×
ContextoExato
Responsive image

Fachin fala em 'recessão democrática' e diz que Lula deveria ter sido candidato em 2018

Fachin fala em 'recessão democrática' e diz que Lula deveria ter sido candidato em 2018Foto: Marcelo Camargo - ABr

Nesta segunda-feira (17), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, defendeu que a candidatura do ex-presidente Lula deveria ter sido autorizada em 2018 pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e falou que o Brasil vive "recessão democrática".

Sputnik Brasil - 17/08/2020 - 22:03:49

Fachin afirmou ainda que o futuro do país está "sendo contaminado pelo despotismo". O ministro disse também, conforme publicou o jornal Folha de São Paulo, que a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2018, teria feito bem à democracia brasileira e fortalecido a lei.

Em 2018, Fachin foi o único ministro do TSE favorável à candidatura do ex-presidente Lula, que foi barrada por seis votos contra um. Lula teve a candidatura impedida pela maioria dos ministros devido a uma condenação em segunda instância no âmbito da operação Lava Jato.

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixando a carceragem da Polícia Federal de Curitiba

O ministro Fachin afirmou ainda que o país vive "ameaças de intervenção" e que as eleições de 2022 precisam "proteger o consenso em torno das instituições democráticas" e que o Brasil tem hoje um "cavalo de Troia dentro da legalidade constitucional".

Sem citar o atual presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, ou quaisquer membros do governo, Fachin afirmou que o "cavalo de Troia apresenta laços com milícias e organizações envolvidas com atividades ilícitas. Conduta de quem elogia ou se recusa a condenar ato de violência política no passado".

As declarações foram feitas durante uma palestra virtual como parte do VII Congresso Brasileiro de Direito Eleitoral.

Comentários para "Fachin fala em 'recessão democrática' e diz que Lula deveria ter sido candidato em 2018":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório