×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de outubro de 2021

Referência para o Brasil que queremos

Referência para o Brasil que queremosFoto: Painelpolitico

Foi graças a tantas e humanas ações reflexivas de seu grande estadista que o país conseguiu avançar mais de 50 anos em cinco. Por tudo isso, precisamos retomar tão valiosa referência para construir o Brasil que queremos.

Por Dioclécio Campos Júnior-correio Braziliense - 09/05/2019 - 12:09:17

O Brasil tem como superar todos os obstáculos que se colocam à sua frente. Não são poucos nem insignificantes. Ao contrário, não param de crescer. Avolumam-se a olhos vistos. Alguns são trágicos e destrutivos, como a triste desintegração da cidadania. Outros são mórbidos e alucinatórios, como os fanatismos degradantes que contagiam a mente das pessoas.


Na verdade, o território nacional deve ser visto como o corpo do país. É um dos maiores do planeta. Além disso, e por essa mesma razão, dispõe de recursos ambientais diversificados e encantadores. São fontes da nossa incomparável riqueza natural, privilégio pouco reconhecido. A alma coletiva do corpo territorial do país é a sua população humana. Inclui todos os seres vivos dotados de uma consciência potencial que, se devidamente desenvolvida, constrói a personalidade da nação com a energia disponível no fértil meio ambiente do organismo territorial.


A sociedade brasileira não pode mais manter-se confinada ao terrível labirinto social que lhe tem sido imposto. Infelizmente, para sobreviver a tão desoladora e estressante situação, os habitantes do país distanciam-se cada vez mais da evidência das sólidas virtudes morais e éticas que integram a consciência humana e prosperam nas entranhas da alma nacional. Em outras palavras: o Brasil possui admirável corpo e virtuosa alma que, harmoniosamente unificados, podem contribuir, de forma decisiva, para a superação da tenebrosa crise que tem desalentado a maioria dos compatriotas.


Esse imenso potencial libertador, inerente ao país, é uma trajetória a ser percorrida com a convicção necessária. Para tanto, não faltam capítulos históricos que comprovem a capacidade construtiva da nação brasileira. Representam o legado de lideranças respeitáveis, claramente comprometidas com a nobre causa social que souberam abraçar com amor. São as nossas louváveis figuras humanistas cujos perfis comportamentais de qualidade devem ser sempre relembrados como referências para as novas gerações. São exemplos memoráveis para que os cidadãos adquiram o mais alto nível educacional. É a forma de mantê-los informados e mobilizados a favor do padrão de vida que requer respeitosa relação com o próximo.


Pensamentos e ideias, obras e ações do ex-presidente Juscelino Kubitschek são conteúdos históricos que devem inspirar iniciativas para libertar a alma brasileira do labirinto em que sobrevive. Durante o mandato, a frase referencial mais consistente foi o lema: “Progredir 50 anos em cinco”. Com efeito, o balanço realizado não deixa dúvida de que o avanço alcançado pelo país, durante os cinco anos de seu governo, foi até superior a 50 anos.


Juscelino não era comprometido com nenhum partidarismo fundamentalista. Provou que era dotado da sabedoria humana necessária ao exercício da função presidencial. A mudança da capital da República e Distrito Federal para a Região Centro-Oeste do país é um dos seus grandes legados históricos. É vista como a redescoberta do Brasil. De fato, a região atravessou ampla metamorfose socioeconômica e cultural para redimensionar o território nacional. Por seu lado, os criativos projetos arquitetônicos e urbanísticos de Brasília, respectivamente elaborados por Oscar Niemeyer e Lucio Costa, são a prova de que o país possui, em todos os campos de atuação, gente com nível diferenciado de inteligência capaz de promover marcantes transformações.


Na fase inicial de construção, Brasília recebeu a visita de personalidades políticas, culturais e intelectuais de vários países. O projeto mostrou-se admirável em todos os sentidos. Assim, tornou-se a cidade que, no mais curto tempo de sua história, foi reconhecida pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade. É uma obra reveladora da nossa autêntica capacidade de crescer com o dinamismo necessário.


Brilhantes pensamentos de Juscelino Kubitschek merecem destaque: 1) “Deste Planalto Central, desta solidão que em breve se transformará em cérebro das mais altas decisões nacionais, lanço os olhos mais uma vez sobre o amanhã do meu país e antevejo esta alvorada com fé inquebrantável e uma confiança sem limites no seu grande destino”; 2) “Não consigo guardar ódios no meu coração”; 3) “O perdão é a marca da grandeza, sobretudo quando se tem em vista um objetivo mais alto”.


