×
ContextoExato

Províncias japonesas oferecem assistência multilíngue para estrangeiros afetados pelo tufão Hagibis

Assistência é para turistas e estrangeiros afetados pelo tufão

Por Nhk (conglomerado De Mídia Pública Do Japão) Tóquio - 15/10/2019 - 09:58:37

Províncias em todo o Japão promovem esforços para oferecer assistência multilíngue para residentes e turistas estrangeiros afetados pelo tufão Hagibis. Equipes de emergência continuam tentando encontrar pessoas desaparecidas no Japão depois da devastação do tufão no final de semana.

Segundo as autoridades o número de mortos agora chega a 66 pessoas.

A Associação Internacional de Miyagi instalou uma linha-direta para estrangeiros em 12 idiomas: inglês, chinês, coreano, indonésio, vietnamita, nepalês, português, espanhol, russo, tailandês, tagalo e híndi. O número telefônico é: 022-275-9990.

Já a Associação Internacional de Fukushima oferece assistência em seis idiomas: inglês, chinês, coreano, tagalo, vietnamita e português. O número telefônico é: 024-524-1316.

A província de Ibaraki, por sua vez, fornece informações em seu site na internet, a Gestão de Prevenção e Risco de Desastres, que está disponível em cinco idiomas: inglês, chinês, coreano, tailandês e português.

A Associação Internacional de Ibaraki também está reunindo pessoal para providenciar assistência em nove idiomas: inglês, chinês, coreano, tagalo, indonésio, vietnamita, tailandês, espanhol e português.

Na província de Tochigi, um centro de assistência foi montado em coordenação com a Associação Internacional de Tochigi. Seu sistema multilíngue inclui: inglês, chinês, espanhol e português. O número telefônico é: 028-67-3399. O centro de assistência estará aberto até o dia 19 de outubro, sábado, das 9h às 16h.

A associação também envia emails para cerca de três mil estrangeiros registrados em sua mailing list, oferecendo informações sobre, por exemplo, como se desfazer de bens danificados.

Comentários para "Províncias japonesas oferecem assistência multilíngue para estrangeiros afetados pelo tufão Hagibis":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório