×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de outubro de 2021

Brasil recebe mais de 50 medalhas em “olimpíada” mundial de queijo

Brasil recebe mais de 50 medalhas em “olimpíada” mundial de queijoFoto: Bruno Lima/MTur

Produtos de Minas Gerais e de São Paulo foram os mais premiados. País alcançou 2º lugar no ranking mundial

Assessoria De Comunicação Do Ministério Do Turismo - 23/09/2021 - 08:44:52

Mandala 12 meses, Monto da Serra, Canastra reserva do Ivaí, Canastra Serjão Maturado e Queijo Minas Artesanal Quilombo na Cachaça. Sabe o que esses tipos de queijo possuem em comum? O reconhecimento da qualidade no Concurso Mundial de Queijos e Produtos Lácteos, realizado pela entidade francesa Guilde Internationale des Fromagers. Além desses cinco produtos brasileiros, que receberam medalhas de ouro na competição, outros 52 foram premiados em distintas graduações do concurso, que terá sua próxima edição realizada em Inhotim (MG).

Ao todo, participaram da iniciativa 940 queijos de 46 países. Dos premiados, 40 foram produzidos no estado de Minas Gerais e 15 em São Paulo. O Brasil foi o segundo país com maior número de medalhas, perdendo apenas para a anfitriã, a França. Participaram ainda da premiação queijos desenvolvidos no Pará, Goiás, Mato Grosso do Sul e Paraná.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, parabenizou os vencedores da competição e destacou a importância desses títulos para o aproveitamento turístico brasileiro. “Já somos reconhecidos por nossa hospitalidade e agora o mundo pode apreciar um pouco da nossa culinária, principalmente dos nossos queijos, que são iguarias tradicionais de alguns destinos do país. Pelo que vimos, estamos expandindo nossa produção e estamos trabalhando para, a partir disso, gerar alternativas de renda a agricultores familiares que trabalham também com o turismo e colocam comida na mesa de suas famílias”, disse.

EXPERIÊNCIAS DO BRASIL RURAL - Neste ano, o Ministério do Turismo, em parceria com o da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Universidade Federal Fluminense (UFF), instituiu o projeto “Experiências do Brasil Rural”. A iniciativa tem o objetivo de impulsionar o turismo em áreas rurais, incluindo cadeias agroalimentares, como o queijo, a partir da promoção e comercialização de produtos, serviços e destinos da agricultura familiar. Atualmente, o projeto se encontra na fase de capacitação das rotas.

A Rota do Queijo Terroir Vertentes, em Minas Gerais, é um das rotas contempladas pelo projeto. Oficialmente criado em 2018, o circuito percorre municípios que integram a Trilha dos Inconfidentes, como São João del-Rei, Barbacena e Tiradentes. O visitante pode vivenciar toda a rotina dos agricultores que fabricam a iguaria, tendo contato com as tradições e técnicas utilizadas e, o melhor, a oportunidade de degustar os exemplares do Queijo Minas Artesanal, do Queijo Reino e de queijos finos.

GASTRONOMIA – O tempero brasileiro tem caído no gosto do turista internacional que esteve no país nos últimos anos. É o que aponta a Demanda Turística Internacional realizada pelo Ministério do Turismo, por meio da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O levantamento revela que os visitantes estrangeiros aprovaram com louvor a culinária de todos os cantos do Brasil. Os sabores do Mato Grosso do Sul, por exemplo, receberam nota 8,8, a maior entre as Unidades da Federação.

Por Victor Maciel

Comentários para "Brasil recebe mais de 50 medalhas em “olimpíada” mundial de queijo":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Arroz com lentilha: Conheça o preparo de uma receita árabe com um toque especial

Arroz com lentilha: Conheça o preparo de uma receita árabe com um toque especial

O prato é feito basicamente com três ingredientes, sendo a cebola responsável pelo

Brasil está entre os 15 maiores mercados atrativos para a indústria de vinho

Brasil está entre os 15 maiores mercados atrativos para a indústria de vinho

Um novo segmento de consumidores de vinho está emergindo e tem a capacidade de moldar as perspectivas do mercado a longo prazo.

Aipim, mandioca ou macaxeira? Escolha o nome e a consistência na preparação do bolo

Aipim, mandioca ou macaxeira? Escolha o nome e a consistência na preparação do bolo

Sayonara Salum é especialista em comida boa, nutritiva e saborosa

Cinco chefes de cozinha brasileiros estão entre os melhores do mundo

Cinco chefes de cozinha brasileiros estão entre os melhores do mundo

Prêmio reconhece a qualidade e o que se destaca na culinária de profissionais de todo o mundo

Você conhece o Guia Alimentar para a População Brasileira?

Você conhece o Guia Alimentar para a População Brasileira?

Com linguagem simples, o documento pode ser utilizados em diversos locais como escolas e organizações sociais Catarina Barbosa

Receita de Shakshuka

Receita de Shakshuka

Tomates. Ovos escalfados. Algumas pimentas. Um pouco de alho

Você sabia que o morango é uma hortaliça?

Você sabia que o morango é uma hortaliça?

A verdadeira fruta do morangueiro são aqueles pontos amarelinhos ou pretinhos que vemos do lado de fora dos morangos

Tapioca, rocambole e bolo de morango venceram o Concurso de Receitas

Tapioca, rocambole e bolo de morango venceram o Concurso de Receitas

Resultado foi apresentado durante a Feira do Morango de Brasília

Jardim Botânico de Brasília oferece oficina gratuita sobre plantas comestíveis e fungos

Jardim Botânico de Brasília oferece oficina gratuita sobre plantas comestíveis e fungos

Após as aulas, haverá um passeio com pelo Jardim Sensorial e pela mata de galeria da trilha Krahô

Em documento para a Coca nos EUA, consultoria lista Guia Alimentar do Brasil como problema

Em documento para a Coca nos EUA, consultoria lista Guia Alimentar do Brasil como problema

Guia Alimentar para a População Brasileira foi aprovado em 2014 e é reconhecido internacionalmente por trazer avanços significativos na discussão da alimentação adequada e saudável.

Riacho Fundo tem a melhor comida de boteco do DF

Riacho Fundo tem a melhor comida de boteco do DF

O bolinho de salmão servido com molho de gengibre deu ao Bem Amigos Bar o título de campeão do Comida Di Buteco 2021