×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 20 de agosto de 2022

Anistia Internacional. Medidas de Bolsonaro 'ameaçam a vida e a dignidade das pessoas'

Anistia Internacional. Medidas de Bolsonaro 'ameaçam a vida e a dignidade das pessoas'

Foto: AGÊNCIA BRASIL

Com 5 meses de governo recém-completados, a Anistia Internacional alerta que algumas medidas de Jair Bolsonaro (PSL) representam uma ameaça à vida e aos direitos humanos.

Sputnik News - 04/06/2019 - 14:46:51

Com 5 meses de governo recém-completados, a Anistia Internacional alerta que algumas medidas de Jair Bolsonaro (PSL) representam uma ameaça à vida e aos direitos humanos.

Em entrevista à Sputnik Brasil, Jurema Werneck, diretora executiva da Anistia, elenca algumas decisões que enxerga com preocupação: a ampliação do acesso a armas, os novos rumos da política de drogas, o chamado pacote anticrime do ministro da Justiça Sérgio Moro e os ataques aos direitos dos povos indígenas.

A Anistia enviou uma carta aberta a Bolsonaro em maio. O texto traz o acompanhamento de pontos considerados sensíveis pela organização, que também pediu um encontro com o presidente.

Bolsonaro não recebeu a Anistia Internacional e encaminhou o pedido de reunião para o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. A reunião, contudo, não contou com a ministra da pasta, Damares Alves. A Anistia teve reuniões em Brasília com representantes do ministério de Damares e da Secretária de Governo.


Jair Bolsonaro ao lado de Rodrigo Maia durante encontro da equipe de transição, em 2018

© FOTO : ANTONIO CRUZ / AGÊNCIA BRASIL

Tensão entre Bolsonaro e Maia: governo mantém narrativa de 'governar elegendo inimigos'

A diretora executiva do organismo ressalta que não foi recebida por nenhum ministro ou ministra, apesar de ter solicitado diversas audiências. "Infelizmente não fomos recebidos pelo presidente, uma situação muito incomum na experiência da Anistia Internacional aqui no Brasil", afirma Jurema Werneck.


"O Brasil é um dos campeões em homicídios, principalmente homicídios de jovens negros. Boa parte do mundo está preocupada com o fato do Brasil ser o campeão em assassinatos de defensores e defensoras de direitos humanos, estão preocupados com essa tentativa de flexibilizar o acesso às armas no Brasil. Um país que já tem homicídios demais na população e também assassinatos de agentes de segurança como policiais. Tem um especialista que disse que tentar reduzir a violência com mais armas é a mesma coisa que apagar um incêndio com gasolina."

Comentários para "Anistia Internacional. Medidas de Bolsonaro 'ameaçam a vida e a dignidade das pessoas'":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
Toffoli chama de 'suicidas' empresários que teriam defendido golpe no WhatsApp

Toffoli chama de 'suicidas' empresários que teriam defendido golpe no WhatsApp

Desigualdade emperrou chegada da vacina contra a Covid-19 em regiões mais pobres do Brasil

Desigualdade emperrou chegada da vacina contra a Covid-19 em regiões mais pobres do Brasil

Número de candidaturas no DF é menor que em 2018

Número de candidaturas no DF é menor que em 2018

“Trabalho para o ACNUR porque acredito no que estou dizendo”

“Trabalho para o ACNUR porque acredito no que estou dizendo”

Vale prevê mais 13 anos para eliminar barragens como Brumadinho

Vale prevê mais 13 anos para eliminar barragens como Brumadinho

STF veta lei mais branda a condenados, mas admite em processos não julgados

STF veta lei mais branda a condenados, mas admite em processos não julgados

Canadian planeja fábrica de US$ 9 bilhões na China para fabricação de polissilício

Canadian planeja fábrica de US$ 9 bilhões na China para fabricação de polissilício

Cochilos diurnos frequentes aumentariam risco de hipertensão e AVC

Cochilos diurnos frequentes aumentariam risco de hipertensão e AVC

Atenção! A Varíola do Macaco é completamente diferente da Covid-19

Atenção! A Varíola do Macaco é completamente diferente da Covid-19

Campanha Agosto Lilás e os 16 anos da Lei Maria da Penha

Campanha Agosto Lilás e os 16 anos da Lei Maria da Penha

Vocês não estão sós: Vitória brasileira no Festival de Locarno tem recado para artistas do país

Vocês não estão sós: Vitória brasileira no Festival de Locarno tem recado para artistas do país

Debate insosso: Correio Braziliense e TV Brasília se esforçaram, mas o elenco não ajudou

Debate insosso: Correio Braziliense e TV Brasília se esforçaram, mas o elenco não ajudou

Justiça Federal cancela liminar e maior porta-aviões do Brasil não poderá voltar ao país

Justiça Federal cancela liminar e maior porta-aviões do Brasil não poderá voltar ao país

RD Congo: Uso de fake news está causando mortes, diz comandante da Missão

RD Congo: Uso de fake news está causando mortes, diz comandante da Missão

Internacionalização do PCC: Como enfrentar o avanço do 'profissionalismo de gestão' da facção?

Internacionalização do PCC: Como enfrentar o avanço do 'profissionalismo de gestão' da facção?

Datafolha: Lula tem 51% dos votos válidos contra 35% de Bolsonaro

Datafolha: Lula tem 51% dos votos válidos contra 35% de Bolsonaro

Adeus aos sacoleiros: O Brasil virou o Paraguai dos paraguaios?

Adeus aos sacoleiros: O Brasil virou o Paraguai dos paraguaios?

“Vandalismo”: Senado aprova projeto que altera área da Floresta Nacional de Brasília

“Vandalismo”: Senado aprova projeto que altera área da Floresta Nacional de Brasília

Para evitar rejeição, candidatos omitem partido na propaganda

Para evitar rejeição, candidatos omitem partido na propaganda

Recenseadores do IBGE denunciam ameaças e violência em entrevistas do Censo 2022

Recenseadores do IBGE denunciam ameaças e violência em entrevistas do Censo 2022

Vereador Gabriel Monteiro é cassado pela Câmara do Rio por quebra de decoro

Vereador Gabriel Monteiro é cassado pela Câmara do Rio por quebra de decoro