×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de outubro de 2021

Fim de tramitação de documentos e processos em papel vai gerar economia na Câmara Legislativa

Fim de tramitação de documentos e processos em papel vai gerar economia na Câmara LegislativaFoto: Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa

Acordo de cooperação técnica para uso do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) foi assinado com o TRF-4

Núcleo De Jornalismo – Câmara Legislativa - 30/05/2019 - 11:10:46

A Câmara Legislativa do Distrito Federal assinou, no final da tarde desta quarta-feira (29), acordo de cooperação técnica com o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), para a cessão de uso do Sistema Eletrônico de Informações (SEI). A ferramenta vai permitir a produção, edição, assinatura, tramitação e consulta de documentos e proposições legais de forma totalmente eletrônica, dispensando o uso de papel. A expectativa é reduzir custos, ampliar a transparência e aumentar a celeridade tanto de processos administrativos como de proposituras legais.

"Um dos grandes desafios dessa gestão é trazer a Casa para o século XXI, modernizando os processos. Toda a sociedade vai ganhar com a implantação do SEI", disse o presidente do Legislativo local, deputado Rafael Prudente (MDB).

Responsável pela área de informática da CLDF, o vice-presidente da Câmara, deputado Delmasso (PRB), comemorou a assinatura do acordo com o TRF4: "Hoje é um dia histórico. Atualmente, a Casa está em 27º lugar no quesito tecnológico, considerando as assembleias legislativas de todo o País. Com a implantação do SEI, esperamos saltar para o primeiro lugar".

O presidente do TRF4, desembargador Thompson Flores, explicou que o Sistema Eletrônico de Informações foi desenvolvido há 10 anos, tendo resultado numa economia de R$ 3 bilhões aos cerca de 400 órgãos que já adotaram a ferramenta. "Esse é um exemplo de como a Administração Pública pode criar uma ferramenta revolucionária", apontou. O magistrado destacou que, dos três poderes do DF, só faltava a adesão do Legislativo.

"Vamos deixar de ser uma 'ilha' que não se comunica com os 400 órgãos que aderiram ao SEI", completou o presidente Rafael Prudente.

Implantação – De acordo com o deputado Delmasso, em seis meses o SEI deverá estar implantado na área administrativa da Casa; ou seja, memorandos, comunicados, contratos e outros processos e documentos serão digitalizados, podendo ser consultados de forma eletrônica. Ele estima que a economia, no período, será de R$ 1 milhão.

Com relação à atividade legislativa, Delmasso espera que a implantação ocorra até o começo do ano que vem. A ideia é que todo o processo – da proposição à sanção – seja feito de forma eletrônica, com ampla transparência de todas as fases de tramitação. Até lá, um link para o SEI será disponibilizado no portal eletrônico da CLDF. "Ao final, queremos integrar a votação eletrônica dos projetos com o SEI, o que é inédito nas Casas de Lei do País", disse o deputado responsável pela área de informática da Casa.

Confira alguns benefícios do Sistema Eletrônico de Informações (SEI):

- Tramitação e consulta de documentos, processos e projetos online;

- Assinatura de documentos por usuários internos e externos;

- Acesso remoto por meio de diversos tipos de dispositivos (notebooks, tablets, smartphones, entre outros);

- Sistema intuitivo e estruturado, com boa navegabilidade e usabilidade;

- Ferramenta gratuita;

- Diminuição do uso de papel.

Denise Caputo
Fotos: Carlos Gandra/CLDF
Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa

Comentários para "Fim de tramitação de documentos e processos em papel vai gerar economia na Câmara Legislativa":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Ministro da Justiça pede que PF investigue revista IstoÉ por capa com crítica a Bolsonaro

Ministro da Justiça pede que PF investigue revista IstoÉ por capa com crítica a Bolsonaro

Nesta semana, a AGU (Advocacia-Geral da União) enviou uma notificação extrajudicial à revista IstoÉ com pedido de resposta após a publicação da reportagem

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

A tarifa residencial no DF, que ocupava o 51º lugar do ranking nacional sendo uma das mais baixas do país, passa a ocupar a 36º posição.

DF antecipa aplicação de vacinas da Pfizer e da AstraZeneca

DF antecipa aplicação de vacinas da Pfizer e da AstraZeneca

A segunda dose das vacinas AstraZeneca e Pfizer-BioNTech já pode ser administrada, a partir desta sexta-feira, em quem já tomou a primeira dose há oito semanas

Pacientes que não tomaram a vacina são maioria nos hospitais de campanha do DF

Pacientes que não tomaram a vacina são maioria nos hospitais de campanha do DF

Imunizante está disponível para toda a população a partir de 12 anos de idade, em diversos pontos da capital

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Presente à cerimônia de lançamento, o vice-governador Paco Britto assegurou que o Centelha será um programa-modelo no DF

Desembargadores negam pedido para instalar CPI da Pandemia no DF

Desembargadores negam pedido para instalar CPI da Pandemia no DF

Deputados distritais fazem manifestação pela instalação da CPI da Pandemia no DF

Movimentos se reúnem em ato para defender permanência do projeto Jovem de Expressão

Movimentos se reúnem em ato para defender permanência do projeto Jovem de Expressão

Em defesa do espaço cultural, foi aprovada uma vigília cultural de 24 horas para a próxima sexta-feira (22)

Oficinas para revisão do PDOT têm participação popular limitada

Oficinas para revisão do PDOT têm participação popular limitada

São Sebastião e Sobradinho debatem neste sábado o Plano de Ordenamento Territorial

Lei que prevê a distribuição de absorventes higiênicos no DF está só no papel

Lei que prevê a distribuição de absorventes higiênicos no DF está só no papel

Dignidade menstrual é permitir que as meninas mais pobres também possam ter o mesmo acesso ao absorvente higiênico que as meninas da classe média e alta

Vetada por Bolsonaro, distribuição de absorventes é adotada por 13 estados e DF

Vetada por Bolsonaro, distribuição de absorventes é adotada por 13 estados e DF

Ato simbólico de entrega no Centro Educa Mais Dorilene Silva Castro

Distrito da Fome: Inflação e pobreza ameaçam soberania alimentar de famílias brasilienses

Distrito da Fome: Inflação e pobreza ameaçam soberania alimentar de famílias brasilienses

Já são mais de 116 milhões de pessoas em situação insegurança alimentar.