×
ContextoExato

De olho nos concursos 2019. No total, são mais de 40 mil cargos

De olho nos concursos 2019. No total, são mais de 40 mil cargosFoto:

Confira abaixo alguns dos principais concursos previstos para 2019:

Redação Com Agências - 17/12/2018 - 19:38:18

Quem sonha com uma vaga no serviço público pode comemorar. O ano de 2019 tem tudo para ser positivo. Apesar da crise econômica e das incertezas políticas, a vacância em diferentes órgãos indica que a realização dos certames é indispensável. No total, são mais de 40 mil cargos autorizados para 2019, mais que o dobro da LOA 2018. Além disso, o projeto de lei orçamentária anual (PLOA) do ano que vem projeta a criação de outros 2.095 cargos, o que não aconteceu neste ano.

Para o especialista em Legislação da PMDF Paulo Sérgio Borges, do IMP Concursos, a necessidade deve falar mais alto. "Principalmente na área de segurança pública, tanto o governo federal quanto os estaduais tem colocado isso como um dos temas principais, sem deixar de pensar na área de saúde que demonstra grande carência de pessoal. Acredito, porém, que o segundo semestre promete mais do que o primeiro, pois é necessário organizar a casa para depois investir", analisa.


Segundo ele, os destaques de 2019 são os certames da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Civil do Distrito Federal. "Não podemos esquecer dos concursos sempre esperados: Tribunais, Câmara Legislativa, Polícia Federal. Temos que torcer para que os novos governantes consigam acertar a economia em todo o país e assim investirem na melhoria dos serviços públicos", avalia.


Para Vandré Amorim, professor de direito administrativo do IMP Concursos, um dos certames mais aguardados é o do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). "Este será muito atraente, pois tem estrutura física, administrativa e remuneratória de excelente qualidade”, aponta. "Agora, se o concursando quer um órgão com estrutura remuneratória inigualável, tem tanto o Senado Federal quanto a Câmara dos deputados. Ambos estão previstos para o início do próximo ano, com a nova legislatura", comenta.


Em relação ao ritmo de estudo dos concursandos, nesse período de férias, Borges aponta que o momento é ideal para uma preparação a longo prazo, o que faz a diferença na hora da prova. "É preciso iniciar com as matérias cobradas em todos os concursos da área (Língua Portuguesa, Informática, Raciocínio Lógico, Direito, entre outras) e buscar provas anteriores, procurando cursos presenciais e/ou online comprometidos com a aprovação dos alunos e, assim, obter sucesso na aprovação em vários certames", aconselha.


Confira abaixo alguns dos principais concursos previstos para 2019:

Área Administrativa


Câmara dos Deputados - previsto; 688 cargos vagos; Salário: R$ R$ 11.545,65.


Senado Federal - previsto; 1.257 cargos vagos; Salário: R$ 16 mil.


Bacen – solicitou concurso para os cargos de analista e procurador; 230 vagas; salário: até R$ 19 mil.


Ministério da Fazenda - previsto; pedido de 4.023 vagas.


IBGE - de acordo com o órgão, foram solicitadas 1.800 vagas, sendo 1.200 de nível médio e 600 de nível superior. Os salários são de R$ 3.890,87 para técnicos e R$ 8.213,07 para analistas.

Ministério da Saúde – tudo indica que o pedido de concurso seja para a Agência Nacional de Saúde. Expectativa de 231 vagas e salário a partir de R$ 12 mil.


Ancine – solicitação realizada. Salário: até R$ 15 mil.


ANTT - encaminhou ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA) uma solicitação de novo concurso. Foram requisitadas 379 vagas.

Ibama – processo foi encaminhado para Divisão de Concursos Públicos do Ministério do Planejamento e segue em avaliação. A solicitação é para 1.830 vagas.


INSS - possui atualmente 18.063 cargos vagos. O cargo que possui maior defasagem de pessoal é o de técnico do Seguro Social, com 13.843 postos vagos. Além disso, faltam 2.224 analistas do Seguro Social e 1.996 peritos médicos.

Ministério do Meio Ambiente - dispõe de 184 cargos vagos, sendo 129 para agente administrativo (salário: R$ 2.222,94) e 55 para analista ambiental (salário: R$ 4.720,84).

MEC – protocolou mais pedido de concurso, como aconteceu no ano passado. A expectativa é de 555 vagas.


Aneel – pedido feito no ano passado foi para o provimento de 139 vagas para os cargos de Analista e Técnico Administrativo.


INPI – ano passado a pasta protocolou pedido para 360 vagas, sendo 120 para nível médio e 240 para nível superior. Devem ser abertas vagas para pesquisadores, tecnologistas, técnicos e analistas.


DNIT – o pedido feito no ano passado solicitava 1.098 oportunidades para técnico e analista. Este ano, o departamento voltou a protocolar pedido de concurso.


InMetro – documento já tramita no Planejamento. Expectativa é de 435 vagas.


Funarte – a Fundação Nacional de Artes protocolou no MPOG pedido de concurso para 2019, para preenchimento de 138 vagas.


ANA – a solicitação tramita no Planejamento desde 2017, quando a agência solicitou concurso para 88 vagas.


IBRAM – o Ibram solicitou concurso para preenchimento de 313 vagas nos níveis médio e superior.

Ministério da Defesa – as vagas devem ser para o administrativo do Ministério. A Defesa também pediu concurso para cargos da Tecnologia Militar.


Ministério da Cultura – o pedido foi protocolado no MPOG dia 23 de maio.


MJ – o Ministério da Justiça protocolou pedido de concurso no Ministério do Planejamento.


MAPA – o Ministério da Agricultura voltou a protocolar pedido de concurso.


ITAMARATY – pedido foi protocolado em fevereiro de 2018. As vagas previstas são para o cargo de Diplomata.


MTPA – as vagas, conforme o pedido, serão ofertadas para a Agência Nacional de Transportes Aquaviários, a ANTAQ.


MinTUR – o pedido tramita no Planejamento e chegou à Divisão de Concursos Públicos no início do mês de junho.


MDS – pedido é para o provimento de cargos de Analista Técnico de Políticas Sociais.


CADE – o Conselho Administrativo de Defesa Econômica também solicitou concurso.

CNPq – o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico solicitou pedido de concurso para a recomposição do quadro de pessoal.


CNEN – a Comissão Nacional de Energia Nuclear foi outro órgão que solicitou ao MPOG a realização de um concurso público para provimento de vagas.



Tribunais


TCDF – autorizado; Pedido de 300 vagas; Salário: R$ R$ 10.286,80.


TJDFT - 212 cargos vagos — 106 para analistas e 106 para técnicos. Os salários para os dois cargos, atualmente, são de R$ 11.006 e R$ 6.708, respectivamente.



Carreiras Fiscais


SEFAZ DF – cespe é a banca organizadora;120 vagas; Salário: R$ 15 mil.


Receita Federal – pedido em análise no Planejamento. A solicitação é de 630 vagas para auditor-fiscal e 1.453 vagas para analista-tributário.



Segurança pública


PCDF – autorizado; 300 vagas; Salário: R$8.698,78 a R$13.751,51.


PRF – cebraspe é a banca; 500 vagas; Salário: R$ 10 mil.

Comentários para "De olho nos concursos 2019. No total, são mais de 40 mil cargos":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório