de formação de docentes em universidade do RS

Conselho Universitário (Consuni) e Conselho Estratégico (CES) aprovaram duas moções de repúdio ao MEC