×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 23 de setembro de 2021

China aprofundará a reforma e a abertura, expandindo a cooperação na nova eraFoto: Xinhua/Huang Jingwen

China aprofundará a reforma e a abertura, expandindo a cooperação na nova era

As notáveis mudanças que resultaram da abertura da China em 1978 e da sua política de abertura são testemunhas da grande convicção de que a abertura é o caminho para o crescimento e a riqueza

Estadão Conteúdo - 14/06/2021 - 14:18:08

Convicto de que a abertura é o caminho para o crescimento e a riqueza, o presidente chinês Xi Jinping pediu à China e ao resto do mundo a expansão da cooperação e construção de uma comunidade com um futuro compartilhado para a humanidade.


Durante o seu comparecimento à cúpula de CEOs da APEC em Bali, na Indonésia, em novembro de 2013, o presidente chinês citou um provável ditado para expressar a determinação do país nas reformas, abertura da economia e melhoraria da cooperação com o resto do mundo.



"A China se comprometerá a construir uma estrutura de cooperação regional em todo o Pacífico, que beneficie todas as partes. O vasto Pacífico não possui barreiras naturais, e não devemos erguer barreiras feitas pelo homem. "No oceano não há limites onde velejamos com o vento", disse Xi, citando uma verso de um poema chinês escrito há 1.000 anos.



As notáveis mudanças que resultaram da abertura da China em 1978 e da sua política de abertura são testemunhas da grande convicção de que a abertura é o caminho para o crescimento e a riqueza.



Guiado pela política, o país passou de uma nação amplamente agrícola, à segunda maior economia do mundo.



O total de importações e exportações de mercadorias expandiu 1,9%, ano a ano, para CNY 32,16 trilhões (cerca de USD 4,97 trilhões) em 2020.



A China também entrou na lista das 10 maiores economias do mundo em facilidade de fazer negócios pelo segundo ano consecutivo, graças a uma agenda de reforma robusta, de acordo com um relatório de estudo do Banco Mundial de 2020.



Enquanto isso, a China assinou acordos de cooperação com 140 países e 31 organizações internacionais sob a iniciativa Cinturão e Rota (BRI), desde o seu início em 2013.



Enquanto a China embarca em uma nova jornada em direção à modernização socialista por meio do 14º Plano Quinquenal (2021-2025), a abertura continua a ser crucial para o novo plano de ação do país.



A China agora tem 21 zonas piloto de livre comércio (ZLCs), após a criação de três novas ZLCs no ano passado. A Chinatambém assinou o acordo Regional Comprehensive Economic Partnership, que será o maior bloco de livre comércio do mundo.



O Presidente Xi prometeu previamente que "a porta de abertura da China não será fechada e só abrirá ainda mais", sinalizando a clara intenção de maior cooperação global.


Link: https://youtu.be/9NREbgLCNr4


Comentários para "China aprofundará a reforma e a abertura, expandindo a cooperação na nova era":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório