×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 30 de junho de 2022

10 artistas que emplacaram apenas uma música de sucesso

10 artistas que emplacaram apenas uma música de sucessoFoto: iStock divulgação

Ter uma carreira estável na música é bastante difícil, e esses artistas, infelizmente, não conseguiram manter o sucesso com novos trabalhos

Redação Com Agência Conversion - 18/05/2022 - 10:19:59

O mundo da música é marcado por grandes canções que se tornam atemporais e marcam gerações. Entretanto, não é sempre que seus intérpretes conseguem emplacar uma carreira bem-sucedida e estável, ficando limitados ao estigma de ser “one hit wonders”, expressão em inglês que pode ser traduzida para “cantores de um sucesso só”. Relembre conosco uma série de artistas brasileiros que conseguiram emplacar apenas um lançamento nas paradas, mas que ultrapassaram barreiras de sucesso e marcaram a música e as tendências no país.


Felipe Dylon - Musa do Verão



O cantor, de apenas 15 anos na época, conquistou o coração de várias fãs e o status de galã com seus olhos claros e seu hit “Musa do Verão”, em 2003. A canção fazia parte de seu álbum de estreia, e foi responsável por impulsionar as vendas do mesmo. Apesar do sucesso incontestável, nenhuma outra canção teve o mesmo impacto, e o cantor decidiu se dedicar à carreira de ator e apresentador, mas sem muito destaque. Dylon ainda se apresenta e tem novas músicas, mas não lança um álbum de estúdio desde 2006.



Marjorie Estiano - Você Sempre Será



Após o sucesso de sua participação na novela Malhação, a atriz Marjorie Estiano lançou seu álbum de estreia, em 2005, que teve como single de maior destaque a canção “Você Sempre Será'', vencedora do troféu de Música do Ano da premiação Melhores do Ano. Ela lançou mais dois álbuns, “Flores, Amores e Blablablá”, de 2007, e “Oito”, de 2014. Apesar da falta de sorte na carreira musical, Marjorie Estiano é uma das atrizes mais veneradas da atualidade, atuando como protagonista em novelas e séries da Rede Globo. Em 2019, ela foi indicada ao prêmio de Melhor Atriz pela série Sob Pressão no Emmy Internacional, a maior premiação de televisão do mundo.



As Meninas - Xibom Bombom



Com estreia em 1999, a canção “Xibom Bombom'' foi um fenômeno com sua letra divertida e coreografia do grupo As Meninas, que tem suas origens em Salvador, na Bahia. Formado originalmente por 8 mulheres, o seu álbum de mesmo nome, Xibom Bombom, também foi um sucesso, vendendo cerca de 400 mil cópias no Brasil. No entanto, o grupo não conseguiu superar o seu auge com os lançamentos subsequentes, e a vocalista Carla Cristina decidiu sair da banda em 2002 para se dedicar à carreira solo, sem muito sucesso. A banda de axé teve novas integrantes e diferentes formações, mas encerrou suas atividades em 2007.



Perlla - Tremendo Vacilão



Natural de Nilópolis, na região metropolitana do Rio de Janeiro, a cantora de funk melody Perlla ficou famosa pela música “Tremendo Vacilão'', em 2006. A canção se tornou uma das músicas mais tocadas no Brasil e, inclusive, entrou para a trilha sonora da novela Cobras & Lagartos, da Rede Globo. Infelizmente, esse foi o único grande sucesso da cantora, e a carreira da mesma nunca mais foi a mesma. Ao longo dos anos, a cantora mudou de gênero musical, e passou a se dedicar às canções gospel, teve um breve retorno para a música comercial, e hoje é influenciadora digital.



Jojo Toddynho - Que Tiro Foi Esse?



A música “Que Tiro Foi Esse?”, do final de 2017, foi responsável por transformar a cantora Jojo em uma verdadeira estrela da mídia brasileira. A cantora tinha apenas 20 anos na época, e teve uma das canções mais reproduzidas no país. Após seu sucesso, Jojo deixou a música um pouco de lado e tem se dedicado à carreira de apresentadora de TV. Ela foi a vencedora da 12ª temporada do reality show A Fazenda, da Record, em 2020, e atualmente, apresenta seu próprio programa para o Multishow, desde 2021, chamado Jojo Nove e Meia.



MC João - Baile de Favela



O funk “Baile de Favela'', de 2015, foi um grande sucesso no Brasil, e ditou os rumos da cena funk no estado de São Paulo. No entanto, seu intérprete MC João não conseguiu conquistar outros hits de mesmo parâmetro, apesar de outras canções com sucesso moderado. Em 2021, “Baile de Favela” voltou a ganhar destaque com as apresentações da ginasta Rebeca Andrade nas Olimpíadas de Tóquio, utilizando a canção para a sua rotina no solo. Apesar disso, o cantor de funk realizou um de seus sonhos em 2021, com a abertura de sua própria empresa e selo, com o intuito de inspirar e ajudar outros MCs a negociarem melhor seus contratos, para não serem explorados pelo mercado.



Luka - Tô Nem Aí



Lançada em 2003, a canção “Tô Nem Aí” logo conquistou o público brasileiro e transformou a cantora Luka em uma estrela. A canção fez parte da trilha sonora da novela Malhação, da Rede Globo, que foi responsável por impulsionar a música e a cantora para uma audiência maior, chegando ao topo das paradas e das músicas solicitadas às rádios. Por conta do sucesso, a música ganhou os prêmios de Música do Ano do evento Melhores do Ano de 2003 (da Rede Globo) e do Troféu Imprensa de 2004 (exibido pelo SBT).



