×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 12 de agosto de 2022

Entrevista com Juliana Davoglio Estradioto a ganhadora do Prêmio para jovem cientista

Entrevista com Juliana Davoglio Estradioto a ganhadora do Prêmio para jovem cientista

Foto: Estadão

Por Beatriz Roscoe*-correio Braziliense - 25/05/2019 - 09:38:59

A jovem brasileira Juliana Davoglio Estradioto, de 18 anos, ganhou — em primeiro lugar — um prêmio internacional de ciência. Ela desenvolveu um projeto de pesquisa sobre o aproveitamento de resíduos de noz macadâmia para curativos de ferimentos da pele ou para embalagens. A premiação foi na categoria de Ciência dos Materiais, da Intel International Science and Engineering Fair, em Phoenix, Arizona, nos Estados Unidos.

Em homenagem a Juliana, natural de Osório (RS), um asteroide receberá o nome dela. A jovem ainda ganhou US$ 3 mil. Com ela, concorreram 1.800 estudantes entre 15 e 19 anos de vários países. O projeto da brasileira começou a ser desenvolvido no ensino médio e foi acompanhada pela orientadora, Flávia Twardowsky. Outros 28 jovens brasileiros participaram da feira. O Brasil foi a nação mais premiada da América Latina e a 10ª do mundo. Juliana já faturou mais de 40 prêmios nacionais e internacionais. “Nós, jovens, não somos o futuro, somos o presente e podemos mudar o mundo”, afirmou.


Como foi o processo de desenvolvimento da pesquisa?

Tive apoio do Instituto Federal do Rio Grande do Sul, usei laboratórios da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. O material de pesquisa vinha do Instituto Federal do Espírito Santo. Também tive muito apoio da minha orientadora. Com isso, consegui apresentar o projeto em congressos nacionais e internacionais. Minha ida aos Estados Unidos foi custeada pela Feira Nacional de Ciência e Engenharia.


O que te levou, tão nova, a se interessar pela pesquisa?

Há um estereótipo de que cientista é tipo o Einstein, um gênio maluco. É muito importante quebrar esse estereótipo, para que os jovens não enxerguem ciência como algo distante. Descobri a ciência no ensino médio e me apaixonei pela pesquisa. Costumo dizer que nós, jovens, não somos o futuro, somos o presente e podemos mudar o mundo. Investir nos jovens é fundamental, e a ciência foi a forma que escolhi para melhorar o mundo.


Você quer fazer faculdade fora do Brasil, mas disse que pretende voltar para cá. Por quê?

O Brasil é o meu lugar. Quero incentivar a pesquisa no ensino básico, para que outros estudantes sejam estimulados e possam também transformar suas realidades. É preciso que a ciência, a educação e a pesquisa sejam valorizadas no país.


Como você imagina que será sua vida no futuro?

Tenho certeza de que farei três coisas: ciência, divulgação e educação científica. Já tenho uma iniciativa de divulgação científica, voltada para meninas cientistas. O Instagram do projeto é o @meninascientistas. E também pretendo cursar faculdade de química.


Em tudo isso que você viveu, o que a marcou?

O intercâmbio cultural expandiu meus horizontes. Ver meninas de burca apresentando projetos científicos foi algo muito bonito. Também tive contato com pessoas incríveis de Porto Rico, Panamá...É muito bonito ver como a América Latina compartilha de muitas coisas.


Que dica você deixa para jovens que têm interesse pela ciência?

Não tenham medo de começar, porque pode parecer assustador, mas não é. Acreditem em si mesmos. Busquem apoio de professores e da escola, além de parcerias. Por último, escolham um assunto pelo qual sejam apaixonados e que os inspirem.


Qual é a sensação de saber que um asteroide terá seu nome?

É indescritível. Alguns asteroides têm os nomes de grandes cientistas como Einstein, Marie Curie... Acho que é um belo jeito de incentivar os jovens cientistas a seguirem esse caminho. Não sei que nome colocarei, mas acho que será a junção dos meus dois sobrenomes. Algo como Davoglioestradioto.

*Estagiária sob supervisão

de Odail Figueiredo

Comentários para "Entrevista com Juliana Davoglio Estradioto a ganhadora do Prêmio para jovem cientista":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
MP aciona TCU para barrar salários de até R$ 1 milhão recebido por militares

MP aciona TCU para barrar salários de até R$ 1 milhão recebido por militares

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral

Em Brasília, estudantes vão às ruas em protesto contra o governo Bolsonaro

Em Brasília, estudantes vão às ruas em protesto contra o governo Bolsonaro

Casas sustentáveis: Entenda como esse modelo de residência gera economia

Casas sustentáveis: Entenda como esse modelo de residência gera economia

Trabalho remoto é o futuro na área da tecnologia

Trabalho remoto é o futuro na área da tecnologia

Alexandre diz que atos por democracia reforçam 'orgulho do sistema eleitoral'

Alexandre diz que atos por democracia reforçam 'orgulho do sistema eleitoral'

Celso de Mello: Manifesto representa 'severa advertência ao presidente Bolsonaro'

Celso de Mello: Manifesto representa 'severa advertência ao presidente Bolsonaro'

"Carta bate com o que faço aqui", diz professor que levou documento para Londres

Jovens ainda sofrem com recuperação lenta do mercado de trabalho, diz OIT

Jovens ainda sofrem com recuperação lenta do mercado de trabalho, diz OIT

José Carlos Dias destaca união do capital e trabalho e lê carta da Fiesp

José Carlos Dias destaca união do capital e trabalho e lê carta da Fiesp

Ação contra fraude notifica cinco postos de combustível no DF

Ação contra fraude notifica cinco postos de combustível no DF

Saiba o que são e como preparar as PANCs, plantas alimentícias não convencionais

Saiba o que são e como preparar as PANCs, plantas alimentícias não convencionais

Alvaro Vargas Llosa: 'O idiota latino-americano se reinventou'

Alvaro Vargas Llosa: 'O idiota latino-americano se reinventou'

'Os manifestos geram poder para a resistência', afirma Celso Lafer

'Os manifestos geram poder para a resistência', afirma Celso Lafer

No DF, políticos e militantes de esquerda têm sido vítimas de violência nas ruas

No DF, políticos e militantes de esquerda têm sido vítimas de violência nas ruas

DF é condenado a indenizar aluno que sofreu reação alérgica após ingerir alimento

DF é condenado a indenizar aluno que sofreu reação alérgica após ingerir alimento

MPDFT apoia criação de Frente Nacional de Combate a Cartéis

MPDFT apoia criação de Frente Nacional de Combate a Cartéis