×
ContextoExato
Responsive image

Ex-subsecretário da Receita diz que mudança no Carf é ‘reação à Lava Jato’

Ex-subsecretário da Receita diz que mudança no Carf é ‘reação à Lava Jato’Foto: O Antagonista

Segundo o ex-subsecretário, o novo formato vai favorecer grandes devedores e poderá resultar em perda de arrecadação.

O Antagonista - 19/04/2020 - 09:51:57

Contrariando recomendações de Sergio Moro, Jair Bolsonaro sancionou na semana passada o fim do voto de qualidade no Carf, órgão que julga recursos contra cobranças da Receita.

O ex-subsecretário de Fiscalização da Receita Federal, Iágaro Jung Martins, classificou a lei sancionada pelo presidente como a “materialização do ciclo de reação à Lava Jato”, publica a Crusoé.

No Carf, o voto de qualidade dava aos presidentes de seus colegiados internos o poder de desempatar um julgamento, proferindo um segundo voto. Com a mudança promovida pela Câmara e agora sancionada pelo presidente, o empate sempre levará à vitória do contribuinte.

Segundo o ex-subsecretário, o novo formato vai favorecer grandes devedores e poderá resultar em perda de arrecadação.

Ele cita cerca de R$ 21 bilhões provenientes de atuações impostas pelo Fisco a empresas investigadas na Lava Jato.

Comentários para "Ex-subsecretário da Receita diz que mudança no Carf é ‘reação à Lava Jato’":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório