×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 09 de dezembro de 2021

Bolsonaro irritado. “Não fiz nenhum trato com ninguém sobre vetar o juiz de garantia”

Bolsonaro irritado. “Não fiz nenhum trato com ninguém sobre vetar o juiz de garantia”Foto: Agência Brasil - Pública

Bolsonaro irritado

Correio Braziliense - 27/12/2019 - 10:09:29

Durante a transmissão da live, ontem, o presidente Jair Bolsonaro voltou a comentar a questão do juiz de garantias, ponto polêmico do pacote anticrime. “Lógico que estou preocupado com voto de eleitor, mas não posso ser escravo de todo mundo. Nenhum juiz consegue, nos grandes processos de corrupção como os da Lava-Jato, fazer todo o processo sozinho. Na 13ª Vara de Curitiba, por exemplo, não era só o Sérgio Moro, era um batalhão de juízes”, disparou. “Não tenho que explicar essa situação, o que me surpreende é um batalhão de internautas juristas e constitucionalistas para debater o assunto. “Eu aceito críticas fundamentadas, mas tem muita gente falando abobrinha.”

Visivelmente chateado, Bolsonaro reclamou das críticas que vem recebendo de internautas que o chamaram de traidor por conta da decisão de deixar o juiz de garantias no pacote anticrime, apesar do pedido de Moro para que o item fosse vetado. “Se vai te prejudicar, é simples: não vota mais em mim”, afirmou. “Bateram demais em mim. Juiz de garantia. Abusaram, hein? Aqueles que fizeram críticas construtivas, tudo bem. Alguns que foram para a questão pessoal, familiar, aí, lamento, mas sai da minha página, tá legal? Crítica a gente aceita sem problema nenhum.”



O presidente afirmou, ainda, que a decisão de manter o juiz de garantias não foi motivada pela intenção de favorecer o filho Flávio, investigado por suspeita de rachadinha quando era deputado na Assembleia Legislativa do Rio. “Não fiz nenhum trato com ninguém sobre vetar o juiz de garantia”, apontou.

Comentários para "Bolsonaro irritado. “Não fiz nenhum trato com ninguém sobre vetar o juiz de garantia”":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Surto de coceira em Recife foi provocado por mariposas

Surto de coceira em Recife foi provocado por mariposas

Registro é da Sociedade Brasileira de Dermatologia

STF tem que defender o direito constitucional à moradia: Despejo zero já!

STF tem que defender o direito constitucional à moradia: Despejo zero já!

Marcha por Moradia Digna realizada pelo MTST em São Paulo

Apenas 14% dos estudantes da rede pública receberam auxílio-alimentação na pandemia

Apenas 14% dos estudantes da rede pública receberam auxílio-alimentação na pandemia

PNAE não foi pensado apenas para alimentação dos estudantes, mas para o fortalecimento da agricultura familiar

Comissão da Câmara amplia uso sustentável de florestas públicas

Comissão da Câmara amplia uso sustentável de florestas públicas

Texto tramita em caráter conclusivo, sem necessidade de ir a plenário

Polícia Federal investiga superfaturamento em licitação do Inep

Polícia Federal investiga superfaturamento em licitação do Inep

Ação mira contratação de empresa para realizar o Enem

Mais da metade dos maiores de 18 anos consomem bebidas alcoólicas

Mais da metade dos maiores de 18 anos consomem bebidas alcoólicas

Dado é de pesquisa do Instituto Brasileiro do Fígado

Pai é preso em Rondônia após menina de 13 anos pedir socorro em prova

Pai é preso em Rondônia após menina de 13 anos pedir socorro em prova

A menina de 13 anos autora da denúncia de violência doméstica tem mais três irmãos

Após investigação, PF culpa navio grego por derramamento de óleo no litoral brasileiro em 2019

Após investigação, PF culpa navio grego por derramamento de óleo no litoral brasileiro em 2019

A Polícia Federal (PF) concluiu as investigações sobre a origem das manchas de óleo que atingiram o litoral brasileiro entre agosto de 2019 e março de 2020.

População local do Rio Madeira vê o drama por trás da rotina do garimpo

População local do Rio Madeira vê o drama por trás da rotina do garimpo

“Tinha mulher, criança de colo. O povo estava sem ter o que comer nem lugar para dormir. Passaram a noite ali no flutuante. No outro dia, arrumaram umas doações. Depois, deram um jeito de ir embora.”

Como o acesso facilitado a armas de fogo beneficia as milícias no Rio de Janeiro?

Como o acesso facilitado a armas de fogo beneficia as milícias no Rio de Janeiro?

Acesso a armamentos está ocorrendo em contexto que não houve nenhum avanço com relação as regras de controle

Gov.Br envia mensagens para ofertar serviços públicos digitais

Gov.Br envia mensagens para ofertar serviços públicos digitais

Notifica Gov.Br, do Ministério da Economia, entrou em fase de testes