Foi graças a tantas e humanas ações reflexivas de seu grande estadista que o país conseguiu avançar mais de 50 anos em cinco. Por tudo isso, precisamos retomar tão valiosa referência para construir o Brasil que queremos.

DIOCLÉCIO CAMPOS JÚNIOR

Médico, professor emérito da UnB, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria, membro titular da Academia Brasileira de Pediatria, é presidente do Global Pediatric Education Consortium (GPEC). E-mail: dicamposjr@gmail.com

Comentários para "Referência para o Brasil que queremos":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Mais de 200 entidades lançam documento rejeitando MP que extingue Bolsa Família e PAA

Mais de 200 entidades lançam documento rejeitando MP que extingue Bolsa Família e PAA

A MP significa o fim do PAA, instrumento que permite que o poder público adquira a produção de alimentos da agricultura familiar camponesa e doe para instituições que atendem população em situação de vulnerabilidade

PF desarticula contrabando de ouro de terras indígenas venezuelanas

PF desarticula contrabando de ouro de terras indígenas venezuelanas

Operação La Cadena cumpre 40 mandados de prisão, busca e apreensão

Covid pode ter afetado 'cérebro' de Ciro Gomes, diz Lula após pedetista atacar Dilma Rousseff

Covid pode ter afetado 'cérebro' de Ciro Gomes, diz Lula após pedetista atacar Dilma Rousseff

'Vou decidir no ano que vem', diz Lula sobre ser candidato

"O mundo perdeu a admiração pelo Brasil", diz Gilberto Gil

Um dos maiores artistas da MPB e ex-ministro da Cultura lamentou o retrocesso nacional

Após leilão fracassado, oferta permanente de petróleo é

Após leilão fracassado, oferta permanente de petróleo é "ameaça eterna" em Fernando de Noronha

O arquipélago de Fernando de Noronha é considerado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO desde 2001

Xuxa chama Bolsonaro de 'genocida' e pede que apoiadores deixem de segui-la no Instagram

Xuxa chama Bolsonaro de 'genocida' e pede que apoiadores deixem de segui-la no Instagram

“E você que é a favor da vida, assine o impeachment agora”, completou a apresentadora, ao compartilhar vídeo em que Bolsonaro reclamava por não ter conseguido ver o jogo do Santos por não estar vacinado

Ciro fala em conspiração de Lula por impeachment de Dilma, que o acusa de mentir

Ciro fala em conspiração de Lula por impeachment de Dilma, que o acusa de mentir

Em entrevista ao podcast Estadão Notícias, Ciro lembrou que nomes com os quais Lula ensaia uma reaproximação política hoje, como os emedebistas Renan Calheiros e Eunício Oliveira, patrocinaram a deposição de Dilma, tratada pelo PT como golpe.

Fascismo está na raiz do bolsonarismo, diz coordenador do Observatório da Extrema Direita

Fascismo está na raiz do bolsonarismo, diz coordenador do Observatório da Extrema Direita

Bolsonaro usou uma série de símbolos ligados ao integralismo em seu governo, como o slogan "Deus, Pátria e Família"

Invasão de guerrilheiros e atenção de 'países poderosos' na Amazônia ameaçam soberania do Brasil?

Invasão de guerrilheiros e atenção de 'países poderosos' na Amazônia ameaçam soberania do Brasil?

A Polícia Federal confirmou que estrangeiros suspeitos de ligação com dissidência das Farc estão entrando em território brasileiro devido ao avanço do garimpo ilegal de ouro. A Sputnik Brasil conversou com um especialista em questões de Defesa e Segurança para saber o que está por trás desta

Antes de receber Bolsonaro em Aparecida, Arcebispo pede país “sem mentira e fake news”

Antes de receber Bolsonaro em Aparecida, Arcebispo pede país “sem mentira e fake news”

“Para ser pátria amada, seja uma pátria sem ódio

Em vídeo: Bolsonaro é vaiado em Aparecida:

Em vídeo: Bolsonaro é vaiado em Aparecida: "genocida", "lixo", "assassino

Apesar de ter sido ovacionado por apoiadores, Jair Bolsonaro foi recebido em Aparecida (SP) com muitas vaias, sendo chamado de “genocida”, “lixo” e “assassino”