×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 04 de dezembro de 2021

Rússia é banida de eventos esportivos mundiais por quatro anos

Rússia é banida de eventos esportivos mundiais por quatro anosFoto: Deutsche Welle

Decisão deixará o país de fora dos Jogos Olímpicos de 2020 e da Copa do Mundo de Futebol de 2022. Agência Mundial Antidoping (Wada) conclui que Moscou manipulou dados laboratoriais de seus atletas.

Deutsche Welle - 09/12/2019 - 10:49:49

Atletas russos não envolvidos nas fraudes poderão participar de eventos internacionais, mas com bandeira neutra

A Rússia está banida dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 e de todos os grandes eventos esportivos mundiais por um período de quatro anos, anunciou nesta segunda-feira (09/12) a Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês).


O Comitê Executivo da Wada tomou essa decisão ao concluir que Moscou adulterou dados laboratoriais ao utilizar evidências falsas e apagar arquivos ligados aos resultados positivos de testes antidoping, que poderiam ter identificado o uso de substâncias ilegais em seus atletas.

O período de punição inclui também os Jogos Olímpicos de Inverno em Pequim, em 2020, e a Copa do Mundo de Futebol de 2022 no Catar. A decisão de banir a Rússia dessas competições foi consenso entre os membros do comitê. "A lista completa de recomendações foi aceita em unanimidade", disse um porta-voz da entidade.

A Rússia está no centro do escândalo envolvendo doping por parte de seus atletas desde 2015, quando um relatório de uma comissão independente criada pela Wada alertou para provas de dopagem em grande escala e pediu que a Federação Russa de Atletismo fosse banida da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) por desrespeitar códigos antidoping.

Vários atletas russos tiveram que ficar de fora dos últimos Jogos Olímpicos, e o país não pôde participar das últimas Olimpíadas de Inverno de 2018, como punição pelos casos de acobertamento promovido pelo Estado aos casos de doping nos Jogos de Inverno de 2014, na cidade russa de Sóchi. Os atletas russos puderam competir individualmente, sem representar oficialmente a bandeira de seu país.

A decisão divulgada nesta segunda-feira foi recomendada pelo comitê de análise de compliance, em resposta aos dados laboratoriais fornecidos neste ano por Moscou à entidade.

Uma das condições para a readmissão da agência antidoping russa Rusada – suspensa em 2015 em razão do escândalo, mas readmitida no ano passado – teria sido a entrega de cópias autênticas dos dados de laboratório, que acabaram sendo comprovados como adulterados.

A partir de agora, a Rusada perde novamente as suas credenciais. Caso a agência apele contra as sanções impostas pela Wada, o caso será encaminhado à Corte Arbitral do Esporte (CAS).

Assim como na última edição dos Jogos de Inverno, a punição permite que atletas russos não envolvidos nas fraudes em testes de doping participem dos principais eventos internacionais, mas sem representar sua bandeira e sem a execução do hino nacional.

Autoridades russas afirmam que a punição é injusta e falam em supostas tentativas dos países ocidentais de deter a Rússia. O ministro russo dos esportes, Pavel Kolobkov, atribuiu no mês passado as discrepâncias nos dados de laboratório a questões técnicas.

A vice-presidente da Rusada, Margarita Pakhnotskaya, afirmou que a decisão da Wada "já era aguardada" e que não foi surpresa ter sido tomada em consenso entre os integrantes do comitê, uma vez que nenhum de seus membros expressou qualquer apoio à Rússia.

RC/rtr/afp/dpa

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.

Siga a Deutsche Welle no Facebook | Twitter | YouTube
| App | Instagram | Newsletter

Comentários para "Rússia é banida de eventos esportivos mundiais por quatro anos":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Sesi conquista tetracampeonato brasileiro masculino de vôlei sentado:

Sesi conquista tetracampeonato brasileiro masculino de vôlei sentado:

Paulistas se impõem e asseguram terceiro título em cima do Vasco

Rayssa Leal se mostra animada para competir no Rio pelo último evento do ano

Rayssa Leal se mostra animada para competir no Rio pelo último evento do ano

Os principais atletas começaram a chegar à Praça Duó, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, ainda nesta quarta-feira.

WTA suspende torneios na China por situação de Peng Shuai

WTA suspende torneios na China por situação de Peng Shuai

Tenista chinesa acusou ex-vice-premiê Zhang Gaoli de abuso sexual

Justiça determina realização de novas eleições para a CBF

Justiça determina realização de novas eleições para a CBF

Nova assembleia deverá ser feita em 30 dias

Com drama, Avaí vira sobre Sampaio Corrêa e está na elite do futebol brasileiro

Com drama, Avaí vira sobre Sampaio Corrêa e está na elite do futebol brasileiro

Precisando vencer, Leão da Ilha faz 2 a 1 nos minutos finais e sobe

Brasil lidera quadro de medalhas nos Jogos Pan-Americanos Júnior

Brasil lidera quadro de medalhas nos Jogos Pan-Americanos Júnior

Depois do primeiro dia de disputas, são 10 ouros, 5 pratas e 5 bronzes

Palmeiras vence Flamengo na prorrogação e é tricampeão da Libertadores

Palmeiras vence Flamengo na prorrogação e é tricampeão da Libertadores

O Flamengo, mesmo com Arrascaeta de volta e o quarteto ofensivo completo, se enroscou na marcação do rival. Não foi capaz de encontrar as brechas na eficiente estratégia montada por Abel Ferreira.

Em campanha histórica, Yaras terminam etapa do Mundial de Rugby de 7 em 6º lugar

Em campanha histórica, Yaras terminam etapa do Mundial de Rugby de 7 em 6º lugar

As Yaras permanecem em Dubai porque nos dias 3 e 4 de dezembro vão disputar a última etapa do Circuito Mundial de Sevens Feminino de 2021.

"Mais que um jogo": Quem são os torcedores que lutam por Palmeiras e Flamengo mais democráticos

Ocupa Palestra e Flamengo da Gente são exemplos de grupos que atuam politicamente no futebol

Seleção masculina de basquete inicia novo ciclo com Gustavinho no comando

Seleção masculina de basquete inicia novo ciclo com Gustavinho no comando

Os últimos três técnicos foram estrangeiros.

Botafogo vence Brasil, conta com tropeço do Coritiba e é bicampeão da Série B

Botafogo vence Brasil, conta com tropeço do Coritiba e é bicampeão da Série B

O nono jogo de invencibilidade fez o Botafogo chegar aos 69 pontos, abrindo cinco de vantagem para o vice-líder Coritiba.