×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 25 de junho de 2022

Desvio de recursos: PPS representa contra ministro

Desvio de recursos: PPS representa contra ministroFoto:

PPS vai à Comissão de Ética pedir demissão do ministro do Trabalho

EDSON SARDINHA - Portal UOL - Congresso Em Foco - 03/03/2014 - 19:43:07

Líder do partido na Câmara, Rubens Bueno anuncia representação contra Manoel Dias por causa de suspeita de envolvimento em esquema de desvio de recursos da pasta por meio de ONG...

O líder do PPS na Câmara, Rubens Bueno (PR), anunciou que vai entrar, nesta semana, com uma representação na Comissão de Ética da Presidência da República contra o ministro do Trabalho, Manoel Dias (PDT), pedindo o seu imediato afastamento do cargo. Segundo o líder oposicionista, a presidenta demonstra “frouxidão” ao não demitir imediatamente o ministro, suspeito de participar de um esquema de contratação de funcionários fantasmas por meio de convênio com o Ministério do Trabalho. “O Palácio do Planalto precisa demiti-lo o mais rápido possível. Acredito que a Justiça dará a resposta necessária para o caso, mas isso pode demorar. A manutenção de Manoel Dias no cargo representa um grande desrespeito com o trabalhador e com toda a sociedade brasileira”, disse Rubens Bueno.

A Polícia Federal concluiu inquérito sobre desvio de recursos do ministério e pediu, na semana passada, à Justiça Federal que remeta o caso ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que seja aberto um inquérito contra o pedetista. Por ser ministro, Manoel Dias só pode ser investigado pelo Supremo.

De acordo com reportagem publicada nesta segunda-feira (3) pelo jornal O Estado de S. Paulo, a Polícia Federal encontrou fortes indícios da participação do ministro em um esquema que empregava militantes do PDT como funcionários fantasmas na ONG ADVale que possuía convênios com o ministério. A ONG, que recebeu R$ 11 milhões do ministério, é de Santa Catarina, estado natal de Manoel Dias. ”Nunca me envolvi em corrupção”, disse o ministro ao Estadão.

Para Rubens Bueno, Dilma já deveria ter demitido o ministro em setembro do ano passado, quando uma operação da Polícia Federal apontou envolvimento de integrantes do ministério em um esquema de fraudes em licitações, prestação de serviços e produção de eventos turísticos e artísticos. A estimativa é que o prejuízo aos cofres públicos, nesse caso, tenha chegado a R$ 400 milhões. A Operação Esopo resultou na queda do então secretário-executivo da pasta, Paulo Roberto dos Santos Pinto, um dos alvos da investigação.

“Naquele momento toda a equipe do ministro estava envolvida com o esquema e já havia fortes indícios da participação do Dias no episódio. Agora temos a PF pedindo o seu indiciamento por acreditar no seu efetivo envolvimento. A presidente Dilma deveria dar uma resposta à altura e não tolerar práticas de corrupção, mas faz justamente o contrário”, criticou o líder do PPS.

Comentários para "Desvio de recursos: PPS representa contra ministro":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Receita Federal alerta sobre fraudes envolvendo regularização do CPF

Receita Federal alerta sobre fraudes envolvendo regularização do CPF

Tratam-se de golpistas que utilizam a imagem do Fisco para dar credibilidade aos golpes, pois os alertas oficiais da Receita não contém links

Passagens aéreas sobem 123% em 12 meses e lideram com as maiores altas

Passagens aéreas sobem 123% em 12 meses e lideram com as maiores altas

Os dados fazem parte da pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 24 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

ANS amplia cobertura de tratamentos de transtornos globais do desenvolvimento

ANS amplia cobertura de tratamentos de transtornos globais do desenvolvimento

A nota técnica que baseia a decisão cita manual do Sistema Único de Saúde

Minas Gerais é campeão na geração de energia solar

Minas Gerais é campeão na geração de energia solar

Estado é líder com mais de 16% da participação nacional

Reconhecimento de firma poderá ser feito on-line

Reconhecimento de firma poderá ser feito on-line

MP dos Cartórios também pretende atuar no processo de modernização com o objetivo de unificar os registros cartorais de todo o país

Passageiros terão de se acostumar com passagens mais caras, diz Iata

Passageiros terão de se acostumar com passagens mais caras, diz Iata

A entidade está realizando nesta semana, no Catar, seu encontro anual.

Brasil começa a tratar energia e sustentabilidade como temas prioritários

Brasil começa a tratar energia e sustentabilidade como temas prioritários

O IPCC também aponta que, nos próximos oito anos, 132 milhões de pessoas (especialmente de países mais vulneráveis, incluindo regiões da América do Sul) podem cair na extrema pobreza.

Turismo fatura R$ 15,4 bi só em março, segundo FecomercioSP

Turismo fatura R$ 15,4 bi só em março, segundo FecomercioSP

Buscas por viagens aumentam no primeiro semestre

Começa a 3ª fase da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal

Começa a 3ª fase da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal

As primeiras visitas aos cidadãos aconteceram em março, no estágio denominado arrolamento, em que agentes comunitários de saúde visitam setores sorteados em busca do público-alvo da sondagem.

Classes B, C, D e E no Brasil têm menos acesso a computadores desde a pandemia

Classes B, C, D e E no Brasil têm menos acesso a computadores desde a pandemia

Pesquisa TIC Domicílios foi divulgada hoje por centro de estudos

Aneel reajusta bandeiras tarifárias em até 64%

Aneel reajusta bandeiras tarifárias em até 64%

Consumidores não pagarão mais porque bandeira está verde