×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 30 de junho de 2022

Santa Catarina é destaque na geração de empregos no país

Santa Catarina é destaque na geração de empregos no paísFoto: Reprodução Pixabay gratuita

Ampla oferta não garante contratação imediata

Dino - Estadão Conteúdo - 18/05/2022 - 17:10:09

Santa Catarina segue sendo destaque nacional na geração de empregos formais. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) o estado gerou 167 mil novas vagas em 2021. O número é o maior já registrado por Santa Catarina que, em termos proporcionais, obteve o melhor resultado nas regiões Sul e Sudeste. No mesmo período foram gerados 2,7 milhões de novos postos de trabalho, com carteira assinada, em todo o Brasil.

Em 2022 a geração de empregos em Santa Catarina segue em alta. O estado gerou 64.038 vagas formais nos três primeiros meses do ano. O número coloca SC em segundo lugar no ranking absoluto da geração de empregos no país, ficando atrás apenas de São Paulo

Ainda de acordo com o Caged, os municípios que mais geraram empregos nesse início de 2022 no estado são Joinville, Blumenau e Itajaí. Nesta última encontra-se a Meu Rodapé, indústria que fabrica itens decorativos. 'Há muitas oportunidades na região, principalmente para as pessoas que se mostram interessadas, comprometidas e que investem em capacitação. O que percebemos também é que muitos dos nossos candidatos e funcionários não são da região. São pessoas que chegam de vários lugares, inclusive de fora do Brasil, em busca de oportunidades' explica Robson Ferreira, proprietário da empresa.

A indústria catarinense retrata esse cenário de ampla geração de empregos na região. Os dados de registro no Caged apontam que a fábrica foi de 35 funcionários em janeiro de 2021 para 94 em dezembro do mesmo ano. Em abril deste ano o número já era ainda maior, com 113 pessoas registradas.


Ampla oferta não garante contratação imediata

Emerson Antônio Alves reside em Itajaí. No começo de 2022 ficou desempregado por dois meses. Mesmo distribuindo diversos currículos, a oportunidade não aparecia. 'Foram dois meses bem difíceis. Sou casado e tenho um filho de nove anos. Nesse período minha esposa que segurou as contas de casa. Voltar ao mercado de trabalho é uma oportunidade e uma benção não só pra mim, mas para a minha família', relata o hoje auxiliar de produção na Meu Rodapé.

Com os indicadores positivos na geração de empregos, Santa Catarina tem sido destino de milhares de pessoas nos últimos anos (tanto de outros estados quanto de fora do país). O fenômeno naturalmente aumenta a competição pelas vagas. Segundo dados do Governo Federal, em 2020 o número de estrangeiros trabalhando no estado era de 37.655 (o que representa 20,8% de todos os trabalhadores estrangeiros no país).

O levantamento leva em consideração somente pessoas com carteira assinada, não contabilizando os que atuam no mercado informal ou que estão desempregados. A mesma pesquisa aponta que a grande maioria dos estrangeiros atuando no Brasil são venezuelanos ou haitianos. Estas duas nacionalidades, juntas, representam 57,2% de todos os trabalhadores imigrantes no mercado formal de trabalho brasileiro. A própria Meu Rodapé, aliás, conta com nove haitianos e uma venezuelana em seu quadro de funcionários.

Entre os setores que mais oferecem oportunidades em Santa Catarina, de acordo com os dados do Caged, o de serviços foi o de maior destaque no primeiro bimestre de 2022. Na sequência aparece a indústria, a construção e a agropecuária. O comércio foi o único a apresentar mais demissões do que contratações nos primeiros dois meses de 2022.


Website: http://www.meurodape.com


Comentários para "Santa Catarina é destaque na geração de empregos no país":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Brasil tem 3 entregas voluntárias de crianças para adoção a cada dia

Brasil tem 3 entregas voluntárias de crianças para adoção a cada dia

Dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostram que de 2020 a maio deste ano foram registradas 2.734 entregas desse tipo

Brasil perde duas crianças menores de 5 anos por dia devido à Covid-19

Brasil perde duas crianças menores de 5 anos por dia devido à Covid-19

Em 2022, até o dia 11 de junho, houve 291 mortes na mesma faixa, com uma média diária de 1,8 falecimentos.

Brasil tem pelo menos sete estupros por hora; vítimas de até 14 anos são maioria

Brasil tem pelo menos sete estupros por hora; vítimas de até 14 anos são maioria

Segundo Juliana, estudos da área apontam que a violência sexual é o tipo de violência mais subnotificada no mundo.

PJs de micro e pequenas empresas batem recorde de abertura

PJs de micro e pequenas empresas batem recorde de abertura

Pandemia também impactou na abertura e fechamento de CNPJs

Conselho federal investiga enfermeira que ameaçou vazar dados de vítima de estupro

Conselho federal investiga enfermeira que ameaçou vazar dados de vítima de estupro

Ação veio depois de denúncia pública feita pela vítima, que engravidou após abuso sexual e encaminhou bebê para adoção

ANS suspende temporariamente comercialização de 70 planos de saúde

ANS suspende temporariamente comercialização de 70 planos de saúde

Segundo a ANS, os usuários atuais dos planos suspensos não serão prejudicados e poderão usufruir do serviço normalmente.

Profissionais mais velhos relatam preconceito de empresas

Profissionais mais velhos relatam preconceito de empresas

Moraes conta que tem participado de concursos públicos e tido boas colocações

'Racismo é traço marcante da sociedade brasileira', diz Lauretino Gomes

'Racismo é traço marcante da sociedade brasileira', diz Lauretino Gomes

E, ao contrário de outros países cuja segregação era determinada por lei, no Brasil é tão estruturado que dispensa qualquer apoio legal

IBGE: Desembargador derruba liminar sobre inclusão de questão LGBT+ no Censo

IBGE: Desembargador derruba liminar sobre inclusão de questão LGBT+ no Censo

No último dia 9, o instituto informou em comunicado ter acionado a Advocacia Geral da União (AGU) para recorrer da decisão liminar

Em seis meses, Brasil já registra 130% mais mortes por dengue

Em seis meses, Brasil já registra 130% mais mortes por dengue

A incidência é de 550 casos por 100 mil habitantes. A doença é transmitida pela picada do Aedes aegypti.

Empresas reduzem embalagens e qualidade para repassar custos

Empresas reduzem embalagens e qualidade para repassar custos

A alta da inflação no Brasil nos últimos dois anos têm levado a cada vez mais empresas, de diversos setores, a adotar esse tipo de prática.