Kaoma - Lambada (Chorando Se Foi)



O grupo Kaoma se tornou um fenômeno mundial com a canção "Lambada'', de 1989, que também ficou conhecida como “Chorando Se Foi”. A música conquistou as paradas da Europa, como Áustria, França, Suécia, Reino Unido e Noruega, e o disco da banda, Worldbeat, vendeu aproximadamente 15 milhões de cópias ao redor do globo. A banda foi alvo de um processo de plágio pela banda boliviana Los Kjarkas, por ter se inspirado na canção “Llorando se fue” sem autorização. Ambos os grupos chegaram a um acordo, e Kaoma continuou performando a canção, devidamente creditada aos bolivianos. A cantora Jennifer Lopez também sampleou a música no seu hit “On The Floor'', de 2011, que marcou seu retorno às paradas de música do mundo inteiro.



Fat Family - Jeito Sexy



Inspirados pela black music norte-americana, que tinha grandes nomes de sucesso como Whitney Houston, James Brown e muitos outros, o grupo de irmãos Fat Family logo conquistou o Brasil com sua música “Jeito Sexy”, de 1998, que é uma versão da música “Shy Guy”, da cantora jamaicana Diana King. O primeiro álbum do grupo, homônimo, foi um sucesso, mas, infelizmente, a banda jamais conquistou o mesmo sucesso de seu primeiro single, que impactou a todos e lançou a tendência da famosa dancinha do pescoço. Com o passar dos anos, o grupo passou a se dedicar à música gospel e também lidou com a perda por falecimento de dois de seus irmãos e ex-integrantes, Deise e Sidney Cipriano.



MC Leozinho - Ela Só Pensa em Beijar (Se Ela Dança, Eu Danço)



O cantor de funk melody MC Leozinho emplacou a música “Ela Só Pensa em Beijar'', no ano de 2006, alcançando o topo das paradas brasileiras. Entretanto, o carioca falhou em continuar com o sucesso e não teve novas canções liderando as paradas brasileiras. Apesar disso, o cantor continuou aparecendo na mídia como participante da segunda temporada do reality show A Fazenda, em 2009, e do quadro Super Chef Celebridades, do programa Mais Você, em 2015.



As canções e seus clipes, com o sucesso estrondoso, não influenciaram apenas a música, e ditaram a moda e as tendências em suas épocas que ultrapassaram barreiras, desde tênis femininos, modelos de roupas, bonés, penteados, cor de cabelo e também as coreografias, que marcaram as gerações que cresceram ouvindo os lançamentos.


Comentários para "10 artistas que emplacaram apenas uma música de sucesso":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Diferentes técnicas mostram possibilidades da arte NFT

Diferentes técnicas mostram possibilidades da arte NFT

Apesar de a arte digital ter uma maior intimidade com a tecnologia de NFT, artistas plásticos, fotógrafos e afins também encontram espaço para vender e expor seus trabalhos por meio da tecnologia.

Museu do Pontal ajuda a preservar arte popular brasileira

Museu do Pontal ajuda a preservar arte popular brasileira

O Museu do Pontal é um espaço que revela toda a riqueza e diversidade das raízes artísticas brasileiras.

Livro traz aplicação de 150 espécies nativas da flora brasileira

Livro traz aplicação de 150 espécies nativas da flora brasileira

Série Biodiversidade está disponível gratuitamente em versão digital

Mausoléu do Patriarca da Independência será restaurado em Santos

Mausoléu do Patriarca da Independência será restaurado em Santos

O local vai ganhar uma estátua de Bonifácio, com conceito

Com menos nudez e mais debate, 'Pantanal' volta a bater recordes

Com menos nudez e mais debate, 'Pantanal' volta a bater recordes

Durante as gravações de Matí no Pantanal, poucos profissionais foram escalados de forma a evitar superestímulos na onça

Nélida Piñon doa seu acervo para Instituto Cervantes no Rio de Janeiro

Nélida Piñon doa seu acervo para Instituto Cervantes no Rio de Janeiro

Muitos dos livros têm dedicatórias de amigos escritores

Descubra quem está por trás do hit “Acorda, Pedrinho”, que viralizou no TikTok

Descubra quem está por trás do hit “Acorda, Pedrinho”, que viralizou no TikTok

Música virou sucesso na plataforma de vídeos e já foi compartilhada por grandes celebridades

Caravana do Patrimônio Cultural percorre cidades do interior

Caravana do Patrimônio Cultural percorre cidades do interior

Estreia será no dia 20 no município maranhense de Pindaré Mirim

"Amo minhas filhas, mas não gosto tanto de ser mãe", revela Samara Felippo em livro

Caroline Dias de Freitas, CEO da DISRUPTalks, e Samara Felippo, nova autora do selo.

Turma da Mônica e WWF-Brasil lançam cartilha sobre proteção do meio ambiente

Turma da Mônica e WWF-Brasil lançam cartilha sobre proteção do meio ambiente

A publicação conta com ensinamentos sobre como recuperar o planeta após anos de agressões contra o meio ambiente.

Festival de cinema apresenta 27 filmes com temática LGBTQIA+

Festival de cinema apresenta 27 filmes com temática LGBTQIA+

Evento é online, gratuito e vai até a próxima quarta-feira