×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de maio de 2022

Universidades estudam como reduzir emissões de CO2 na atmosfera

Universidades estudam como reduzir emissões de CO2 na atmosferaFoto: Arquivo/Agência Brasil

Projeto inclui a UFRJ e será apresentado no Fórum Econômico Mundial

Por Alana Gandra - Agência Brasil Rio De Janeiro - 08/12/2019 - 17:01:02

Treze universidades de diversos países, incluindo o Brasil, participam hoje (8) e amanhã (9) da reunião da Aliança Global de Universidades sobre o Clima (GAUC, do nome em inglês), em Madri, dentro da 25º Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre as Mudanças Climáticas (COP 25).

O objetivo do encontro é conhecer as tecnologias que cada país tem disponíveis e que podem contribuir para reduzir as emissões de gás carbônico na atmosfera, disse à Agência Brasil a professora Suzana Kahn,vice-diretora do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ). Segundo a professora, com isso, pode-se ver como a tecnologia pode limitar o aquecimento global a 1,5°C, nos próximos anos.


A UFRJ é a única instituição latino-americana que integra a GAUC. A associação é liderada, atualmente, pela Universidade de Tsinghua, situada na China, que é parceira da Coppe no Centro China-Brasil de Mudança Climática e Tecnologias Inovadoras para Energia.

Projeto único

“A ideia é fazer um grande projeto único tecnológico das universidades ao redor do mundo para reduzir as emissões, para apresentar em janeiro na reunião do Fórum Econômico Mundial”, informou Suzana Kahn. De acordo com a professora, o projeto global será mostrado para investidores que possam contribuir para a concretização de uma proposta única.

O encontro, que começa neste domingo, vai desenhar o escopo desse projeto. Cada universidade contribuirá com suas próprias tecnologias, disse Suzana, que é também presidente do Comitê Científico do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas (PBMC) e coordenadora executiva do Fundo Verde da UFRJ.


Em 2007, ela integrou o grupo de cientistas do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), que recebeu o Prêmio Nobel da Paz pela dedicação a estudos sobre mudanças do clima e o aquecimento global.

Edição: Nádia Franco

Comentários para "Universidades estudam como reduzir emissões de CO2 na atmosfera":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Produção de cigarros emite mais de 80 milhões de toneladas de CO2

Produção de cigarros emite mais de 80 milhões de toneladas de CO2

Produção gera mais de 80 milhões de toneladas de dióxido de carbono, CO2

Para além do Curral, conheça outras sete serras em Minas ameaçadas pela mineração

Para além do Curral, conheça outras sete serras em Minas ameaçadas pela mineração

Além do cartão-postal de BH, importantes reservas ambientais e hídricas estão na mira ou já são alvos de exploração

Dia Mundial das Aves Migratórias combate poluição luminosa

Dia Mundial das Aves Migratórias combate poluição luminosa

Alerta ocorre no Dia Mundial de Aves Migratórias, com campanha para aumentar a informação sobre a urgência de proteção desses animais

Ecologia da China registra reviravolta histórica, diz funcionário

Ecologia da China registra reviravolta histórica, diz funcionário

O ambiente ecológico da China testemunhou uma reviravolta histórica na última década, disse Han Wenxiu, alto funcionário do Comitê Central de Assuntos Financeiros e Econômicos, nesta quinta-feira.

“Menos de 8% da Caatinga é protegida legalmente”, afirma pesquisador

“Menos de 8% da Caatinga é protegida legalmente”, afirma pesquisador

Caatinga ocupa 90% do território paraibano e é responsável por importantes processos ecossistêmicos

Energia limpa: O que são fontes de energia renovável?

Energia limpa: O que são fontes de energia renovável?

Energia das ondas e marés: a energia gerada é proveniente do aproveitamento das ondas e marés oceânicas; entre outros.

Destinação correta de resíduos feita pela InterPlayers contribui com o plantio de árvores

Destinação correta de resíduos feita pela InterPlayers contribui com o plantio de árvores

Além de árvores, prática evitou que 348 kg de materiais fossem parar na natureza, contaminando rios e oceanos

Setor de fertilizantes especiais cresce 41,8% em 2020

Setor de fertilizantes especiais cresce 41,8% em 2020

Tecnologia em fertilizantes é alternativa para estiagem e aumenta produtividade

Pessoas estão mais preocupadas com a sustentabilidade dentro do lar

Pessoas estão mais preocupadas com a sustentabilidade dentro do lar

O tema virou conceito na Semana de Design de Milão de 2021

Alto Paraíso de Goiás recebe o I Seminário Solo Vivo, realizado pelo COMDEMA

Alto Paraíso de Goiás recebe o I Seminário Solo Vivo, realizado pelo COMDEMA

O evento é gratuito, e também poderá ser acessado de forma on-line

2.800 árvores já foram plantadas em parceria com a Associação Ambientalista Copaíba

2.800 árvores já foram plantadas em parceria com a Associação Ambientalista Copaíba

Reflorestamento e desenvolvimento social